ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Covid-19: cai de 12 para 8 semanas prazo entre as doses da AstraZeneca

Presidente da Alba assume interinamente o governo da Bahia após viagem de Rui e Vice

MP-BA recomenda que Guanambi desalugue prédio da Cultura após erros em licitação

Brumado tem 100,3% da população acima de 12 anos vacinada com a primeira dose

Bahia: Menino de 11 anos cria simulador para jogos de celular com materiais recicláveis

SSP-BA recebe empresas para contratação de câmeras corporais

Psicóloga Paula Machado aborda o tema: Sabemos lidar com as perdas?

Brumado: Um ano depois, 'funileiro' termina veículo inspirado no modelo WT

Operação Nossa Senhora Aparecida: PRF apreende cerca de R$ 2,5 milhões em drogas nas estradas da Bahia

Brumado: Após bloqueio de moradores, SMTT remove pneus de via no Apertado do Morro

Bahia: No combate a violência doméstica e tráfico de drogas, Polícia deflagra ação no interior

Brumado: Presidente da Câmara é vítima de fake news e denuncia crime à Polícia Cívil

STF derruba lei que liberava venda de remédios para emagrecer

Salvador: PM apreende armamento e drogas durante evento de paredão

Durante live, Bolsonaro volta a defender 'kit covid'

Bahia: Cerca de 14 mil processos de suspensão de CNHs serão arquivados

Brumado: Sindsemb homenageia os professores com mensagem de agradecimento e valorização

STJ autoriza retorno de Maurício Barbosa ao cargo de delegado da PF

Major Leila Silva realiza visita institucional a presidente da Câmara de Brumado

Brumado: TOR apreende produtos eletrônicos sem nota fiscal na BR-030



BUSCA PELA CATEGORIA "Mundo"

Após seis horas, Facebook, Instagram e WhatsApp voltam a operar; a empresa perdeu US$ 6 bilhões em um dia

Foto: Reprodução

Depois de 6 horas fora do ar, o Facebook, Instragram e WhatsApp voltou a funcionar na noite de segunda-feira (4), por volta das 19h30. As redes, todas pertencentes ao mesmo grupo, caíram às 12h50. Nem todas as funções disponibilizadas estão operando. Mas os usuários já conseguem abrir os aplicativos e visualizarem as mensagens. Uma pequena equipe de funcionários do Facebook foi enviada para o centro de dados da empresa, na Califórnia, para tentar reniciar o sistema de forma manual. Em comunicado à imprensa, o Facebook confirmou a dificuldade de usuários acessarem o sistema, incluindo WhatsApp e Instagram e disse que está "trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes". O prejuízo financeiro de Mark Zuckerberg foi de quase US$ 6 bilhões em um dia e deixou de ser o quarto mais rico do mundo, com a queda nas ações da companhia.



Azeite da Chapada Diamantina conquista medalha de ouro durante concurso em Paris

Foto: Divulgação

O azeite de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, conquistou medalha de ouro na terceira edição do Olio Nuovo Days Competition, em Paris, na França. O ‘Bests of the Southern Hemisphere’ reuniu participantes de três continentes, América, África e Oceania. As informações são da Agência Minas. Originado de azeitonas plantadas no Nordeste do Brasil, o azeite da cidade chapadeira teve a primeira extração realizada no último mês de fevereiro no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), em Maria da Fé, no Sul de Minas. Logo, para a produção dos 280 litros de azeite foi necessária uma viagem de cerca de 20 horas em caminhão frigorífico, entre o munícipio baiano de Rio de Contas e o Sul de Minas Gerais. O esforço visou garantir a integridade e as características das azeitonas da variedade Arbequina, evitando a oxidação e a fermentação, visto que quando as azeitonas ficam armazenadas em temperaturas entre 4° e 6°C, os efeitos que poderão impactar na qualidade do produto final. Segundo o empresário Christophe Chinchilla, o cultivo de oliveiras na região da Chapada Diamantina começou há 15 anos por iniciativa de seu pai. Sendo natural do sul da França, região de Provence, Didier Chinchilla percebeu na cidade chapadeira condições edafoclimática similar à de sua terra natal, que é famosa pela produção de azeites. Em 2018 ocorreu a primeira colheita. Contudo, não houve produção de azeite. Assim, três anos após algumas correções agronômicas, a nova produção resultou no azeite premiado. No entanto, ele avalia que é preciso entender mais sobre o processo, já que a produção ainda é incipiente. “Temos 100% de convicção de que a Chapada Diamantina é um bom terroir para produzir azeitonas, mas não sabemos o que fazer para dar certo todos os anos. Temos muitas questões a serem respondidas”, salienta.



Papa pede aos cristãos que orem e façam jejum pelo Afeganistão

Foto: Reprodução

O Papa Francisco pediu no domingo (29) aos cristãos de todo o mundo que orem e façam jejum pelo Afeganistão. Ele também fez um apelo: que se continue a assistir os necessitados, e rezou para que o diálogo e a solidariedade levem a estabelecer uma convivência pacífica e fraterna, oferecendo esperança para o futuro do país. "Em momentos históricos como este, não podemos permanecer indiferentes. Por isso, dirijo um apelo a intensificar a oração e a praticar o jejum, pedindo ao Senhor misericórdia e perdão", disse o pontífice.



Mudanças no clima podem afetar 1 bilhão de crianças, diz Unicef

Foto: Reprodução l Agência Brasil

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgou, na sexta-feira (20), um relatório que conclui que 1 bilhão de crianças e adolescentes estão expostos às consequências das mudanças climáticas em todo o mundo. Ciclones, inundações, ondas de calor, escassez de água, poluição do ar e doenças transmitidas por vetores estão entre os impactos citados. Ainda de acordo com o Unicef, o número corresponde a pelo menos metade dos 2,2 bilhões de jovens que vivem no mundo que enfrentam exposição a múltiplos choques climáticos e ambientais que causam impactos nos serviços de água, saneamento, saúde e educação. A conclusão é de que os impactos podem piorar com a aceleração das mudanças climáticas. Os casos afetam principalmente as populações da Nigéria, Chade, República Centro-Africana, Guiné e Guiné-Bissau.



Covid-19: Papa Francisco defende vacinação como um 'ato de amor'

Foto: Reprodução l Getty Images

O papa Francisco divulgou mensagem nesta quarta-feira (18) onde disse que tomar a vacina contra a Covid-19 é um “ato de amor”. Com a mensagem, o papa participa de uma campanha que pretende aumentar a confiança nos fármacos. “Graças a Deus e ao trabalho de muitos, hoje temos vacinas que nos protegem da covid-19”, afirmou o pontífice em uma mensagem para a iniciativa americana “It’s Up to You” (Depende de Você). “E ajudar para garantir que a maioria das pessoas seja vacinada é um ato de amor. Amor por si mesmo, amor pela família e amigos, amor por todas as pessoas”, completou o pontífice de 84 anos.



Terremoto no Haiti deixa ao menos 227 mortos

Foto: Reprodução

Ao menos 227 pessoas morreram no Haiti após o terremoto de magnitude 7,2 registrado no sábado (14), de acordo com um balanço preliminar divulgado pela defesa civil do país. As cidades de Cayes e Jérémie, no sudoeste da ilha, foram as mais atingidas. O primeiro-ministro Ariel Henry decretou estado de emergência por 30 dias.  Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o tremor pôde ser sentido também na República Dominicana, Cuba e Jamaica. Não há mais riscos de tsunami na região.  O epicentro do terremoto foi identificado a 8 km da cidade de Petit Trou de Nippes (no oeste da ilha), a cerca de 150 km da capital Porto Príncipe, e a uma profundidade de 10 km. O terremoto atinge o Haiti em um momento de forte crise política, que começou antes mesmo da morte do presidente Jovenel Moïse, em julho deste ano.



Empresa aérea coloca comissária de voo no topo do prédio mais alto do mundo

Foto: Reprodução

Por muitos anos, o Burj Khalifa detém o título de edifício mais alto do mundo. Com a base no formato de uma Flor de Lótus e 829,8 metros de altura, o imponente prédio domina o horizonte de Dubai e é cenário para uma série de ações de marketing. No entanto, talvez nenhuma delas seja mais impressionante do que a última ideia da Emirates, que colocou uma comissária lá no topo. Ainda que muitos poderiam achar que a campanha é montagem, a empresa aérea jura que não. Sim, é difícil de acreditar, mas a Emirates jura que realmente colocou uma mulher vestida de comissária de bordo no topo do Burj Khalifa para comemorar a reabertura nas viagens de e para o Reino Unido. Obviamente, não era uma comissária qualquer, e sim a experiente paraquedista e dublê Nicole Smith-Ludvik, que se vestiu com o clássico véu da Emirates, e foi levada ao topo do arranha-céu para ser a protagonista de cenas incríveis. A artista Smith-Ludvik disse em sua conta do Instagram que foi uma das “acrobacias mais incríveis e loucas que já fez”. Ninguém duvida disso.



OMS pede interrupção de aplicação de doses de reforço de vacina contra Covid

Foto: Reprodução l Agência Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está pedindo o adiamento, ou suspensão da aplicação da doses de reforço da vacina contra a Covid-19 até pelo menos final de setembro, disse o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta quarta-feira (04). A ideia é permitir que pelo menos 10% da população de cada país seja vacinada, disse Tedros. O apelo para interromper a distribuição de doses reforço da vacina é o mais forte já feito pela agência da ONU, à medida que a lacuna entre as taxas de imunização em países ricos e pobres aumenta. Os países mais ricos administraram cerca de 50 doses para cada 100 pessoas em maio, e esse número dobrou desde então, de acordo com a OMS. Os países de baixa renda só conseguiram administrar 1,5 dose para cada 100 pessoas, devido à falta de insumos.



Mundo vive 'situação perigosa' e se distancia do fim da pandemia, diz OMS

Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lança um alerta sobre a situação da pandemia da covid-19 no mundo e aponta para um aumento no número de novos casos de contaminação de 11,5% em apenas sete dias. "Estamos numa situação muito perigosa", disse Maria van Kerkhove, diretora técnica da OMS, nesta segunda-feira (19) em Genebra. "Ainda vemos aumento de mortes e casos", afirmou. Além do aumento da transmissão, os óbitos nos últimos sete dias tiveram uma expansão de 1% no mundo. Para ela, o vírus continua a manter o controle sobre sua disseminação. "Estamos nos distanciando do fim da pandemia", lamentou.



Em primeira aparição pública após cirurgia, Papa Francisco pede que fiéis aprendam a descansar

Foto: Reprodução

De volta após dez dias de internação, o papa Francisco convidou os fiéis no domingo (18) a reconhecerem a importância do descanso. "Vamos parar a correria frenética ditada por nossa agendas. Vamos aprender como fazer uma pausa, a desligar o celular, a contemplar a natureza, a regenerar-nos no diálogo com Deus", disse o pontífice na tradicional oração do Angelus, falando da janela do palácio apostólico aos fiéis na Praça de São Pedro. Segundo a agência Reuters, o líder religioso ainda rezou por Cuba, pela África do Sul e pelos países europeus afetados por chuvas sem precedentes na última semana. "Oro para que o Senhor ajude a nação [cubana] a construir uma sociedade cada vez mais justa e fraterna por meio da paz, do diálogo e da solidariedade", disse Francisco.



Seca tem potencial para ser nova 'pandemia' após Covid-19, alerta a ONU

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Organização das Nações Unidas (ONU) acredita que “a escassez de água pode ser a nova pandemia e não existe vacina para curá-la”, em referência à Covid-19. Um dado divulgado pela organização em novembro de 2020 aponta que os recursos de água doce disponíveis por pessoa baixaram mais de 20% em duas décadas. No Brasil, no ano passado, a Agência Nacional de Águas (ANA) declarou que grandes bacias com potencial hidrelétrico viviam “situação crítica de escassez de recursos hídricos”. No fim de maio, o governo federal emitiu pela primeira vez um alerta de "risco hídrico" e abriu caminho para que sejam tomadas medidas que evitem um racionamento de energia até outubro, período de poucas chuvas e de seca mais severa na região sudeste e centro-oeste. Em junho, a Agência declarou situação crítica de escassez dos recursos hídricos na Região Hidrográfica do Paraná, que abrange parte dos territórios de cinco estados (GO, MG, MS, PR e SP). Trata-se da maior seca no Brasil em quase um século. Projeções da ONU mostram que ao menos 130 países devem enfrentar maior risco de seca neste século.



EUA incluem Brasil em lista de países que vão receber doação da vacina anti-Covid

Foto: Reprodução l Adam Schultz

O governo dos Estados Unidos detalhou na quinta-feira (3) seu plano para a doação de 25 milhões de vacinas anti-Covid, a primeira parte de um lote de 80 milhões de injeções que será exportado até o fim de junho. Ao menos 19 milhões das doses serão alocadas pelo Covax, o consórcio da Organização Mundial da Saúde (OMS). Seis milhões delas serão doadas para países da América Latina, entre eles o Brasil. O Brasil, contudo, ficou de fora do rol de nações que receberão doações diretas de Washington neste primeiro momento. As 6 milhões de vacinas que não serão entregues ao Covax serão distribuídas de acordo com "prioridades regionais" e parcerias. Os recipientes incluem a Índia, o epicentro global da crise sanitária, México, Canadá, Coreia do Sul e os territórios palestinos ocupados da Cisjordânia e de Gaza, onde o grupo Hamas travou uma guerra com Israel no início do mês.



Governo chinês relata 1º caso humano de gripe aviária H10N3

Foto: Reprodução l Reuters

A governo chinês informou na terça-feira (1º) a descoberta do primeiro contágio humano no mundo do vírus H10N3 de gripe aviária, mas disse que o risco de grande propagação entre pessoas é baixo. As informações são do site G1. Um homem de 41 anos de Jiangsu, província no leste da China, foi confirmado como o primeiro caso humano de infecção pela linhagem H10N3, segundo a Comissão Nacional de Saúde chinesa (NHC). "O risco de uma propagação em grande escala é extremamente baixo", afirmou o NHC. O morador da cidade de Zhenjiang foi hospitalizado em 28 de abril, após desenvolver febre e outros sintomas, e foi diagnosticado com o vírus H10N3 em 28 de maio, disse a NHC em um comunicado. O paciente está estável e pronto para ter alta do hospital. O acompanhamento médico de seus contatos próximos não detectou nenhum outro caso. A entidade não deu detalhes de como o homem se infectou. A H10N3 é uma linhagem patogênica baixa (relativamente menos forte) do vírus em aves, e o risco de ela se disseminar em larga escala é muito baixo, acrescentou a NHC. A linhagem "não é um vírus muito comum", disse Filip Claes, especialista da FAO (braço da ONU para a Alimentação e a Agricultura). Ele é coordenador laboratorial regional do Centro de Emergência para Doenças Animais Transfronteiriças do Escritório Regional da FAO para a Ásia e o Pacífico. Cerca de 160 exemplares do vírus foram relatados em 40 anos, entre 1978 e 2018, a maioria em pássaros selvagens ou aves aquáticas da Ásia e de algumas partes limitadas da América do Norte, segundo Claes. Nenhum caso foi detectado em frangos até agora.



Governo americano decide apoiar a quebra de patentes para vacinas da Covid-19

Foto: Reprodução l Rede Social

O governo americano anunciou que vai  apoiar a suspensão de direitos de propriedade intelectual sobre as vacinas contra Covid-19. A ideia foi proposta por países como Índia e África do Sul na Organização Mundial do Comércio (OMC).que pode permitir a quebra de patente dos imunizantes. Com a quebra das patentes, a intenção é facilitar a transferência de tecnologia que poderá viabilizar a produção das vacinas em países que ainda enfrentam dificuldades no processo de imunização.



NASA está pronta para explorar o asteroide de ouro que poderia causar colapso na economia mundial

Foto: Reprodução

A missão da NASA que irá estudar o asteroide de ouro Psyche 16, cujo valor é milhares de vezes maior que a economia mundial, ingressou na última fase de operações. Segundo os responsáveis pelo projeto, a nave espacial e os equipamentos de bordo estão em fase de montagem e logo se submeterão às últimas provas, antes do lançamento, previsto para agosto de 2022. O Psyche 16 é formado por ouro, ferro e níquel, entre outros metais pesados, que valeria 700 quintilhões de dólares. Se fosse dividido igualmente entre todos os habitantes da Terra, cada um receberia 93 bilhões de dólares. Infelizmente, isso não resolveria a vida de ninguém, pois caso o asteroide fosse trazido para Terra, ele faria a economia mundial entrar em colapso. Como qualquer pessoa com conhecimentos básicos de economia sabe, um dos elementos para a definição dos preços é a escassez: se o mercado for inundado de ouro, o metal deixará de ser uma raridade para ser algo comum. A oferta aumenta, o preço cai. A NASA já planejou, desenhou e construiu o corpo da nave espacial que será usada na Missão Psyche. Além disso, a agência espacial também desenvolve seu sistema de propulsão solar elétrico, instrumentos científicos, computador de bordo e demais equipamentos que serão montados no Laboratório de Propulsão a Jato. Atualmente, a produção de ouro na Terra fica entre 2500 e 3000 toneladas por ano, uma quantidade ínfima se comparada ao que poderia ser produzido no espaço. Ainda falta muito tempo para o boom da mineração espacial, mas calcula-se que, em 2040, este mercado poderá atingir os 2,7 bilhões de dólares.



OMS recomenda vacina de Oxford para idosos e contra variantes da Covid-19

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou o uso da vacina de Oxford, desenvolvida pela Fiocruz, em parceria com a AstraZeneca, para imunizar contra a Covid-19 todos os adultos, inclusive idosos, de acordo com declaração do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas em Imunização (SAGE, na sigla em inglês), dada nesta quarta-feira (10). “Não há qualquer razão para não recomendar seu uso”, pontuou o órgão. Uma polêmica nascida na Alemanha espraiou para outros países europeus, que decidiram não utilizar a vacina em idosos, pois haveria poucos dados referentes à sua eficácia sobre este grupo. A Fiocruz, no Brasil, garante a capacidade de imunização sobre pessoas com mais de 65 anos. A OMS também reafirmou que a vacina deve continuar sendo usada em regiões onde há mutações do vírus, como África do Sul ou Brasil. No país africano, as autoridades entenderam melhor suspender o uso, pois entenderam que poderia não ter eficácia sobre a nova cepa.



Cinco morrem em incêndio em prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

Foto: Reprodução l AFP

Um incêndio atingiu um edifício do Instituto Serum, a empresa da Índia que produz vacinas com tecnologia da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, nesta quinta-feira (21), na cidade de Pune. Pelo menos cinco pessoas morreram. O estoque de vacinas e a indústria onde elas são feitas estão seguras, segundo o jornal "Times of India". Atualmente, o Instituto Serum produz cerca de 50 milhões de doses da vacina por mês em outras unidades do complexo. Cinco pessoas morreram no incêndio, segundo o "Times of India". O prefeito da cidade de Pune, Murlidhar Mohol, disse que os mortos são provavelmente trabalhadores de construção civil que estavam no prédio. O diretor-executivo da empresa, Adar Poonawalla, confirmou que houve mortes. A empresa também vai começar a produzir as vacinas desenvolvidas pela empresa norte-americana Novavax. Poonawalla afirmou que a unidade que pegou fogo produz vacinas para o rotavírus. Ele estima que a perda nessa linha de produção será de até 40% do volume de doses. As redes de TV indianas mostram uma coluna de fumaça cinza acima da sede da empresa. Em uma rede social, Poonawalla, o diretor-executivo, agradeceu a todos pela preocupação e pelas orações. Os bombeiros afirmaram que ao menos cinco caminhões foram enviados para combater o fogo no prédio e que o incêndio foi controlado. Ainda não se sabe o que causou o incêndio, mas o prefeito disse que o fogo pode ter começado com um trabalho de soldagem.



EUA: Congresso confirma vitória de Biden após plenário ser invadido por apoiadores de Trump

Foto: Reprodução l Rede Social

O Congresso dos Estados Unidos da América (EUA) confirmou a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro em uma sessão que adentrou a madrugada desta quinta-feira (7), após a sede do Legislativo americano ter sido invadida por extremistas insuflados pelo presidente Donald Trump. A sessão, que ocorre duas semanas antes da cerimônia de posse de Biden, foi marcada pela violência dos apoiadores de Trump e pelas tentativas fracassadas de legisladores republicanos de invalidar os votos de estados vencidos pelos democratas. A sessão foi presidida pelo vice-presidente Mike Pence (nos EUA, o vice-presidente ocupa também a função de presidente do Senado). Mais cedo, na quarta-feira (6), Pence havia rejeitado os pedidos de Trump para invalidar a votação do Colégio Eleitoral - o presidente insiste nas falsas alegações de que as eleições de 3 de novembro foram fraudadas.



Uso emergencial da Sputnik V e da vacina da Pfizer é autorizado na Argentina

Foto: Reprodução

A Administração Nacional de Medicamentos, Alimentos e Tecnologia Médica da Argentina (Anmat), agência reguladora de medicamentos da Argentina, autorizou o registro de uso emergencial da vacina da Pfizer contra a Covid-19 e da Sputnik V, imunizante produzido pela Rússia. A entidade de saúde indicou que esta vacina atende a “uma relação risco-benefício aceitável”, o que permitiu a concessão do registro. A autorização foi concedida pelo prazo de um ano e estará na condição de “venda sob prescrição”. A Argentina é o primeiro país latino-americano a registrar oficialmente a vacina Sputnik V para uso em seu território. O país já contabilizou 1.555.279 casos de Covid-19 e 42.254 mortes pelo vírus.



Comissão da ONU retira maconha da lista de drogas consideradas mais perigosas

Foto: Reprodução l Pixabay

A Comissão de Drogas Narcóticas da Nações Unidas, ligado à Organização Mundial de Saúde (OMS), aprovou nesta quarta-feira (2) a retirada da cannabis, popularmente conhecida como maconha, da lista de drogas consideradas mais perigosas. A reclassificação, contudo, não dispensa a necessidade de políticas para o controle do uso da planta, que agora está no mesmo patamar da morfina. Antes, a cannabis estava ao lado de outras substâncias "suscetíveis a abusos e à produção de efeitos danosos" e "sem capacidade de produzir vantagens terapêuticas". A cada dia cresce o número de países que flexibilizam as leis sobre o uso de maconha. Recentemente, Uruguai, Canadá e alguns estados dos EUA, como a Geórgia, extinguiram as punições para os usuários ou legalizaram completamente o uso. O México, um dos países que mais sofrem com o avanço do narcotráfico, aprovou no Senado o texto da legalização da maconha no mês passado, tanto para o uso medicinal quanto recreativo.