ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Postos de Brumado, Caetité e Guanambi vendem a gasolina mais cara da Bahia

Homem tenta matar a sogra na zona rural de Aracatu

Covid-19: Calendário infantil avança nesta terça-feira com a vacinação de crianças de 10 e 11 anos

Acesse: TV Tempo dos Milagres no Youtube, e seja abençoado!

Bahia tem quase 20 mil casos ativos de Covid-19 e 18 óbitos registrados

Brumado: Em fase de teste, radar registrou motocicleta a 93 km por hora próximo ao Terminal Rodoviário

Brumado: Cinco dias após entrar em funcionamento, radar é removido do trecho entre a Av. Centenário e a BR-030

Considerada a mais velha do Brasil, idosa morre com 116 anos na Bahia

Brumado: Casos ativos de Covid-19 sobem para 207

Serviço de primeiro emplacamento só poderá ser realizado após a confirmação de dados

Brumado: Adolescente de 13 anos diagnosticada com tumor no cérebro aguarda por uma vaga em uma UTI avançada

Novo carregamento da vacina pediátrica da Pfizer chega ao Brasil

Mulher doa rim para namorado e homem acaba relacionamento após traí-la

Guanambi: Duas pessoas são conduzidas à delegacia por furto de energia

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Euclides da Cunha: Mulher é achada morta dentro de imóvel com sinais de enforcamento

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Brasil registra 84 mil casos de Covid e cerca de 1 milhão em uma semana

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Guanambi: Prefeitura habilita 10 leitos clínicos para tratamento da Covid-19 e mais 10 leitos de suporte à UPA



BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

Serviço de primeiro emplacamento só poderá ser realizado após a confirmação de dados

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Um novo programa integrado às concessionárias de todo o país já começa a valer a partir da segunda (24). Com o  Renave 0 Km, o serviço de primeiro emplacamento só poderá ser realizado após a confirmação de dados entre a revendedora, Serpro/Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) e o Detran-BA, assegurando a confirmação da procedência do veículo.  Na Bahia, a ambientação tecnológica para a implantação do novo serviço foi preparada pelo Departamento Estadual de Trânsito e as mudanças são consideradas relevantes para evitar fraudes. Para quem compra um veículo zero, nenhuma alteração, apenas mais segurança na transação. "É uma importante modernização que garante segurança para as revendas, impedindo clonagem de veículo e tornando o processo transparente desde o início da operação até a entrega do veículo ao proprietário”, explica o diretor-geral Rodrigo Pimentel. O novo sistema vai permitir a averiguação de informações indispensáveis, como a presença do veículo no estoque da loja emissora da Nota Fiscal. O fabricante ou concessionária deverá estar com os sistemas alinhados ao Serpro, conforme orienta o site da instituição.



Novo carregamento da vacina pediátrica da Pfizer chega ao Brasil

Foto: Reprodução l Myke Sena

Chegou nesta segunda-feira (24) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior paulista, um carregamento de 1,8 milhões de doses de vacina pediátrica contra a covid-19. É o terceiro lote enviado ao Brasil do imunizante da Pfizer destinado a aplicação em crianças. A entrega de hoje estava prevista para ser realizada na próxima quinta-feira (27), porém foi antecipada pelo laboratório norte-americano. Já tinham sido enviadas 2,5 milhões de doses desde que a vacinação de crianças com idade entre 5 e 11 anos foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Até o fim de março, o governo federal espera receber 20 milhões de doses de vacinas pediátricas da Pfizer. Na última sexta-feira (21), a vacina Coronavac também foi incluída pelo Ministério da Saúde no plano de imunização contra a covid-19 para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos de idade. O governo federal está negociando os termos de compra com o Instituto Butantan, que produz o imunizante no Brasil em parceria com o laboratório chinês Sinovac.



Família é feita refém e torturada durante assalto na zona rural de Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Quatro pessoas foram feitas reféns e torturadas por bandidos durante um assalto em uma fazenda, que fica na região rural de Brumado, Sudoeste da Bahia. Uma das vítimas quase levou um tiro após a arma do assaltante disparar. O assalto ocorreu na manhã desta sexta-feira (21). De acordo com a família dois homens invadiram a fazenda e renderam primeiro um dos filhos, o pai, a mãe, e por último, outro filho. Nenhum dos suspeitos foram presos. Em entrevista ao site 97NEWS, um dos filhos de 59 anos contou que eles tomavam café por volta das 07h40 da manhã quando foram surpreendidos por um dos indivíduos dentro da propriedade. "Ele adentrou e gritou, ai meu irmão prontamente levantou da mesa e foi até ele. Ao meu irmão ele pediu duas chaves, segundo ele [criminoso] seria para consertar o carro que estaria quebrado. Foi quando percebi que eles demoravam muito. Ao sair lá fora, escutei gritos, em seguida um deles veio até a mim e anunciou o assalto", afirmou. Conforme a vítima, a partir dai, começou momentos de tortura. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Com o seu irmão já amordaçado na mata, eles renderam o restante da família. "Eles amarraram minhas mãos, meu pescoço e as pernas, em seguida foram até a cozinha e amarraram minha mãe e meu pai que estava nos fundos da casa. Minha mãe foi amarrada na cama de solteiro e, eu e meu pai, fomos amarrados na cama de casal", disse. Sobre a mira de um revolver, a família ficou por mais de três horas com os criminosos que queriam dinheiro. "Eu levei cerca de dez coronhadas na cabeça, e em um desses momentos a arma chegou a disparar. A bala passou de raspão no meu pai. O tiro atingiu uma das janelas da casa", contou. O filho disse que está de férias em Brumado e mora em São Paulo há vários anos. Segundo ele, mesmo trabalhando cerca de 13 anos nas noites da Capital Paulista, nunca passou por momentos de tensão e tortura na mão de criminosos. "Trabalhei vários anos de vigilante em São Paulo e nunca passei por isso, é lamentável essa situação no interior da cidade. É muito revoltante, somos cidadão de bem, já tivemos furtos aqui, mas chegar a este ponto de sermos agredidos, torturados. Nunca passamos por isso", afirmou. 

 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O pai que tem 83 anos, contou que foi para a zona rural do município em busca de paz e segurança, por conta da pandemia da Covid-19, no entanto, já pensa em deixar o campo para voltar a cidade. "Eu vim assim que começou a pandemia, buscando mais segurança por conta da doença, mas vejo que a roça já não é mais a mesma. E apanhei de fio de energia, nunca apanhei de meus pais e apanhei de um vagabundo. Eles colocaram o revolver na minha boca [...] ele queria me matar", afirmou o idoso emocionado. Transtornada, a mãe que tem 77 anos afirmou que teme pela vida. "Não sei o que vamos fazer mais, a zona rural precisa de ajuda dos poderes da justiça", diz. Os assaltantes levaram seis aparelhos de celular, a quantia de R$ 720,00 e uma motocicleta CG Titan vermelha com placa MPE-4746. A Polícia Militar foi acionada e realiza buscas pela região para tentar encontrar os dois envolvidos no assalto.

Foto: Luciano Santos l 97NEWS


Morre aos 94 anos, a mãe do presidente Jair Bolsonaro

Foto: Reprodução

A mãe do presidente Jair Bolsonaro, Olinda Bolsonaro, morreu na madrugada desta sexta-feira (21), aos 94 anos. O anúncio foi feito pelo presidente em suas redes sociais. “Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, escreveu ele no Twitter. A causa da morte ainda não foi informada. Olinda estava internada no Hospital São João, em Registro, no interior de São Paulo, desde a última segunda-feira (17).  De acordo com o G1, ela morava em Eldorado (SP), que fica a aproximadamente 52 quilômetros de distância de Registro e não conta com hospital de referência. Na mesma publicação Bolsonaro informou que vai voltar ao Brasil viajou na manhã desta quinta-feira (20) para Paramaribo, no Suriname.



Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A investigação feita pelo Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo concluiu que não há relação entre a parada cardíaca sofrida por uma criança de 10 anos e a vacina contra a Covid-19. O caso aconteceu na última terça-feira (18), na cidade de Lençóis Paulista, quando uma menina recebeu a primeira dose da vacina pediátrica da Pfizer e cerca de 12 horas depois teve uma parada cardíaca. A análise é de que o episódio foi causado por uma doença congênita rara, condição que ainda não era conhecida pela família. Outro fator relevante foi o curto intervalo entre a aplicação e a parada cardíaca. Segundo especialistas ouvidos pela Folha de S. Paulo, esse intervalo descaracteriza a hipótese de uma miocardite causada pela vacina. A campanha de vacinação de crianças segue suspensa na cidade de Lençóis Paulista.  A menina apresenta quadro de saúde estável e está em observação em um hospital de Botucatu, para onde foi transferida. As demais crianças vacinadas no mesmo dia estão sendo monitorada pelo Centro de Vigilância Epidemiológica e nenhuma apresentou reação até o momento.



Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Foto: Reprodução

Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz divulgado na quarta-feira (19) pela Fundação Oswaldo Cruz revela aumento significativo do número de casos da doença no Brasil, com média de 49 mil registros por dia, seis vezes mais do que o observado no início de dezembro de 2021. O documento destaca, porém, que, graças à eficácia da vacinação, que completou um ano, o número de mortes não acompanhou o aumento do número de casos no país. Referente às semanas epidemiológicas 1 e 2 de 2022, compreendendo o período de 2 a 15 de janeiro, o boletim revela que piorou a situação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) destinados a pacientes com covid-19, em comparação aos dados das duas últimas semanas. 

Cinco estados que estavam fora da zona de alerta ingressaram na zona de alerta intermediário, com taxas iguais ou superiores a 60% e inferiores a 80%, somando-se a seis unidades da federação que já estavam nesta zona na semana anterior. Destacam-se entre as capitais que tiveram taxas divulgadas Cuiabá (100%), Rio de Janeiro (95%), Belo Horizonte (88%), Fortaleza (85%) e Recife (80%), que estão na zona de alerta crítico; e Vitória (78%), Manaus (77%), Campo Grande (77%), Goiânia (77%), Brasília (74%), Palmas (69%), São Luís (68%), Teresina (66%), Porto Velho (66%), Salvador (65%), Curitiba (61%) e Boa Vista (60%), na zona de alerta intermediário. A comparação de dados relativos a 17 de janeiro com os de 10 de janeiro mostra aumento do total de leitos em 12 estados e no Distrito Federal. Os destaques são aumentos superiores a 50 leitos registrados em Pernambuco (105) e Ceará (5). Cinco estados tiveram redução do total de leitos: Roraima, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A média móvel de sete dias, divulgada pela Fiocruz, é calculada somando-se os registros do dia com os dos seis dias anteriores e dividindo o resultado da soma por sete. O número é diferente daquele divulgado pelo Ministério da Saúde, que mostra apenas as ocorrências de um dia específico.

CONTINUE LENDO


Turismo nacional fechou novembro com faturamento de R$ 14,7 bilhões

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O setor de turismo fechou novembro do ano passado com faturamento de R$ 14,7 bilhões, 19,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2020, mas 15,5% inferior a novembro de 2019, no período pré-pandemia. Essa foi a oitava elevação mensal seguida do faturamento do setor. Os dados, divulgados na quarta-feira (19), são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). De acordo com a FecomercioSP, apesar dos bons resultados apresentados em novembro, os próximos meses ainda deverão ser incertezas para o turismo nacional. Com a chegada da variante Ômicron, o cenário se transformou e os números de dois meses atrás não refletem o impacto da nova onda de covid-19 em 2022. “O volume de reservas e as manifestações de intenção de viagens se concretizaram em negócios. Isso animou os empresários do setor. É bem possível que os resultados de dezembro sejam também bastante positivos, e a mudança de cenário se dê, infelizmente, nos números de janeiro, por causa da variante Ômicron no país”, disse Mariana Aldrigui, presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP.



Homem tenta escapar da polícia, mas é alcançado e preso com mais de meia tonelada de maconha

Foto: Divulgação

Um homem foi preso na noite de segunda-feira (17), em Eunápolis, no sul da Bahia, após a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrar 514kg de maconha na picape que ele dirigia, modelo Hilux SW4. Durante uma fiscalização de rotina na rodovia próxima à entrada da cidade de Itagimirim, eles desconfiaram ao notarem que a traseira do veículo estava mais baixa do que deveria, indicando sobrepeso, e iniciaram a abordagem ao motorista. O condutor tentou fugir e disparou com o carro em alta velocidade, mas foi alcançado no KM 692 da BR-101. Após a prisão, os policiais foram até o carro e encontraram os diversos tabletes de maconha que totalizaram mais de meia tonelada da planta. Os agentes verificaram ainda que o veículo utilizado tinha placas clonadas de um carro roubado em Minas Gerais no ano passado. Preso em flagrante, o homem foi levado junto com a droga e o carro recuperado para Delegacia de Polícia Judiciária local, onde serão adotadas as medidas cabíveis.



Tempestade em Minas Gerais deixa vias alagadas, arrastam veículos e inunda hospital

Foto: Divulgação

Depois de três dias sem precipitações, uma forte chuva no fim da tarde deste domingo (16) trouxe estragos para Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A principal avenida, mais uma vez, ficou completamente alagada pela enxurrada, arrastou carros e inundou um hospital e um clube. Em menos de duas horas, o volume de chuva chegou a 75 milímetros na Região Leste e 53 na Zona Sul. Houve ainda precipitações menos intensas nas demais regiões da Zona Urbana. A Avenida Rondon Pacheco se tornou um curso d’água e arrastou carros, destruiu asfalto e derrubou árvores. Houve tantos chamados feitos ao Corpo de Bombeiros que a via ficou interditada em sua maior parte, entre os Bairros Saraiva e Patrimônio, mesmo depois que a enxurrada cedeu.  Um hospital foi inundado e obrigou trabalhadores a deslocarem pacientes e acompanhantes das salas mais próximas da avenida. Não há informações de problemas mais graves com atendimentos.



Governo Federal e Caixa iniciam o pagamento do Auxílio gás

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O Governo Federal e a Caixa iniciam, a partir desta terça-feira (18), o pagamento do Programa Auxílio Gás para mais de 5,4 milhões de famílias beneficiárias. O valor pago em janeiro será de R$ 52,00 por família. Não é necessário realizar inscrição para receber o benefício. As famílias foram selecionadas pelo Ministério da Cidadania, de acordo com os critérios do Programa. O pagamento é realizado da mesma forma pela qual as famílias recebem os benefícios do Programa Auxílio Brasil. O beneficiário poderá acessar o Auxílio Gás pelo aplicativo. Com a utilização do app é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code. Os beneficiários que recebem por meio de cartão podem continuar efetuando o saque pelos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, correspondentes da Caixa Aqui, além das agências.



Governadores decidem encerrar congelamento de ICMS de combustíveis

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Os governos estaduais decidiram encerrar o congelamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis que vigora desde novembro. A medida foi decidida na última sexta-feira (14) durante reunião do Comitê Nacional dos Secretários Estaduais de Fazendo (Comsefaz). Na última reunião que aconteceu em outubro, a Comsefaz tinha decidido manter o ICMS, enquanto a União, a Petrobras, o Congresso Nacional e os estados estavam negociando uma solução definitiva para amortecer as consequências dos reajustes nas refinarias para o consumidor. De acordo com a Comsefaz, o descongelamento foi decidido depois que a Petrobras realizou o primeiro aumento do aano nos combustíveis das refinarias. A gasolina subiu de 4,85%, e o diesel aumentou 8,08%. Em Brumado, a gasolina é comercializada a R$ 7,19. Já o álcool, R$ 5.59.



Operação da PF prende homem que divulgou vídeo de estupro de criança

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Uma operação realizada na quinta-feira (13) pela Polícia Federal (PF) em São Paulo identificou um homem de 30 anos que divulgou na internet imagens do estupro de uma criança brasileira. A investigação foi feita em conjunto com a Interpol e envolveu policiais de outros países. O vídeo circulou em um fórum da deep web. Segundo a Polícia Federal, a operação, batizada de Deep Sea, usou técnicas investigativas modernas para encontrar o homem, que mora em São Paulo e é pai de três crianças. As imagens tiveram rápida circulação na internet e foram acessadas e replicadas por usuários da rede TOR, software de código aberto que permite a comunicação anônima ao navegar na internet, em diferentes países. “O autor dos crimes responderá pela produção e divulgação de arquivos de mídia com conteúdo pornográfico-infantil (Estatuto da Criança e do Adolescente) e pelo estupro de vulnerável [Código Penal]”, informou, em nota, a Polícia Federal. A criança também foi identificada durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão e da prisão preventiva. A PF informou que a responsável pela vítima foi orientada sobre o acompanhamento e os cuidados de proteção da menor em situação vulnerável.



Brasil recebe primeiro lote de vacinas pediátricas contra Covid-19

Foto: Divulgação

Chegou ao Brasil na madrugada desta quinta-feira (13), o primeiro lote da vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. A remessa com 1,248 milhão de doses desembarcou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 4h38 da manhã. A vacinação infantil foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 16 de dezembro. Já na última segunda-feira (10), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que a Pfizer vai antecipar a entrega de 600 mil doses. Com isso, o total de vacinas previstas para chegar em janeiro deve passar de 3,7 milhões para 4,3 milhões. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 20,5 milhões de crianças nessa faixa etária.



‘Ficou em casa e agora me culpa’; declara Bolsonaro por inflação alta, após medidas contra Covid

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que as medidas restritivas tomadas por governadores e prefeitos como limitação ao horário de funcionamento de comércios e proibição de eventos com aglomeração, com o objetivo de reduzir o contágio pelo novo coronavírus, são culpadas pela alta da inflação. As informações são de O Globo. De acordo com o IBGE, a inflação de 2021 ficou em 10,06%, a maior desde 2015. A inflação fechou o ano muito acima da meta estabelecida pelo Banco Central, de 3,75%, com uma tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, ou seja, de 2,25% a 5,25%. “Agora, temos problemas. Inflação. Está o mundo todo com esse problema. Você lembra do fique em casa, a economia a gente vê depois? Estamos vendo a economia. O cara ficou em casa, apoiou e agora quer me culpar da inflação”, afirmou o presidente. Durante a pandemia, governadores e prefeitos adotaram medidas restritivas como limitação ao horário de funcionamento de comércios e proibição de eventos com aglomeração. As políticas foram adotadas com o objetivo de reduzir o contágio pelo novo coronavírus. Apesar criticar esse tipo de medida, o presidente também disse que o Brasil está se recuperando melhor do que os outros países. “Agora, o país é um dos países que menos está sofrendo na economia. Apesar de ser duro pro povo, sei disso, perdendo poder aquisitivo”, avaliou. 



Em reaplicação do Enem 2021, 67% dos inscritos faltaram à prova

Foto: Divulgação

Dos 340.659 inscritos, apenas 33,2% (112.931) compareceram, no domingo (9), ao primeiro dia de provas da reaplicação da edição 2021 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os ausentes somaram 227.728, o que representa 68,8% do total de inscritos. O número de faltosos foi divulgado nesta terça-feira (11) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A abstenção foi maior (72,7%) entre aqueles que obtiveram o direito à isenção de taxa de inscrição após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) tomada em setembro.  A maior taxa de comparecimento foi registrada entre pessoas privadas de liberdade ou submetidas a medidas socioeducativas que incluam privação de liberdade (Enem PPL). Nesse caso 34.190 participantes realizaram, 63% dos 54.227 inscritos. Se considerados somente os inscritos com isenção de taxa e aqueles que tiveram direito a fazer a prova devido a alguma dificuldade na primeira aplicação, o maior nível de abstenção foi registrado em Minas Gerais, de 76,4%. O estado foi atingido por fortes chuvas no fim de semana, quando foram registradas diversas interdições provocadas por enchentes e desabamentos nas rodovias. As demais unidades da federação, porém, não ficaram muito atrás, e também registraram número alto de faltosos, como Mato Grosso do Sul (75,8%), Goiás (75,1%) e Tocantins (74,7%). Em números absolutos, a abstenção foi maior em São Paulo, onde 29.191, ou o equivalente a 74,6% dos 39.152 inscritos, faltaram.



Petrobras sobe preço da gasolina e do diesel a partir de quarta-feira (12)

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (11) que fará ajustes nos seus preços de venda da gasolina e diesel para as distribuidoras. Os novos valores passam a valer a partir desta quarta (12). Segundo a estatal, o preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro, o que representa um aumento de 4,85%. Já o valor do diesel vai subir de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro, alta de 8,08%. “Após 77 dias sem aumentos, a partir de amanhã 12/01/2022, a Petrobras fará ajustes nos seus preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras. Os últimos aumentos ocorreram em 26/10/2021 e, desde então os preços praticados pela Petrobras para a gasolina foram reduzidos em R$ 0,10 litro em 15/12/2021, e permaneceram estáveis para o diesel”, disse a estatal em comunicado. O último ajuste nos preços foi realizado em dezembro do ano passado, quando a Petrobras promoveu uma redução no valor da gasolina de 3,13%. Foi a primeira queda desde 12 de junho. Já o último aumento foi anunciado em outubro do ano passado. Em Brumado a média de preço da gasolina é de R$ 7,24 o litro. Já o etanol, a média de preço é de R$ 5,54.



Avião faz pouso de emergência em Brasília após passageira morrer durante o voo

Foto: Divulgação

Um voo da companhia europeia KLM, que saiu da Holanda com destino à Argentina, fez pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Brasília, neste domingo (9), após uma passageira de 75 anos morrer durante a viagem, segundo a CNN. O consórcio Inframérica, responsável pelo Aeroporto de Brasília, disse que a mulher, que é argentina, passou mal durante o voo e teve morte natural entre 3h e 3h30 da manhã. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e a Embaixada da Argentina foi acionada para dar suporte à família. “Assim que houver a apresentação de um documento oficial da vítima para confirmação da identidade, o corpo será liberado para a família que adotará as providências quanto ao registro no cartório para assuntos consulares”, disse a Polícia Civil em comunicado. Procurada pela emissora, a KLM disse que “confirma o pouso da aeronave em Brasília para que um passageiro a bordo pudesse receber atendimento médico”. A companhia também confirmou que o voo era é o KL701, que tinha como destino Buenos Aires, partindo da Holanda.



Estados Unidos anunciam doação de R$ 750 mil às famílias afetadas pelas chuvas no sul da Bahia

Foto: Divulgação

O governo dos Estados Unidos anunciou a doação de R$ 750 mil em assistência imediata para ajudar famílias atingidas pelas enchentes na Bahia. A informação foi divulgada na última sexta (7) por meio da Agência para o Desenvolvimento Internacional (USAID). O financiamento vai apoiar a aquisição local de itens não alimentares para as populações afetadas pelas enchentes. A USAID também vai fornecer kits com vassouras, baldes e produtos de limpeza para cerca de 800 famílias baianas. Essa doação será feita por meio de programas americanos e parceira com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA). A agência informou ainda que a Caritas Brasileira, grupo que promove ações de solidariedade nacionais e internacionais, vai fornecer roupas de cama, utensílios de cozinha e suprimentos de higiene.



Lei sancionada nesta quinta garante ajuda financeira e seguro para entregadores de aplicativo

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Uma lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da união de quinta-feira (06) garante que entregadores de empresas de aplicativo afastados do trabalho por contaminação pela Covid-19 têm direito a ajuda financeira e seguro para casos de acidentes durante o exercício de suas atividades. A lei obriga ainda que as empresas forneçam aos entregadores itens como água potável, álcool em gel e máscaras, além de acesso aos banheiros das e empresas. Além disso, também deve ser fornecido seguro contra acidentes, sem franquia e em nome do entregador, valendo para casos que ocorrerem durante o período de retirada e entrega de produtos e cobrindo acidentes pessoais, invalidez permanente ou temporária e morte. Para o caso de o trabalhador prestar serviços para mais de uma plataforma, a indenização será feita pelo seguro da empresa para a qual o entregador prestava serviço no momento do acidente. Ainda, está previsto que a empresa preste assistência financeira ao entregador que for diagnosticado com Covid-19 por 15 dias e pode ser prorrogada mais duas vezes pelo mesmo período, caso haja laudo médico.



Bolsonaro diz que técnicos da Anvisa são 'tarados por vacina'

Foto: Reprodução l Isac Nóbrega l PR

Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar nesta quinta-feira (7) a vacinação contra Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, um dia após o Ministério da Saúde ter anunciado regras para a imunização infantil. Em entrevista à TV Nova Nordeste, o presidente chamou os técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de "tarados por vacina" e repetiu que não vacinará sua filha caçula, Laura, de 11 anos, contra o novo coronavírus. "A Anvisa lamentavelmente aprovou a vacina para crianças entre 5 e 11 anos de idade. A minha opinião, quero dar para você aqui, a minha filha de 11 anos não será vacinada", afirmou. "O que está por trás disso? Qual é o interesse da Anvisa por trás disso aí? Qual o interesse daquelas pessoas taradas por vacina? É pela sua vida? É pela sua saúde? Se fosse, estariam preocupados com outras doenças no Brasil, que não estão", questionou o chefe do Planalto. Na quarta-feira, o Ministério da Saúde recuou da decisão de exigir receita médica para a vacinação de crianças. A imunização do público de 5 a 11 anos está autorizada pela Anvisa desde o dia 16 de dezembro.