ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Trabalhadores da Endicon são demitidos e temem 'calote' de empresa

Brumado: Preso em flagrante tem ataque de fúria, agride policiais e quebra objetos de delegacia

PM apreende drogas e pássaros silvestres em Rio de Contas

Acesse a TV Templo dos Milagres no Youtube e seja abençoado

Brumado: Mega estrutura está sendo montada para o Verão VIP com ingressos limitados

O Tema Livre Podcast desta semana recebeu o 'MC Naip Bronka'

Brumado: Subnotificação dos casos de Covid esconde números reais da doença

Cinco morrem e mais de 70 são presas em operação da PM na Bahia

Homem mata pastora de 84 anos a pauladas na porta de igreja

Há 41 anos, mulher procura avós que possivelmente moram em Brumado ou Caetité

Operação Força Total intensifica policiamento na Bahia

Dr. Felipe Leão, médico da Clínica Mais Vida, alerta sobre a importância da realização do check-up

Operação da PF prende homem que divulgou vídeo de estupro de criança


Brumado: Após ser retirado de pauta por várias vezes, PL 023/2019 é aprovado na Câmara de Vereadores

Foto: Huan Nunes l 97NEWS

As discussões sobre o Projeto de Lei 023/2019 de autoria do Poder Executivo, o qual abre crédito adicional para empréstimo de R$ 5 milhões, foi aprovado na sessão do Legislativo na noite de segunda-feira (21). Antes de ser aprovado, o projeto foi retirado de pauta por duas vezes, na última, o presidente da Casa, o vereador Leonardo Vasconcelos alegou que ele "estava substanciada no Regimento Interno da Câmara". Enfim, o projeto retornou ao legislativo e, segundo o executivo, será destinado a instalação de energia solar nas escolas municipais para alimentar os sistemas de ar-condicionado. Com a defesa da situação e as críticas partindo da oposição, o projeto levanta questionamentos. Com um orçamento anual em R$ 210 milhões, o município ainda conta com o valor de R$ 42 milhões dos precatórios do Fundeb, além do empréstimo de R$ 20 milhões da Caixa Econômica. Com os R$ 5 milhões que serão pagos pelas futuras gestões, a Capital do Minério chega ao seu montante de R$ 277 milhões, valor que ultrapassa o da cidade vizinha de Guanambi, que foi aprovado em R$ 212 milhões. O PL 023/2019 foi aprovado por 8 votos a 4. A bancada de situação que votou a favor foram: Ilka Abreu, Girson Ledo, Glaudson Dias, Lia Teixeira, Rey de Domingão, Zé Carlos de Jonas e Wanderley Nem. Já os votos contra foram de: Elias Piau, Lek Cabeleireiro, Palito e Zé Ribeiro. O presidente da Câmara, o vereador Leonardo Vasconcelos não precisou votar. O Projeto segue para a sanção do Executivo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário