ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brasil não deve 'depender eternamente' de Bolsa Família, diz Governo

Motorista evita acidente após ônibus perder freios em avenida de Guanambi

Acidente grave entre carro e carretas deixa dois feridos em Vitória da Conquista

Perícia em local de crime na cidade de Guanambi é tema de artigo em Revista Científica Internacional

Unidade móvel do TRE-BA inicia atendimento em Malhada de Pedras

Câmera escondida em casa alugada registrava banhos dos moradores

Gusttavo Lima leva cavalo ao palco durante show e divide opiniões nas redes sociais

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Novo tratamento para gordura no fígado 'avançada'

Caravana Bahia Sem Fogo realiza semana intensa de prevenção e educação ambiental na Chapada Diamantina

Ciclista morre após acidente envolvendo motocicleta na BA-938 em Guanambi

Campanha usa título de eleitor gigante para chamar jovens para votar

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue

Belo chora em show após anunciar fim de casamento com Gracyanne

Brasil registra primeiro caso local de cólera em 18 anos; paciente é da Bahia

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Gasolina chega a R$ 6,29 em Brumado, após reajuste das distribuidoras



BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

Brasil não deve 'depender eternamente' de Bolsa Família, diz Governo

Foto: Divulgação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou em cerimônia no Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (22), que não quer que o Brasil seja “eternamente” dependente do programa Bolsa Família. O comentário foi feito durante o lançamento do novo programa do governo batizado de “Acredita”, uma iniciativa de reestruturação do mercado de crédito no Brasil. O plano prevê novas medidas de crédito e renegociação de dívidas para pequenos negócios. “A gente não quer um país de gente muito rica e gente muito pobre. Se possível, a gente quer um país em que você tenha uma classe média sustentável, que tenha um padrão de vida digno, decente, com escola, com cultura, com salário, em que as pessoas possam jantar no restaurante no fim de semana, almoçar, que elas possam fazer uma viagem. É esse país que nós sonhamos. Nós não queremos um país que eternamente dependa de um Bolsa Família, que eternamente dependa de um vale-gás”, afirmou Lula. Ainda em coletiva, o petista disse que “banco não foi preparado para receber pobre, banco não foi preparado para receber pessoas que chegam lá de sandália (não vou dizer o nome da sandália para não fazer propaganda), as pessoas que não chegam de terno e gravata, que não chegam bem vestidas”, completou. 



Câmera escondida em casa alugada registrava banhos dos moradores

Foto: Reprodução l Rede Social

Uma câmera escondida foi instalada no banheiro em uma casa alugada e registrou rotina de moradores por cerca de 15 dias. O caso aconteceu em Anápolis (GO) e gravou os banhos de adolescente. O suspeito de instalar a câmera é um empresário de 36 anos e locador do imóvel. De acordo com a delegada do caso, Aline Lopes, a câmera só foi descoberta depois da adolescente de 16 anos ter flagrado o dono do imóvel dentro do banheiro da casa, em fevereiro deste ano. "Ele conhecia a rotina da família. Foi nesse horário porque acreditava que não teria ninguém”, disse Aline. Naquele dia, a adolescente era a única na residência; ela havia faltado a aula, pois havia passado mal. Foi quando ouviu o latido do cachorro que indicava que havia gente em casa. Ao ser encontrado pela moradora, Francismar ffugiuvA Polícia Técnico-Científica afirmou que o aparelho transmitia as imagens do banheiro em tempo real e também armazenava os arquivos. As investigações mostram que a câmera ficou instalada por cerca de duas semanas. Francismar foi preso suspeito pela instalação e irá responder pelo crime de registrar cenas de nudez de criança e adolescente, além da invasão da casa. De acordo com a delegada, "como a casa estava alugada, ele não tinha direito de lá entrar”. A família relatou que, após alugar a casa, Francismar disse que precisava utilizar o banheiro e insistiu em ir naquele utilizado pelos moradores para tomar banho, mesmo tendo sido oferecido outro a ele. "Nesse banheiro ele ficou cerca de 10 minutos. Acreditamos que foi nesse momento que ele instalou a câmera”, afirmou a delegada. Foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, onde foram apreendidos vários dispositivos eletrônicos. A imagem de Francismar foi divulgada pela Polícia Civil para que possíveis outros crimes cometidos por ele sejam mais rapidamente identificados. O homem é proprietário de uma empresa de energia solar, o que dá a ele fácil acesso ao interior de outras residências, levando os policiais a acreditarem que pode haver mais vítimas. 



Gusttavo Lima leva cavalo ao palco durante show e divide opiniões nas redes sociais

Foto: Reprodução

O cantor Gusttavo Lima finalizou a turnê de despedida do Buteco, evento realizado por ele, neste sábado (20). O sertanejo chamou a atenção do público e dividiu opiniões nas redes sociais por ter utilizado um cavalo durante a abertura do show, que aconteceu no Mineirão, em Belo Horizonte. Gusttavo Lima levou ao palco o animal da raça Friesian, também conhecido como cavalo frísio, e que pode custar até R$ 500 mil. Muitos internautas apontam o desconforto do equino durante a aparição. Os comentários nas redes afirmam que o animal se mostrou assustado ao ser exposto ao som da banda, ao grito dos fãs, à luminosidade do palco e das lanternas dos celulares de quem estava na plateia. Além disso, enquanto o bicho foi apresentado, houve efeito especial de lançamento de fogo. O show que aconteceu no último sábado foi o último do Buteco do Gusttavo Lima, evento que há anos roda o Brasil. A turnê de despedida em Belo Horizonte bateu recorde de vendas, com 53 mil ingressos vendidos em duas horas. Fizeram parte da festa o cantor Leonardo, Paula Fernandes, a dupla Bruno & Denner, Matogrosso & Mathias, Rick & Renner e Trio Parada Dura.



Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Dados do Ministério da Saúde mostram que apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe. Até o momento, 14,4 milhões de doses foram aplicadas para uma população-alvo de 75,8 milhões de pessoas. A campanha de vacinação começou oficialmente no dia 25 de março. “A partir de agora, a expectativa é imunizar 75 milhões de pessoas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), como idosos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, professores da rede pública de ensino, entre outros públicos prioritários”, disse, na ocasião, a ministra da Saúde, Nísia Trindade. Os estados com as menores porcentagens da população vacinada são o Distrito Federal (13,78%), Mato Grosso do Sul (14,18%), Mato Grosso (14,36%), Bahia (14,92%) e Rio de Janeiro (17,76%). Em 2024, a vacinação contra a influenza acontecerá no primeiro semestre do ano nas regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, enquanto no Norte será no segundo semestre. A mudança na estratégia, desde 2023, busca atender às particularidades climáticas da região, que inicia no período do Inverno Amazônico, quando há maior circulação viral e de transmissão da gripe. Neste ano, a composição da vacina é destinada a proteger contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B.



Campanha usa título de eleitor gigante para chamar jovens para votar

Foto: Reprodução l Agência Brasil

Incentivar os jovens a votar como forma de fortalecer a democracia é o objetivo da campanha idealizada por sete organizações da sociedade civil. Para chamar a atenção para o tema, foi levado para a Avenida Paulista, região central da capital, neste domingo (21), um título de eleitor em tamanho gigante. A réplica do documento é um lembrete de que o prazo para pedir o título e ficar apto para votar nas eleições de 2024 é o dia 8 de maio. A partir dos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, estão aptos a votar 5,7 milhões de jovens, de 16 a 18 anos. Para tirar o título pela primeira vez é necessário buscar um Cartório Eleitoral no mesmo estado em que mora, com documento oficial com foto e comprovante de residência. Pessoas do gênero masculino que completem 19 anos de idade neste ano devem apresentar ainda o comprovante de quitação militar.

 

 



Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O Brasil alcançou a marca de 1.601 mortes em decorrência da dengue no ano de 2024. Além disso, outras duas mil mortes seguem em investigação e podem ter sido causadas pela doença. Os dados constam no Painel de casos do Ministério da Saúde, atualizado nesta sexta-feira (19). O número de mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 brasileiros perderam a vida para a doença.  A diferença entre os casos ainda em investigação de 2023 e 2024 supera os 1.707%. As unidades da federação com a situação mais grave da doença, índice calculado por casos prováveis a cada 100 mil habitantes são: Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Na Bahia, a Secretaria de Saúde do Estado confirmou até o momento 43 mortes pela doença. A Bahia possui uma taxa de letalidade de 2,8%, menor do que a média nacional. Segundo a pasta, os óbitos foram registrados em Vitória da Conquista, Jacaraci, Juazeiro, Feira de Santana, Piripá, Barra do Choça, Caetité, Santo Antônio de Jesus, Bom Jesus da Lapa, Caetanos, Campo Formoso, Carinhanha, Coaraci, Encruzilhada, Guanambi, Ibiassucê, Irecê, Palmas de Monte Alto, Santo Estevão, Seabra e Várzea Nova. Na última quarta-feira (17), o Ministério da Saúde, através da Câmara Técnica de Imunizações, liberou a ampliação das faixas etárias para a vacina da dengue no Sistema Único de Saúde (SUS) no caso das doses que irão vencer no dia 30 de abril. A Sesab informou, na última quinta (18), que 54 municípios baianos poderão ampliar a faixa etária do público-alvo para a vacinação contra a dengue, com cobertura estendida para incluir crianças e adolescentes de 6 a 16 anos. 



Brasil registra primeiro caso local de cólera em 18 anos; paciente é da Bahia

Foto: Reprodução

O Brasil registrou, pela primeira vez em 18 anos, um caso local de cólera, o que signifca que o paciente contraiu a doença no próprio país e não em regiões afetadas. O caso foi registrado em Salvador. Segundo nota técnica da Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente, a bactéria causadora da doença ,Vibrio Cholerae, foi encontrada em um idoso de 60 anos, que não havia viajado a outros países com ocorrências da enfermidade ou tido contato com outro caso suspeito ou confirmado. Ele apresentou desconforto abdominal e diarréia em março, mas já está curado. Ainda segundo a secretaria, ninguém que esteve em contato com o homem contaminado ou profissionais de saúde que o atenderam foram contaminados, o que elimnou o risco de transmissão. Apesar disso, medidas preventivas e investigações adicionais estão em andamento pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (CIEVS-BA). A cólera pode ser transmitida por contaminação fecal-oral direta, ingestão de água ou alimentos contaminados e  de pessoa para pessoa. Cerca de 75% dos infectados permanecem assintomáticos.



Brasil regula abate e processamento de animais para mercado religioso

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A diversidade religiosa no Brasil é refletida diretamente na alimentação e no consumo da população, que, somadas à expansão das exportações de produtos de origem animal para países asiáticos, criaram um mercado específico e cheio de potencial: o do abate religioso de animais para açougue. Em países como Egito, Arábia Saudita, Kuwait e Emirados Árabes Unidos, grande parte da população é muçulmana, religião que traz, na sua essência, regras do que é permitido na forma de se relacionar com outros seres vivos. Em árabe, a palavra halal, que significa lícito, define aquilo que é permitido, inclusive na hora de se alimentar. Para o consumo de animais, por exemplo, há espécies consideradas impuras, como o porco, e outras que precisam passar por um procedimento de purificação desde o abate até o corte, para que possam ser consumidas, como o frango e bovinos. Nos países judaicos, como Israel, também há regras sobre o que é considerado apropriado, ou kosher, e há procedimentos específicos para cada etapa de beneficiamento dos produtos de origem animal.



Anvisa decide nesta sexta se mantém proibição a venda de cigarros eletrônicos

Foto: Reprodução l Pixabey

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vai discutir nesta sexta-feira (19) a regulamentação dos cigarros eletrônicos no Brasil. Também será pautada a proibição à publicidade ou divulgação desses produtos em qualquer meio de comunicação. A reunião será realizada por meio de videoconferência a partir das 8h. A Agência proibiu a produção e venda do produto no Brasil em 2009 e manteve a decisão em 2022. Em consulta pública sobre o tema realizada em fevereiro de 2024, a maior parte das manifestações foram contrárias à proibição. Atualmente,tramita no Senado um projeto de lei (nº 5.008 de 2023), da senadora Soraya Thronicke (Podemos-MS) com o objetivo de estabelecer regras para o comércio e a publicidade de dispositivos para fumar.



STF retoma julgamento para definir se decisão judicial pode bloquear aplicativo de mensagens

Foto: Reprodução l Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal, STF, retomou nesta sexta-feira (19) o julgamento de uma ação que analisa a possibilidade de bloquear aplicativos de mensagens, tais como  WhatsApp e Telegram, através de decisões da Justiça. A análise teve início às 0h no plenário virtual da Corte e está prevista para terminar no dia 26 de abril. Durante a examinação, o ministro Alexandre de Moraes pediu destaque e o julgamento será transferido para o plenário físico. A ação foi  apresentada em 2016 pelo partido Cidadania. A sigla questionou uma decisão da Justiça de Sergipe, que suspendeu o  Whatsapp em todo o território nacional, por 72 horas. Segundo a legenda, a determinação feriu a liberdade de expressão, livre concorrência e igualdade, princípios da Constituição Federal. O relator da matéria, Edson Fachin, considera que nenhuma ordem judicial pode exigir o acesso ao conteúdo de mensagens criptografadas ponta-a-ponta. Segundo ele, a legislação autoriza apenas o acesso de informações que não estou protegidas pelso metadados.



Resolução autoriza detentas trans e travestir podem escolher entre presidio feminino ou masculino

Foto: Reprodução

Uma resolução aprovada pelos conselhos nacionais de Direitos das Pessoas LGBTQIA+ e o de Política Criminal e Penitenciária autoriza presos a usar nome social por meio de autodeclaração. O texto também permite que pessoas transexuais ou travestis escolham se vão cumprir sua pena na ala feminina ou masculina. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União na quarta-feira (10). Os presos terão direito a mudar de ideia sobre a ala escolhida em qualquer momento do processo legal. Os juízes, segundo a resolução, devem explicar para as pessoas privadas de liberdade a estrutura dos presídios disponíveis, a localização das alas e se há espaços específicos para a população LGBTQIA+. Para quem se declarar gay, lésbica, bissexual, assexual ou pansexual, o juiz deverá perguntar a preferência por uma cela específica ou no convívio geral.A  transferência compulsória entre celas ou estabelecimentos penais por causa da condição declarada de LGBTQIA+ é pribida, exceto em caso de falsidade comprovada na autodeclaração. O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria a favor de uma resolução do Conselho Nacional de Justiça sobre o tema, em agosto de 2023. Segundo a medida, juízes devem perguntar às pessoas transexuais se preferem custódia em unidade feminina, masculina ou específica (se houver), se preferem detenção no convívio geral ou em alas específicas.



Justiça determina prisão preventiva para mulher que levou idoso morto para fazer empréstimo em banco

Foto: Reprodução

Erika de Souza Nunes teve a prisão convertida para preventiva pela Justiça por levar até um banco o tio já morto para obter um empréstimo de R$ 17 mil, no Rio de Janeiro. Ela foi detida na última terça-feira (16) e ainda pode ser investigada por maus tratos, já que se declarava cuidadora de Paulo Roberto Braga, idoso de 68 anos, de acordo com o delegado responsável pelo caso, Fabio Souza. Segundo as autoridades, é possível que o sigilo bancário da vítima seja violado para verificar a suspeita de outras tentativas de empréstimos feitos por Erika, usando o nome de Paulo. Na quarta-feira (17), o motorista de aplicativo que levou o idoso e a mulher até o banco foi escutado pelos investigadores. No depoimento ele alegou que o homem ainda estava vivo durante a viagem e que Paulo chegou a segurar na porta do carro ao ser retirado do veículo. De acordo com o delegado responsável, Erika cometeu um crime, independentemente do homem estar vivo ou morto no caminho até o banco, uma vez que, claramente, já havia morrido quando ela solicitou que ele assinasse o documento de empréstimo. 



Salário-maternidade pode ser pedido gratuitamente e sem intermediários

Foto: Divulgação

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou um alerta na última segunda-feira (15) informando que não é preciso contar com intermediários para conseguir o salário-maternidade. A publicação aconteceu após diversos famosos fazerem propaganda de uma empresa que oferece assessoria para mulheres receberem o auxílio. Nas redes sociais, os influencers costumam chamar a atenção para a publicidade com frases como “Atenção, mamães e gravidinhas”. O INSS destaca que o benefício pode ser solicitado pela própria trabalhadora. E que isso é feito à distância, não é preciso comparecer a uma agência. Além disso, todo o processo é gratuito e não existe cobrança de multas ou valores adiantados para que o salário-maternidade seja liberado. O pedido deve ser feito por meio do aplicativo ou do site Meu INSS, além da Central de Atendimento 135. Ao acessar o Meu INSS para dar entrada em qualquer benefício, é necessário ter um login e senha na plataforma Gov.br. Por isso, a recomendação é de que somente uma pessoa de confiança tenha esses dados. O INSS alertou para o risco de entregar essas informações para sites desconhecidos.



Brasil já perdeu 34 milhões dos 82,6 milhões de hectares da Caatinga

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O Brasil já perdeu 34 milhões de hectares dos 82,6 milhões de hectares da Caatinga, alertou o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Rodrigo Agostinho. Agostinho destacou as características que apontam a necessidade de uma política pública específica para o bioma, como o alto grau de espécies exclusivas que já passaram por transformações pela atividade humana. Já são sentidos efeitos como a desertificação de mais de 10% do bioma. A transição energética também necessita de um olhar atento para a Caatinga, que embora o crescimento das energias eólica e fotovoltaica sejam um desejadas pela região, isso não pode custar o desmatamento da vegetação nativa “Não faz sentido colocar energia eólica e solar desmatando extensas áreas de caatinga, só porque o preço da terra é mais barato”, afirmou o presidente do Ibama. Na análise da instituição, para enfrentar o desmatamento, os efeitos das mudanças climáticas, a extinção de espécies e as queimadas na Caatinga é necessário ir além das políticas de combate e controle. Autos de infração foram ampliados em 69%, as multas em quase 600% só no bioma, os embargos, que é, talvez a estratégia mais importante no combate ao desmatamento, e a apreensão. 

 



Governo vai melhorar proposta a servidores da Educação, diz ministro da Educação

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Após diversas unidades de ensino entrarem em greve, o ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou que o governo deve disponibilizar novos recursos para atender as demandas dos servidores técnico-administrativos e professores das universidades e institutos federais. A fala foi feita nesta terça-feira (16) em reunião da Comissão de Educação do Senado. “O governo já sinalizou com recursos adicionais para que a gente possa negociar com os servidores técnicos e servidores, a questão, não só do plano [de cargos e salários], mas também do reajuste salarial para essa categoria”, afirmou o ministro. Uma nova proposta deve ser apresentada na sexta-feira (19). Camilo Santana informou que esse anúncio será feito pela ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, que lidera a negociação com os servidores. Ao menos 360 unidades de ensino aderiram à greve iniciada no último dia 3, informa o Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica. Entre as demandas, está a recomposição salarial que varia de 22,71% a 34,32%, dependendo da categoria, além de uma reestruturação das carreiras da área técnico-administrativa e de docentes.



Lava Jato atuou de forma irregular para direcionar R$ 2,5 bilhões a uma fundação privada, aponta CNJ

Foto: Reprodução l Agência Brasil

Um relatório elaborado pela Polícia Federal aponta que a Lava Jato atuou de forma irregular para direcionar R$ 2,5 bilhões a uma fundação privada que seria gerida por integrantes da força-tarefa. O documento consta na correição instaurada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a 13ª Vara Federal de Curitiba. O ministro Luis Felipe Salomão afirmou que o CNJ identificou indícios de que a ex-titular da 13ª Vara Gabriela Hardt cometeu crimes de corrupção, prevaricação e peculato - que é o desvio de recursos públicos -, além de violar deveres funcionais. Hardt substituiu o ex-juiz Sergio Moro em 2018. O corregedor menciona a homologação feita por Hardt de um acordo entre a Petrobras e a força-tarefa da Lava Jato em 2019. Na época, a juíza decidiu que US$ 682 milhões - o equivalente hoje a R$ 3,5 bilhões - iriam para uma fundação privada que teria entre seus administradores integrantes da Lava Jato. O dinheiro era resultado de uma multa imposta por autoridades dos Estados Unidos à empresa brasileira. O STF - Supremo Tribunal Federal vetou o repasse desse dinheiro à fundação. De acordo com o relatório do CNJ, os EUA obtiveram irregularmente provas contra a Petrobras sem objeção de procuradores da força-tarefa da Lava Jato. De acordo com a Folha de São Paulo, essas provas subsidiaram o governo americano na construção de um caso criminal contra a companhia brasileira. O relatório afirma que "exigências legais foram flexibilizadas" para que os depoimentos prestados por colaboradores fossem conduzidos "da maneira mais adequada aos interesses das autoridades americanas, apesar de formalmente presididas por procuradores brasileiros".



Senado inicia votação de PEC das Drogas nesta terça-feira (16)

Foto: Divulgação

O Senado Federal vota em primeiro turno nesta terça-feira (16), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  que visa proibir a posse e o porte de qualquer tipo de droga, independentemente da quantidade. Em sessão temática sobre o tema na segunda-feira (15) o relator da proposta, senador Efraim Filho (União-PB) disse acreditar que o texto deve ser aprovado com ampla maioria. "Acho que o número que nós temos é o da CCJ [Comissão de Constituição e Justiça], foram 23 a 4. A CCJ tem 1/3 dos senadores, são 27, então já é uma amostra bem significativa. A gente espera que essa ampla maioria se repita no Plenário do Senado Federal, assim como foi na CCJ", afirmou. Até então o texto já passou por cinco sessões de discussão antes da análise em primeiro turno. Segundo informações da CNN a expectativa dos senadores é que o segunto turno de votações aconteça entre o fim de abril e o início de maio. Para que a PEC seja aprovada é preciso de dois terços dos 81 senadores, ou seja 49 votos nos dois turnos.



Defasagem no preço da gasolina no Brasil subiu 19% devido a conflito no Oriente Médio

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Os dados da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) apontam que a defasagem no preço da gasolina no Brasil subiu 19% em relação aos valores internacionais nesta segunda-feira (15). Nos preços do diesel, a Abicom aponta defasagem de 12%. No levantamento publicado pela associação na sexta-feira passada, a disparidade da gasolina havia chegado a 17%. A defasagem do diesel estava em 10%. Segundo a entidade, a possível escalada do conflito entre Irã e Israel, no Oriente Médio, poderá pressionar a Petrobras para fazer o reajuste. Na abertura do mercado na manhã desta segunda, o barril de petróleo tipo Brent custava US$ 90,51. Mas, de acordo com Sérgio, a expectativa é ultrapassar esse valor. A expectativa é de que, com o agravamento da crise, gerem-se restrições às ofertas, especialmente porque o Irã tem uma das maiores fatias de produção de petróleo. Segundo o presidente da Abicom, o preço do petróleo é muito influenciado pelo equilíbrio ou desequilíbrio entre oferta e demanda.



Recursos 'esquecidos' nos bancos por brasileiros somam R$ 7,79 bilhões

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Recursos “esquecidos” por brasileiros somam R$ 7,79 bilhões no sistema financeiro. Dos R$ 14,02 bilhões colocados à disposição pelos bancos ao SVR, o Sistema de Valores a Receber, foi devolvido um montante de  R$ 6,23 bilhões, o equivalente a menos da metade do valor total. De acordo com dados do Banco Central, o valor considera os saldos até o fim de fevereiro e a maioria das pessoas e empresas que não fizeram o saque têm direito a pequenas quantias. 63,48% dos brasileiros podem receber até R$10. Valores de R$ 10,01 à R$ 100 podem ser sacados por 25,14% dos beneficiários. 



Brasil registrou mais de 80 mil novos casos de tuberculose em 2023

Foto: Reprodução

O Brasil registrou 80.012 novos casos de tuberculose em 2023, de acordo com dados do Boletim Epidemiológico de Tuberculose, divulgado em março deste ano pelo Ministério da Saúde. Houve uma queda de aproximadamente 1,95% no número total de diagnósticos no ano passado. Em 2022 foram 81.604 notificações. Em abril de 2023 o Governo Federal criou o Comitê Interministerial para a Eliminação da Tuberculose e de Outras Doenças Determinadas Socialmente (Cieds) com o objetivo de elaborar ações para eliminar a doença no país.