ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Nova doença pode gerar pandemia mais letal que Covid-19, alerta especialista

Bahia: Pelo menos dez cidades devem receber vacinas contra Covid-19 nesta segunda

Vacinação contra Covid-19 na Bahia deve durar 16 meses, estima Fábio Vilas-Boas

Profissionais de saúde compõem grupo da 1ª fase de vacinação contra Covid-19 em Brumado, diz secretário

Cidemar vence Covid-19 e tem reencontro emocionante com a família; vídeo

Após veículo capotar duas vezes, família sobrevive a acidente na BR-030 entre Brumado e Ibitira

Sede do Graer abrigará vacinas na Bahia; distribuição será feita com aeronaves

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Enfermeira de São Paulo é 1ª vacinada contra Covid-19 no Brasil

Pax Nacional sempre ao seu lado

Mais da metade dos inscritos falta ao 1º dia do Enem em meio à pandemia

Super promoção da Loja Império 10: duas peças por somente R$ 15

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Bahia: Roças com 120 mil pés de maconha são descobertas em Curaçá

Empresa brumadense vai investir R$ 8 milhões na cidade e gerar novos empregos

Embasa descobre novas ligações clandestinas no distrito de Lagoa Funda, em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Sesab afirma que está preparada para vacinar 5,08 milhões de pessoas na Bahia


OAB-BA divulga nota sobre pagamento de salários de servidores da Justiça

O presidente da OAB Bahia, advogado Luiz Viana (Foto: Reprodução)

Nesta terça-feira (29), a OAB da Bahia divulgou uma nota de preocupação referente à notícia de que o TJ/BA não irá pagar em dia os salários de dezembro dos servidores. Na nota, a Ordem dos Advogados do Brasil reitera a crise vivida pelo Judiciário baiano e cita as principais consequências da maior dificuldade enfrentada pelo órgão dos últimos 30 anos. 

Além disso, a OAB se dispõe a colaborar com a solução da crise do Poder Judiciário, bem como ajudando na elaboração de um plano de reestruturação. Confira a nota na íntegra:
 
Nota de Preocupação
 
A Ordem dos Advogados do Brasil Seção Bahia vem a público manifestar preocupação a respeito da notícia de que o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ/BA) não pagará em dia os salários dos servidores referentes ao mês de dezembro de 2015.
 

Reiteramos que é urgente que a atual crise do Judiciário baiano, a maior dos últimos 30 anos, seja reconhecida como uma questão de Estado, com graves consequências para a cidadania, a ser debelada não apenas pelo Tribunal de Justiça, mas por um fórum conjunto, composto pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, com a participação das entidades da sociedade civil organizada que os Três Poderes julgarem convenientes.
 

A OAB da Bahia coloca-se à disposição para colaborar no que for possível para a solução da crise do Poder Judiciário no estado, ajudando na elaboração de um plano de reestruturação sustentável do Judiciário baiano e unindo esforços na construção de uma Justiça que seja digna da Bahia.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário