ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Em reunião com Bolsonaro, prefeitos baianos exigem compensação de R$ 73 bilhões

Distrito Federal registra primeiro caso de raiva humana desde 1978

Brumado: Presidente da Câmara diz que foi ameaçada após liberar tribuna para deputado

Acusados de feminicídio podem ser obrigados a pagar despesas do INSS

Vila Nova vence Magnesita e leva o título do Campeonato Brumadense 2022

Cresce desinteresse do eleitor brasileiro pelo voto, aponta pesquisa

Psicólogo da Clínica Mais Vida fala sobre o sentido da vida segundo Viktor Frankl

Amado Batista leva multidão em show no São Pedro de Guajeru

Avião cai e assusta moradores na Chapada Diamantina

Sessão ordinária desta segunda-feira (4/07) tem aprovação de textos importantes à comunidade brumadense

Jovem de 16 anos é morto a tiros dentro da rodoviária de Vitória da Conquista

Humorista do SBT faz piada de criança com hidrocefalia e é demitido da emissora

Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

Preço do botijão de cozinha nas refinarias aumentou mais de 600% entre 2002 e 2021

Caminhão desgovernado tomba em frente a rodoviária da região e deixa motorista ferido

Tanhaçu: Homem de 38 anos morre após levar choque em freezer

Casos de Covid sobe e Brumado volta a registrar óbito por conta da doença

Guanambi: Retorno das aulas na rede municipal é adiado por causa de casos de Covid-19

PM mata irmã após discussão e é presa pelo próprio marido no RJ

Casos de varíola dos macacos chegam a 76 em todo o país, diz Ministério da Saúde


Mobilização Permanente dos prefeitos começa hoje

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) promove na terça e quarta-feira, 28 e 29 de outubro, mais uma Mobilização Permanente. Nesta semana, as bandeiras são o aumento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a prorrogação do prazo para o cumprimento da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) e um novo critério de reajuste do piso dos professores.

 

Os gestores municipais devem se mobilizar para que essas propostas sejam encaminhadas tanto na Câmara quanto no Senado. A primeira sessão no Plenário da Câmara está marcada para às 16 horas do dia 28, mas a pauta ainda não está definida. Os líderes partidários devem se reunir para decidir o que entra em votação.

 

O presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB – RN), havia antecipado algumas proposições que devem ser listadas. A elevação do FPM está entre elas. Atualmente, a pauta do Plenário da Câmara está trancada pelo Projeto de Lei (PL) 7.735/2014, que fixa novas regras para pesquisa e exploração do patrimônio genético de plantas e animais. Mas, isso não impede a votação de Medidas Provisórias (MPs), Propostas de Emenda à Constituição (PECs), Projetos de Decreto Legislativo (PDSs) e Projetos de Resolução.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário