ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Comprovante de vacinação passa a ser exigido em delegacias da Bahia

Piloto morre após queda de avião em Luís Eduardo Magalhães

Vitória da Conquista: Terreiros de religiões de matriz africana ganham imunidade tributária

Brumado registrou 178 casos ativos de Covid-19 na sexta-feira

Família é feita refém e torturada durante assalto na zona rural de Brumado

Morre aos 94 anos, a mãe do presidente Jair Bolsonaro

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Guanambi

Na Bahia, 283 servidores que não comprovaram vacinação serão afastados por 90 dias

Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Brumado: Ambulância atropela e mata cavalo na BA-262

36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente após surto de Covid-19

Ataque hacker ultrapassa 24 horas e sites do governo ainda estão fora do ar

Dr. Igor Malaquias foi o entrevistado do Tema Livre Podcast desta semana

Bahia: Governador anuncia redução de 3 mil para 1,5 mil pessoas em eventos

Brumado: Presidente da Câmara testa positivo para Covid pela 3ª vez

Policiais civis aprovam estado de greve na Bahia

Site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia é hackeado

Prefeitura de Brumado vai iniciar reformas em casas atingidas pelas chuvas

Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Brumado registra 36 novos casos de coronavírus em 24h


MP pede instauração de inquérito para apurar suposto abuso contra animais na cidade de Livramento de Nossa Senhora

Foto: Reprodução 88FM

A pedido do Ministério Público Estadual, será instaurado um inquérito para apurar o suposto abuso contra animais que estão sendo recolhidos no município de Livramento de Nossa Senhora. O pedido foi feito pelo Promotor de Justiça Milen Castro Medeiros de Moura, que tomou a decisão por considerar que através de matérias que foram veiculas pela imprensa local e regional, onde as reportagens mostram vários animais em situação que pode ser caracterizada como maus tratos. Na avaliação do promotor, o local em que os animais são confinados pode não ser adequada para a saúde dos caninos. "A Prefeitura por meio de prepostos sem qualificação estaria recolhendo cachorros de rua sem programa de assistência aos animais, nem controle populacional, confinando de forma indevida, em um galpão com lixo e a falta de um veterinário para avalia-los. Mas o fato está sendo tratado como grave, porque tem havido muitos casos de maus-tratos contra animais em todo Brasil. Estamos atentos." disse Milen Castro. O MP vai ouvir os representantes do município para que os responsáveis possam explicar se os animais vão ser remanejados para um local adequado. Para isso será instaurado um Inquérito Civil, a fim de apurar a suposta prática de abusos contra esses animais, que podem está em situação de vulnerabilidade.


ONG quer que o município seja indiciado por maus tratos 


Indignada com as más condições do local, a presidente da Associação Protetora de Animais (APA), a Janaina Fernandes, informou que vai acompanhar de perto o inquérito do MP para pedir que o caso seja apurado com base na Lei 4.564/16 (maltratar ou atentar contra a vida de animais, como cães e gatos, é crime com detenção de dois a oito anos, independente do modo em é realizado). Depois de ver as fotos feitas pelo imprensa, Janaina, que também acompanhou de perto a reportagem disse ter ficado convencida de que há uma forte evidência de que os animais não estão sendo bem tratados. Para a presidente da ONG, o município deveria ser indiciado com base no artigo 32, por praticar abuso e maus-tratos contra animais. A pena neste caso é de detenção de 3 meses a um ano, além de multa. O caso vem causando muita polêmica e está sendo divulgado em sites e pelas redes sociais. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário