ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Três em cada dez casas do País não têm água encanada, esgoto e coleta de lixo

Três em cada dez casas brasileiras não têm ao menos um dos três pilares do saneamento básico: água encanada, esgoto ou coleta de lixo. A taxa, que consta do estudo Síntese de Indicadores Sociais, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (29), considera apenas as construções de áreas urbanas, excluindo residências rurais. Apesar do índice alto, o instituto destaca que a proporção de casas sem acesso completo à rede de saneamento vem diminuindo no País. Segundo o estudo, a taxa subiu de 63% para 70,3% em dez anos. O IBGE aponta que, quando se fala em água, esgoto e coleta de lixo, há grande desigualdade entre famílias ricas e pobres. “Em 2002, para a classe de rendimento de até meio salário mínimo médio mensal per capita domiciliar, apenas 38,4% declararam ter acesso ao saneamento adequado, chegando a 82,0% para a faixa acima de dois salários mínimos per capita”, diz o texto. “Em 2012, essas proporções foram de 51,7% e 83,6%, respectivamente.”“Vale incluir a iluminação elétrica na análise de acesso simultâneo a serviços ao domicílio”, afirma o estudo. “Dos 29,7% dos domicílios que não tinham acesso aos quatro componentes (abastecimento de água, esgotamento sanitário, coleta de lixo e iluminação elétrica), em 2012, 93,5% acusaram ausência de esgotamento sanitário.”

A pesquisa do IBGE leva em consideração, principalmente, os dados da Pnad 2012 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios). O levantamento se apoia em dados sobre a população brasileira, desigualdades raciais e de gênero, arranjos familiares, domicílios, educação, saúde, trabalho e rendimento e compara informações de 2002 e 2012. O objetivo é conhecer a realidade brasileira, sobretudo para avaliar a qualidade de vida do brasileiro.  



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário