ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mortes de profissionais da saúde por Covid-19 despencam após vacina, indicam estudos

Brumado: Homem tenta assaltar supermercado com 'garrucha' e é contido por populares

Brumado registra quatro óbitos de coronavírus em 24h

Jovem de 20 anos morre após acidente entre motocicleta e carro na BA-262, trecho entre Brumado e Aracatu

Brumado: Surto de Covid-19 atinge o legislativo brumadense, diz vice-presidente da Câmara

‘Ministério não tem vara de condão para resolver todos os problemas’, diz Queiroga sobre falta de vacina contra covid

Vereador Beto Bonelly convida empresários de Vitória da Conquista para conhecer potencial de Brumado

Brumado: Após vazar na imprensa, prefeitura faz distrato de contrato com empresa contratada para gerenciar UTI Covid

Secretaria de Saúde divulga calendário de vacinação para idosos a partir de 64 anos

Nova Lei do gás trás novas regras para o setor

Conselho Tutelar denuncia mãe por maus tratos em filha de 8 anos em Livramento de Nossa Senhora

Bahia: Motorista atropela vacinadora em posto de vacinação drive-thru; veja o vídeo

Brumado: Sem trabalho por conta da pandemia, cuidadora de idosos chegou alimentar filhos com farinha e água

Brumadense com guillan-barré está internada há mais de 30 dias em Vitória da Conquista à espera de medicamento

Bahia vacinou 12,5% da população contra Covid-19, diz consórcio de imprensa

Brumado: PM apreende homem e adolescente com drogas na Praça da Cebola

presidente da Câmara de Brumado é transferido para Vitória da Conquista

Bamin vence leilão da Fiol e retomará obra com aplicação de R$ 3,3 bilhões

Brumado confirma três mortes de Covid-19 em 24h

Novo lote com mais de 280 mil vacinas contra a Covid-19 chega à Bahia


Com 76 anos de idade e 51 de profissão, barbeiro resiste a modernidade em Brumado

Antônio Xavier tem 51 anos de profissão - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Barbeiro, uma das profissões mais tradicionais do mundo resiste ao tempo. Apesar da tradição, o barbeiro vem perdendo seu espaço para os grandes e modernos salões de beleza. Atualmente são poucos estabelecimentos que mantém esse serviço. No Centro de Brumado por exemplo existem algumas barbearias que sobrevivem dos clientes fiéis, que não trocam a perfeição do serviço oferecidos. Antônio Xavier dos Santos, 76 anos, exerce a profissão de barbeiro há 51 anos, e diz que os barbeiros estão com os dias contados. "Antigamente não tinha curso de cabeleireiro, a gente aprendia olhando", conta. Para ele, que aprendeu o ofício com seu amigo, está faltando interesse da nova geração. "Não se vê mais os jovens querendo essa profissão, eles investem em cortes de cabelo, mas como barbeiro não", completa Xavier que trabalha na Exuperio Pinheiro Canguçu, centro comercial de Brumado. Natural do município de Contendas do Sincorá, assim como outros conterrâneos, adotou Brumado como a "Terra Natal". Conforme Antônio, a nova geração não quer aprender a profissão. "Hoje em dia a gente sobrevive e só. A profissão está acabando pois o que surge são cabeleireiros", comenta. Ele ainda trabalha com uma relíquia, que segundo ele, tem cerca de 80 anos. A cadeira de barbeiro, um instrumento que foi a base do sustento da família por várias décadas. "Essa cadeira aqui deve ter entre 80 e 100 anos, a fabricante não colocava a data, mas ela veio de outras gerações", disse. 

Instrumento de trabalho ajudou à criar os filhos durante várias décadas - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A tecnologia e a modernização dos aparelhos de barbear também contribuíram para o afastamento dos homens. Hoje em dia muitos homens preferem fazer a sua própria barba, em casa. "Os fregueses mais tradicionais continuam vindo aqui, mas os mais modernos preferem fazer a barba em casa. quando vem aqui [barbearia] só cortam o cabelo", explica. Dentre as celebridades, o seu Antônio tinha clientes como o pai do prefeito Eduardo Vasconcelos. "Há eu tinha o seu Virgílio, pai do prefeito, Mirandinha, o próprio Coronel Zeca Leite, que já foi meu cliente. Na época, eu cortava o cabelo na casa dele", afirma. Os novos salões trazem novas técnicas e tendências que atraem mais clientes. As barbearias se tornaram obsoletas para muitos, mas a perfeição e o capricho dos antigos barbeiros é incomparável. A habilidade com as lâminas e a rapidez fazem do barbeiro uma profissão única. "Enquanto Deus me der saúde eu estarei aqui. Graças a Deus sou aposentado, formei três filhos eu e minha esposa, todos são formados e uns até empresário. Mas enquanto eu tiver tocando [pandeiro], estarei aqui", conta sorridente Xavier. Nas antigas culturas, quem pegasse na barba ou cabelo de uma pessoa, era severamente punido, pois significava um atentado à honra e uma intromissão em sua psique. Assim, a profissão de barbeiro foi associada à manutenção da saúde física do indivíduo.

Aos 76 anos, ele ainda pretende trabalhar muito - Foto: Luciano Santos l 97NEWS


Comentários

  • Edson Meirelles Filho

    "Amigo e profissional de excelência, sou cliente de "Tõe". A satisfação do trabalho feito com dedicação e profissionalismo, além da boa prosa, me cativou e faz com que me sinta feliz e de bem com a vida só em estar em sua companhia. Parabéns amigo! "

  • Carla Ataide

    "Parabéns Seu Antônio por manter sua profissao com dignidade e orgulho. Parabéns ao 97 News por divulgar a história de Seu Antonio para muitos Brumadenses que não conheciam. "

  • Ariane

    "Parabéns a esse guerreiro. Na luta há mais de 50 anos e sem vontade de parar. Gostei da cadeira, tio!"

  • AMARO ROBERTO

    "Grande Tonho. Fico bastante orgulhoso com uma publicação dessa, pois tenho o privilégio de ser cliente desse excelente profissional e um exemplo de cidadão. O ato de ir cortar o cabelo, fazer a barba e as unhas, sempre foram, antes de tudo, práticas de higiene e saúde. Além disso, a barbearia, antes das redes sociais, sempre foi um local de atualizações e troca de informações dos mais diferentes assuntos. E Tonho é um cidadão muito educado e bem informado. Apesar de residir em Salvador, viajo regularmente para Brumado. E as minhas primeiras atividades ao chegar na cidade: Cortar o cabelo com Tonho e visitar a feira livre. Parabéns amigo por esse reconhecimento do seu trabalho. Você é um patrimônio da capital do minério."

  • José Mirante

    "Parabéns Tonho ou "Tõe", você merece essa homenagem, todo carinho e respeito de nós Brumadenses. Desde criança, tenho a honra de conhecê-lo, através do meu que era seu cliente. Parabéns à 97 news, por ter feito esta merecida homenagem a uma pessoa honrada e querida por todos nós, assim em vida. "

Deixe seu comentário