ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: APLB é denunciada por coagir professores para que recebam precatórios; entenda

Aracaju: Famílias disputam linguiça vencida descartada em terreno

Anvisa aprova uso de autotestes para Covid-19 no Brasil

Psicóloga especializada em Terapia Cognitiva Comportamental passa a fazer parte do quadro de especialistas da Clínica Mais Vida

Bahia vacina mais de 90% dos bovinos e bubalinos contra a febre aftosa

Caso do tripléx do Guarujá envolvendo Lula é arquivado pela Justiça

Brumado: CIPRv divulga relatório de acidentes do mês de janeiro de 2022 nas rodovias da região

Bahia: Governo suspende feriado prolongado no período do carnaval

Brumado registra 292 casos ativos e 3 pacientes internados por conta da Covid-19

Brumado: Sala do empreendedor auxilia na declaração anual do MEI

Brasil: 32 milhões de doses da vacina Janssen ainda não foram distribuídas às cidades

Pastores são presos por estupro de vulnerável e cárcere privado na Bahia

Ipespe mostra Lula no topo das intenções de voto, com 44%; Ciro e Moro empatam

Laboratórios privados deixam de notificar casos de Covid-19 na Bahia, diz Sesab

Brumado: Durante fiscalização na garagem da Novo Horizonte, PM apreende acessórios e cosméticos falsificados dentro de ônibus

Brumado: Polícia cumpre mandado de prisão contra traficante de drogas

Brumado: Prefeito destaca 1º vestibular de medicina que será realizado de forma online

Alunos da rede municipal de ensino de Brumado conquistam medalha de prata na OBMEP 2021

Homem é encontrado morto em Livramento de Nossa Senhora

Fundo Eleitoral de 2022 é 7 vezes maior do que valor destinado à Anvisa em 2021


Malhada de Pedras: Guardas Municipais se mobilizam na busca de conquistas para a categoria

A administração municipal de Malhada de Pedras disse não poder atender as solicitações dos guardas municipais (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A função da Guarda Municipal vem ganhando força em todo o Brasil, já que além da importância da preservação do patrimônio público, a entidade também vem participando de uma forma muito mais ativa da área de segurança pública. Em vários municípios, especialmente os de pequeno porte, a GCM ainda realiza a sua função de forma precária, sem que os seus direitos trabalhistas e conquistas em outras áreas sejam observados, além de não contarem com uma logística adequada. Este seria o cenário da GCM de Malhada de Pedras, um município da região sudoeste que tem cerca de 10 mil habitantes. Segundo contatos de membros do órgão com a redação do 97NEWS, a categoria está se mobilizando para buscar a valorização e o pagamento dos seus direitos que são garantidos pela Constituição Federal, como o adicional noturno e a periculosidade. Segundo eles, desde o início da atual gestão esses direitos não vêm sendo observados e, agora, após uma consulta a um advogado trabalhista, os guardas municipais iniciaram uma campanha amistosa no sentido de que os valores sejam repassados. Eles enviaram um requerimento a administração municipal, na qual a mesma informou, que, no momento, não há condições de pagar o adicional noturno e a periculosidade, já que a crise econômica afetou as finanças públicas, com uma queda da arrecadação. Também foi informado que assim que houver uma melhoria da arrecadação, o município, que reconhece os direitos da categoria, deverá atender a solicitação dos guardas municipais. Frustrados por não terem seus direitos reconhecidos, os guardas municipais de Malhada de Pedras deram entrada numa ação judicial. Segundo eles, a situação dos 3 guardas municipais que trabalha no período noturno é cada vez mais precária, pois não existe transporte para a ronda, o que faz com que um fique fixo no centro de saúde, outro na creche e o outro numa garagem que guarda máquinas da prefeitura, com isso, eles argumentam que a cidade e o patrimônio público acabam ficando sem a vigilância devida.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário