ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Jovem de 20 anos é presa transportando 26Kg de Maconha

Polícia Federal combate organização criminosa que praticava assaltos a bancos e carro forte

Mulheres vivem quase 10 anos a mais que homens na Bahia, aponta IBGE

Barreiras: Carga de madeira sem documentação é apreendida

Brumado: Município registra 10 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Governo do Estado anuncia licitação para gestão de presídio de Brumado

Brumado: Promotoria de Justiça acompanha atividades da Secretaria de Educação

25 de novembro: Dia Internacional da não violência contra a mulher

Novo vírus letal surgido na Bolívia pode ser confundido com a dengue

Governo libera R$ 409 milhões para projetos de tecnologias da internet

Major Leila é nomeada comandante da 2ª CIPRv de Brumado

Casal é preso por estuprar as filhas em Itaberaba

Brumado: 237 pacientes estão em tratamento do novo coronavírus

Quadro de especialistas da Clínica Mais Vida é ampliado passando a oferecer mais um cardiologista e ecografista

Partido pede expulsão de vereador eleito por infidelidade partidária

Apresentador Fernando Vannucci morre aos 69 anos

Abrace essa Causa: ‘Projeto O Bom Samaritano’ ajudando quem mais precisa em Brumado

Polícia Civil deflagra operação contra homens e um adolescente que estupraram uma criança de 10 anos em Carinhanha

Nota Fiscal Eletrônica já está presente em 417 municípios da Bahia; já são 70 mil emissores

Auxílio Emergencial: 'Não haverá prorrogação', afirma ministro da economia



BUSCA PELA CATEGORIA "Mundo"

Portugal: Brasileiro é acusado de matar a própria mãe usando faca de cozinha

Foto: Ilustrativa

Um brasileiro de 23 anos é acusado de matar a facadas a própria mãe na casa em que eles moravam nos arredores de Lisboa. Ele não resistiu à prisão. O marido da mulher a encontrou caída no chão da cozinha, já sem vida. Ele chamou socorro e acionou a polícia. O corpo apresentava várias marcas defensivas que mostravam que a mulher provavelmente tentou se defender. O crime teria sido cometido com faca de cozinha. O marido da vítima, que é ex-bispo de uma igreja, agradeceu ao apoio que vem recebendo e anunciou que fará uma live em breve para falar sobre o ocorrido.



Vacina russa é segura e induz resposta imune, aponta 1º estudo

Foto: Reprodução

O primeiro estudo referente a vacina russa contra a covid-19, chamada de Sputnik V, foi publicado nesta sexta-feira (4), pela revista científica Lancet. De acordo com a pesquisa, que apresenta resultados referente às fases 1 e 2, o imunizante parece seguro, e não causa efeitos adversos importantes, além da capacidade de induzir a resposta imune (produção de anticorpos) no organismo dos voluntários. Por outro lado, pesquisadores alertam que uma vacina desenvolvida de maneira precipitada pode ser perigosa, uma vez que a fase final dos testes (3), que normalmente dura meses e envolve milhares de voluntários, começou apenas recentemente. Os autores da pesquisa, porém, fazem uma ressalva. Não houve grupo de controle, aquele que recebe uma substância inativa, o placebo. Com isso, não foi possível comparar os efeitos da vacina russa em quem a recebeu com os que não a receberam, o que é considerado pelos pesquisadores como uma limitação do estudo.



Russos querem usar Brasil e outros 3 países como base para a produção da Sputnik V

Foto: Reprodução

Os responsáveis pelo desenvolvimento da vacina russa Sputnik V, contra o novo coronavírus, pretendem usar o Brasil e outros três países -- Índia, Coreia do Sul e Cuba- como um "hub" para a produção e a exportação da nova imunização. Em entrevista coletiva virtual com jornalistas do mundo inteiro nesta quinta-feira (20), os pesquisadores e o representantes do Fundo de Investimento Direto da Rússia também anunciaram que a testagem clínica da nova vacina em 40 mil voluntários vai ter início na próxima semana. Questionado sobre a capacidade de produção da vacina para atender a demanda, Kirill Dmitriev, diretor-presidente do Fundo de Investimentos Diretos da Rússia, respondeu que a solução será recorrer a países estrangeiros. "Nós estamos vendo que o fator-chave é a produção da vacina em outros países. E vou aqui destacar Índia, Brasil, Coreia do Sul e Cuba. Eles têm potencial para produzir a vacina e servir de hub, de base, para a produção", disse o diretor. Dmitriev também afirmou que os responsáveis pela vacina já possuem os resultados dos testes clínicos das fases 1 e 2, mas que esses dados só serão compartilhados com os países "parceiros". Os pesquisadores russos também adiantaram que pretendem fazer alguns testes clínicos fora de seu país, como na Arábia Saudita e "talvez" no Brasil. No entanto, não ficou claro se esses testes fariam parte da aplicação da vacina nos 40 mil voluntários.



Recuperação econômica global pode ser mais rápida com vacina. diz OMS

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A recuperação econômica em todo o mundo pode vir mais rápido se uma vacina contra a covid-19 for disponibilizada a todos como um bem público, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, na quinta-feira (6). “O compartilhamento de vacinas ou o compartilhamento de outras ferramentas efetivamente ajuda o mundo a se recuperar junto. A recuperação econômica pode ser mais rápida e os danos da covid-19 podem ser menores”, disse Tedros, que participou de um painel de discussão online com membros do Fórum Aspen Security, dos Estados Unidos, moderado pela rede NBC. “O nacionalismo com vacinas não é bom, não vai nos ajudar”, acrescentou Tedros, em alusão à disputa competitiva entre diversas nações e seus laboratórios para criar uma vacina eficaz e pedir o máximo de doses possível com antecedência. Na segunda-feira (3), Tedros disse que o coronavírus é a maior emergência de saúde desde o início do século 20, e que a corrida internacional por uma vacina também é “sem precedentes”. “Precisamos aproveitar este momento para nos juntarmos em unidade nacional e solidariedade global para controlar a covid-19”, afirmou ele no fórum. “Nenhum país estará seguro até todos estarmos seguros.” O diretor de Emergências da OMS, Michael Ryan, questionado sobre a proposta da vacina russa, disse ao painel que são necessários dados de estudo para garantir que os produtos sejam seguros e eficazes. 



Número de mortos em explosão no Líbano passa de 100; equipes buscam desaparecidos

Foto: Divulgação

A Cruz Vermelha libanesa informou nesta quarta-feira (5) que passa de 100 o número de mortos na enorme explosão que atingiu a área portuária de Beirute, capital do Líbano. Equipes de resgate buscam agora por desaparecidos, estimados em 100. Mais de 4 mil pessoas ficaram feridas na tragédia. Agências de notícias internacionais informam que ainda há fumaça saindo do local da explosão nesta quarta. Imagens de drones mostram que a explosão atingiu silos de trigo que ficavam no porto. Estima-se que cerca de 85% dos grãos do país, que são majoritariamente importados, estavam alocado nos armazéns que foram destruídos. As principais ruas do centro da cidade amanheceram cheias de escombros, com as fachadas dos edifícios destruídas e veículos danificados. A suspeita das autoridades é que a explosão tenha ocorrido em um armazém que guardava nitrato de amônio, um tipo de fertilizante, com grande potencial explosivo quando submetido a altas temperaturas. Apesar de o país já ter sido alvo de terroristas e viver período de instabilidade política, não há evidência de que se trate de um atentado terrorista.



Beirute: Explosão em armazém causa destruição no Líbano

Foto: Reprodução

A cidade de Beirute, capital do Líbano, foi atingida por uma grande explosão na tarde de terça-feira (4). Vários vídeos do incidente foram compartilhados nas redes sociais por internautas. De acordo com a agência de notícias estatal NNA, a origem da explosão foi de um armazém de fogos de artifícios. Diversos armazéns ficam localizados na região onde ocorreu a explosão. O número de mortos ocasionadas pela explosão chega a 50, e mais de 2.700 pessoas ficaram feridos.



Número de infectados por coronavírus no mundo é superior a 9 milhões

Foto: Divulgação

O número total de infectados pelo novo coronavírus no mundo superou a marca de nove milhões. De acordo com o painel da universidade norte-americana  Jhons Hopinks, 9.003.042 pessoas já testaram positivo para a Covid-19 até o início da tarde desta segunda-feira (22). O número global de óbitos é de 469.122. Os dados da universidade revelam ainda que mais de 4,4 milhões de pessoas são consideradas recuperadas da doença. Nas três categorias, sendo número de casos, de óbitos e de recuperados, os Estados Unidos e o Brasil ocupam o primeiro e segundo lugar no ranking mundial, respectivamente. Os EUA totalizam 2.289.168 casos registrados, com 120.044 mortes e 622.133 recuperados. O Brasil, por sua vez, registra 1.083.341 casos positivos, 50.591 óbitos e 588.338 recuperados. 



Novo coronavírus já pode ser classificado como pandemia, diz OMS

Foto: Reprodução l Getty Images

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou no início da tarde desta quarta-feira (11) que a proliferação do novo coronavírus já atingiu o patamar de pandemia, em um reconhecimento de que as estratégias até aqui adotadas para conter a expansão da doença não foram suficientes. Essa classificação sinaliza que transmissões recorrentes estão acontecendo em distintas partes do mundo e de forma simultânea. De acordo com a OMS, o número de casos, mortes e países afetados deve subir nos próximos dias e semanas. Nas últimas duas semanas, o número de casos fora da China aumentou 13 vezes e o número de países afetados triplicou. De acordo com o mais recente balanço do órgão, há mais de 118 mil casos em 114 países e 4.291 pessoas morreram. "A descrição da situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS sobre a ameaça representada por esse vírus. Isso não muda o que a OMS está fazendo, nem o que os países devem fazer", afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, o diretor-geral da entidade. Na prática, contudo, ao anunciar uma pandemia, a organização sinaliza que os governos devem trabalhar não mais para apenas conter um caso, mas para atender parcelas mais amplas de suas populações.



Base militar dos EUA no Iraque é alvo de bombardeio iraniano

Foto: Reprodução l Twitter

Mísseis iranianos foram disparados na terça-feira (7) contra bases norte-americanas no Iraque, segundo informações da TV Globo. Um dos alvos atingidos está a base de Al-Asad, no oeste do Iraque. O local é utilizado de forma conjunta entre iraquianos e americanos. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas. Segundo o G1, o Irã lançou "dezenas" de mísseis contra a base. A ação teria sido denominada “Mártir Soleimani”, em referência à morte do general Qasem Suleimani, em Bagdá. Ele foi morto após uma ação autorizada pelo presidente norte-americano Donald Trump, na última semana. O militar era comandante da Força Quds, braço de elite da Guarda Revolucionária do Irã responsável por conduzir operações militares secretas no exterior. Ele era considerado o número dois na hierarquia do Irã, atrás apenas do líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei. Após a ação que culminou com o falecimento do general, lideranças iranianas prometeram uma “severa vingança” contra os Estados Unidos. De acordo com a Folha de S. Paulo, a porta-voz da Casa Branca, Stephanie Grisham, informou que o presidente Donald Trump está a par do ocorrido e monitorando a situação junto a especialistas de segurança do governo.



Homem se afoga após pedido de casamento debaixo d'água

Foto: Reprodução l Rede Social

Um homem americano se afogou após pedir sua namorada em casamento debaixo d'água, na Tanzânia. Steven Weber e sua namorada, Kenesha Antoine, estavam em uma cabana submersa no Manta Resort, perto da ilha de Pemba. As imagens mostram Weber mergulhando para pedir Antoine em casamento. No vídeo, Weber segura um bilhete contra a janela de vidro da cabine, enquanto Antoine observa por dentro. Weber e Antoine haviam reservado quatro noites na cabine subaquática do resort, a cerca de 250 m da costa. A cabine fica dentro da água, a cerca de 10 m de profundidade. No terceiro dia de sua estadia, Weber, que é de Baton Rouge, Louisiana, nos Estados Unidos, mergulhou na água para fazer o pedido. Usando óculos e nadadeiras, ele segurou um bilhete contra a janela de vidro da cabine, enquanto Antoine observava por dentro. O bilhete dizia: "Não consigo segurar o fôlego o suficiente para contar tudo o que amo em você. Mas... tudo o que amo em você, amo mais todos os dias!" 

 

Foto: Reprodução l Rede Social

Mais adiante no vídeo, Weber vira a folha de papel para revelar o pedido, tira um anel de noivado do short e sai nadando. Em seu post no Facebook, a namorada disse que Weber "nunca soube qual seria sua resposta", que teria sido "um milhão de vezes, sim". "Não conseguimos nos abraçar e celebrar o início do resto de nossas vidas juntos, pois o melhor dia de nossas vidas se tornou o pior, na reviravolta mais cruel do destino que se possa imaginar", escreveu ela. "Tentarei me consolar com o fato de termos desfrutado de uma experiência incrível, e de que nós dois estávamos tão felizes e absolutamente emocionados nos nossos momentos finais juntos." 



Aplicativo que envelhece ameaça a privacidade; dizem especialistas de segurança

Foto: Reprodução

O aplicativo FaceApp se tornou a grande sensação do momento, levando milhões de pessoas por todo o mundo a usarem a tecnologia de reconhecimento facial para mostrarem aos seus amigos como seriam se fossem mais velhos ou mais novos. Porém, também têm surgido vários avisos e suspeitas de roubo de dados privados através da FaceApp, notícias que foram recebidas com alguma apreensão dado que o aplicativo lidera as tabelas do Google Play e da App Store. Estas preocupações não são de agora e já duram desde 2017, quando o FaceApp também fez sucesso com outro filtro de imagem. Segundo a ABC Austrália, o app foi criada por developers russos entre os quais Yaroslav Goncharov, que em 2017 contou que o app fazia uso de “redes neurais para modificar qualquer fotografia ao mesmo tempo que a mantinha fotorrealista”. Apesar de ser bem-sucedida naquilo que se propõe a fazer, o FaceApp se tornou o alvo de especialistas em privacidade que apontaram que o aplicativo “pedia mais direitos daquilo que precisava para oferecer o serviço”. “A resposta curta: não usem”, afirmou o presidente da Fundação de Privacidade da Austrália, David Vaile. “É impossível dizer o que acontece quando carrega [uma fotografia] e isso é um problema. Eles dizem que permite o envio para qualquer lugar e para quem queira, desde que haja uma ligação podem fazer muita coisa”. O FaceApp alcançou novamente o status de viral do momento mas, dado que voltou a levantar questões sobre privacidade, é natural que volte a ser visto com desconfiança.



Nasa anuncia duas missões para estudar o Sol e sua influência no espaço

Foto: Divulgação l Nasa l SDO

A agência espacial dos Estados Unidos (Nasa) anunciou duas novas missões para estudar o Sol do nosso sistema solar. O objetivo é aumentar o conhecimento sobre ele e seus "efeitos dinâmicos no espaço" ao seu redor. A Nasa divulgou nota afirmando que uma das missões vai estudar como o Sol exerce influência sobre partículas e energia no sistema solar. A outra pesquisa vai estudar a reação da Terra. "O Sol gera uma vasta efusão de partículas solares conhecidas como vento solar, o que pode criar um sistema dinâmico de radiação no espaço chamado de 'clima espacial'", explicou a agência segundo o G1. O motivo dado pela Nasa, é da necessidade de melhorar os conhecimentos sobre o "clima espacial" e sua interação com a Terra e a Lua para poder minimizar seus eventuais efeitos negativos. A eficácia do programa espacial Ártemis, por exemplo, que pretende enviar uma missão tripulada à Lua, depende desse tipo de descoberta. Nasa estima que próxima missão tripulada na Lua custará US$ 30 bi. A primeira missão das duas anunciadas, chamada "Polarimeter to Unify the Corona and Heliosphere" (PUNCH), vai se concentrar na atmosfera que está ao redor do Sol, a "corona", e estudar a forma como produz o vento solar. Ela vai analisar as emissões que saem da massa solar, como erupções que podem ter algum impacto na Terra. 



Robôs de investimentos já controlam mais de US$ 200 bilhões

Foto: Divulgação

O número de ativos financeiros administrados por robôs mundialmente ficou em US$ 222 bilhões em 2017, mais que o dobro do valor registrado no ano anterior. Isso só pode significar uma coisa: cada vez mais, as pessoas confiam em algoritmos para definir o que fazer com seus próprios patrimônios. Dentro desta tendência, o Brasil já apresenta iniciativas para participar da revolução tecnológica. O investidor já consegue operar com quantos robôs quiser sem pagar corretagem, cobrada pela maioria das corretoras para arcar com os custos operacionais. Isso permite lucrar com as melhores estratégias matemáticas sem grandes perdas relacionadas a esta taxa.

 



Após traição, mulher dirige com o marido pelado no teto de carro

Foto: Reprodução

Tem cenas do cotidiano das ruas pelo mundo que você já está acostumado. Mas algumas punições podem chegar ao cúmulo do absurdo em alguns países, como é o caso de uma mulher da Colômbia que decidiu punir o marido por traição fazendo de uma forma inusitada. Ela dirigiu por ruas e avenidas com o marido pelado no teto do carro na cidade de Barranquilla na Colômbia. Segundo a mulher, Jairo Vargas concordou em ser “humilhado” dessa forma por ela afim de salvar o casamento Inicialmente, Jairo conseguiu esconder o rosto com uma toalha, mas, no meio do trajeto, ela caiu e o colombiano perdeu o “anonimato”. O caso provocou grande agitação nas vias públicas. Em seguida a polícia apreendeu o marido e a mulher.



Venezuela: Preço de um ovo equivale ao de 93,3 milhões de litros de gasolina

Foto: Reprodução l Getty Images

Enquanto os motoristas no Brasil convivem com preços próximos de R$ 5 no litro da gasolina, na Venezuela, um ovo compra 93,3 milhões de litros do combustível, segundo informações do portal Uol. No entanto, nem tudo são flores: o pais enfrenta constantes ciclos de escassez. De acordo com o site, o último ciclo de falta de gasolina teve início na última semana, em meio à crise que o país vive. Uma pessoa chega a ficar dias na fila para conseguir encher um galão do combustível. Apesar da escassez, no entanto, a hiperinflação e o congelamento dos preços faz a gasolina ser extremamente barata. Um ovo no mercado custa 933 bolívares, enquanto no posto um litro de gasolina custa custa 0,00001 bolívares.



Pai prende filha de 3 anos em cadeirinha, joga gasolina e queima criança viva

Foto: Reprodução

Na terça-feira (7), em Nova York, no Estados Unidos, um homem predeu a filha de 3 anos na cadeirinha e, em seguida ateou fogo no carro com a criança dentro do veículo. Segundo o site Varela Notícias, o crime chocou os país por tamanho ato de crueldade. A polícia afirmou que Martin Pereira estava em uma disputa judicial com a ex-mulher pela guarda de Zoey Pereira. A menina chegou a ser socorrida, mas não resistiu às queimaduras. A morte foi confirmada no hospital. Testemunhas contaram que o homem jogou a gasolina e colocou um vasilhame com mais líquido inflamável no banco de trás, onde estava a menina. A polícia ainda investiga se ele também tentou se matar. Porque uma das testemunhas viu o suspeito sair em chamas do carro e o ajudou com um cobertor. Nesta hora, os bombeiros chegaram mas suspeito conseguiu fugir. Ele foi encontrado em um parque só de cuecas tentando encontrar água para diminuir a dor. Em seguida, também foi encaminhado ao hospital. Segundo o New York Post, o homem foi preso e está sob custódia da polícia enquanto se recupera.



Novidade: Hospital americano usa drone para transportar órgão para transplante

Foto: Divulgação

Pela primeira vez, um drone foi usado para o transporte de órgãos para transplante. O feito aconteceu em Baltimore, nos EUA, e levou um rim para uma mulher que aguardava o transplante há oito anos. O voo inicial foi à uma distância de apenas 5 km, mas tem importância significativa para uma possível melhora no tempo de transporte para transplantes, que precisam de rapidez por causa da delicadeza do procedimento. O hospital já havia testado drones para transportar amostras de sangue e outros materiais, e foi um grande passo. Hoje a logística de transporte é muitas vezes a parte mais complicada do processo de transplante de órgãos, já que envolve muitas vezes voos fretados caros ou depende dos horários de voos comerciais. Para o projeto, os pesquisadores desenvolveram seu próprio drone e também uma tecnologia de monitoramento do órgão. Os parâmetros do dispositivo eram enviados diretamente para o celular da equipe de transplante, a fim de entender melhor a localização e o status do órgão. Segundo a Universidade de Maryland, a paciente de 44 anos, recebeu alta e passa bem depois do transplante.



Crise: Venezuelanos vasculham lixão em busca de comida

Foto: Reprodução l G1

Em uma tentativa de sobreviver após fugir da crise na Venezuela, venezuelanos encontraram no lixão da cidade fronteiriça de Pacaraima, em Roraima, sua única fonte de subsistência. Enfiados entre os dejetos da cidade, os imigrantes ficam da manhã à tarde em busca daquilo que possam aproveitar. Recolhem metais, papelões e comida. Eles dizem que não conseguem outro trabalho porque a cidade está cheia de venezuelanos carentes, enquanto outros cometem crimes e “por um todos pagam”. “Buscamos tudo o que possamos vender para conseguir algum dinheiro. Se achamos alimentos que não estão podres, comemos”, descreve Miguel Arteaga, de 48 anos, ao G1. “Moramos os três de favor em uma casa”. O número de venezuelanos que fogem para o Brasil aumentou em meio a manifestações e confrontos no vizinho sul-americano desde a última terça-feira (30). O presidente autoproclamado Juan Guaidó, que preside a Assembleia Nacional, anunciou ter apoio de militares e convocou o povo às ruas um dia antes do 1º de Maio para derrubar o regime de Nicolás Maduro. O chavista, no entanto, afirma que os oposicionistas "fracassarão". Só na terça-feira (30), 848 imigrantes passaram pelo posto de triagem na cidade fronteiriça de Pacaraima. Segundo a operação Acolhida, que controla o fluxo migratório, o movimento foi considerado “atípico” se comparado a média diária de 450. Segundo a ONU, 3,4 milhões de venezuelanos saíram do país desde 2014 quando se agravou a grave crise política e econômica no país. Cerca de 96 mil buscaram refúgio no Brasil, conforme levantamento da Organização Internacional para Migrações (OIM).



Nova Zelândia: Ataques a duas mesquitas deixam mais de 40 de mortos

Foto: Reprodução l Mark Baker/AP

Ataques a tiros simultâneos contra duas mesquitas na cidade de Christchurch, na ilha sul da Nova Zelândia, deixaram 49 mortos e 48 feridos nesta sexta-feira (15). Os alvos dos ataques foram as mesquitas de Masjid Al Noor, ao lado do Parque Hagley, e de Linwood, que estava lotada com mais de 300 pessoas, reunidas para as tradicionais orações do meio-dia de sexta-feira. Os detidos são três homens (um deles seria australiano) e uma mulher. Segundo o G1, a polícia local informou, porém, que não está descartada a hipótese de que outros criminosos estejam envolvidos e foragidos. Nenhum dos suspeitos sob custódia estava em listas de observação da polícia. Dos 49 mortos, 48 morreram no local e apenas um chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. Entre os feridos, há crianças e adultos. O governo informou que 12 dos feridos estão em estado grave e precisaram passar por cirurgias. A dinâmica dos atiradores ainda não está clara. Porém, o primeiro relato de ataque foi na mesquita de Al Noor, na região central da cidade. Um homem com um rifle automático invadiu o prédio 10 minutos após o início das orações, que começaram às 13h30 desta sexta-feira (por volta das 22h30 no horário de Brasília). Quarenta e uma pessoas morreram no local. Com uma câmera instalada em um capacete, o criminoso conseguiu transmitir o massacre, ao vivo, pelo Facebook. O vídeo mostra que ele atirou indiscriminadamente contra homens, mulheres e crianças enquanto caminhava. Conforme o G1, depois dos ataques, os policiais também esvaziaram a Cathedral Square, onde um grupo de estudantes realizava uma manifestação pedindo ações contra o aquecimento global. As pessoas que moram e trabalham na região foram orientadas a permanecer dentro dos prédios e não circular pelas ruas. Todas as escolas de Christchurch foram fechadas, e os pais de cerca de 750 alunos, entre crianças e adolescentes, receberam mensagens avisando que seus filhos estavam em segurança. Várias estradas da cidade foram fechadas e seguem em monitoramento. A polícia orientou para que todas as mesquitas do país fechassem suas portas até novo aviso.



Funerárias processam pastor por simular ressurreição em culto África do Sul

Foto: Reprodução l Vídeo

Um vídeo viralizou na internet esta semana. Em uma cena inusitada, um pastor identicado como Alph Lukau aparece gritando “levante-se” para um homem deitado em um caixão e, em seguida, ele se ergue e é celebrado por fiéis. Entretanto, as três empresas funerárias que realizaram a cerimônia afirmaram que foram manipuladas a se envolverem na farsa organizada do lado de fora da igreja de Lukau, próximo a Joanesburgo, África do Sul. As empresas dizem ter sido enganadas agora estão tomando medidas legais por danos à sua reputação. Segundo o site sul-africano “Sowetan”, a igreja do pastor recuou em sua alegação de ter realizado uma ressurreição, dizendo que o “morto” já estava “vivo” quando foi levado ao local. O pastor havia apenas “completado um milagre que Deus já havia realizado”. No ano passado, outro pastor sul-africano foi considerado culpado de agressão por ter pulverizado um inseticida doméstico sobre fiéis alegando que isso poderia curar câncer e infecção pelo vírus HIV.