ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Palmeiras vence Flamengo na prorrogação e conquista 3º título da Libertadores

Brumado: Calçamento cede e caminhão fica com a roda presa no buraco no bairro Baraúnas

Caetité: Município volta registrar morte por Covid-19; uma mulher de 78 anos

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Brumado: SESOC discuti criação o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

'Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown', diz Presidente

27 de Novembro - Dia Nacional de Combate ao Câncer alerta para a prevenção da doença

Caculé: Família procura por advogado de 47 anos que está desaparecido

Suspeito de estuprar mulher após simular sessão espiritual é preso na Bahia

PMs são acusados de extorquir R$ 200 mil de família de ciganos

Criado em 1979, Tiro de Guerra de Brumado completa 42 anos

Brumado: Mais bancários, menos filas; Sindicato denuncia demissões nas agências bancárias do Sudoeste

Sem considerar pandemia, expectativa de vida do brasileiro sobe para 76,8 anos

Episódio #004 Tema Livre Podcast está imperdível com o radialista Kaká.

Sindicato dos bancários garante mais uma reintegração no Bradesco

Brumado: Blitz educativa da SMTT orienta condutores sobre o uso do cinto de segurança e 'jugular' no capacete

Colaboradores da Maxxnet doam sangue no Hemoba de Brumado

Brumado: Inadimplentes podem procurar agência dos Correios para o 'Feirão Limpa Nome'

Pai é preso por dever R$ 14 mil de pensão alimentícia na Bahia

Especialistas sugerem fiscalização extra nas urnas eletrônicas para combater fake news


Secretária de Educação diz que denúncia da farofa e da água no Caic foi um mal entendido

A secretária Acácia Gondim disse que tudo não passou de um mal entendido (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

A denúncia feita por uma mãe de um aluno da creche do Caic, na qual ela disse que o seu filho tinha sido vítima de um mal estar por ter comido farofa de fígado por dois dias seguidos acabou repercutindo na comunidade escolar e visando esclarecer a questão, a reportagem do 97NEWS falou na tarde desta terça-feira (29) com a secretária de Educação, Acácia Ribeiro que explicou a sua versão do fato. Segundo ela tudo não passou de um mal entendido, já que, primeiramente, a farofa não é servida sozinha e sempre vem como acompanhamento das refeições e que todos os dias é oferecida uma farofa diferente (ovo, carne, couve, cenoura, fígado, etc). Ela também disse que falou com a diretora do Caic que negou as afirmações da mãe do aluno. “Não há falta de recursos para a compra do material, graças a Deus existe até fartura, pois o nosso planejamento se mostrou muito eficaz, além do que temos acompanhamento de nutricionistas, então, podemos garantir que os alunos não saíram da escola mais cedo por falta de merenda”. Sobre a questão da denúncia da má qualidade da água oferecida aos alunos, ela respondeu que “posso afirmar que o nosso poço está desativado há 4 meses, pois houve um problema que até agora não pode ser solucionado, então, a água servida é a da Embasa, que todos sabem que é de ótima qualidade” e complementou relatando que “quando o poço estava funcionando a água só era destinada à limpeza e aos banheiros, nunca para fazer comida ou ser consumida in natura pelos alunos”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário