ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Polícia encontra depósito clandestino de combustíveis em Itapetinga

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Abastecimento em bairros e localidades rurais de Brumado registra irregularidade por falta de energia elétrica

Preço da gasolina sobe quase 60 centavos e chega a R$ 5,09 em Brumado

Clínica Mais Vida traz para Brumado o que há de mais moderno em Ultrassonografia de qualidade e alta definição

Barra do Choça: Mulher é encontrada morta dentro de casa; suspeito possuía dívida de R$15 mil

Acusado de furtar seringas, servidor foi encontrado morto antes de ser ouvido em Conquista

Fim de semana com alimentos saudáveis é na Bete Fruits

47 novos casos de coronavírus são registrados nas últimas 24h em Brumado

Brumado; Presidente da Câmara afirma que áudio em que ele pede 'farra' no primeiro salário, 'não passou de uma brincadeira entre eles'

Índia autoriza exportação de vacina para o Brasil, diz agência Reuters

Municípios atendidos pela Central de Atendimento Covid em Brumado registram aumento nos casos de coronavírus

Cinco morrem em incêndio em prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

Em suposto áudio gravado no aplicativo de mensagens, presidente da Câmara de Brumado informa primeiro pagamento dos edis e ironiza; 'galera é pra fazer farra viu'

Mutuípe: Médico de 95 anos escolhido para ser primeiro vacinado contra Covid-19 morre horas antes de ser imunizado

Mais de 19 mil baianos já tomaram a primeira dose da vacina contra Covid-19

Vitória da Conquista: Juiz autoriza paciente a plantar maconha para tratar fibromialgia

Bahia: MP aciona prefeito de Candiba por improbidade; prefeito 'furou' fila da vacinação

Brumado: Casal morre e três ficam feridos em grave acidente na rotatória da BA-262 e BR-030


Ibitira: Ação de Municipalização do Ensino Fundamental Ciclo II gera protestos e indignação

A Escola Estadual Lia Públio de Castro é muito respeitada pela qualidade do ensino oferecido (Foto: Reprodução Facebook)

A população de Ibitira, Distrito de Rio do Antônio, localizado na região sudoeste do estado, já demonstra uma grande insatisfação após ter ser sido surpreendida com a real possibilidade da municipalização total do Ensino Fundamental Ciclo II. Vale ressaltar que essa modalidade de ensino era partilhada até final do ano passado entre Estado e Município e possuía um ótimo grau de resolutividade. Um grande número de alunos cuja responsabilidade é do Estado frequenta as aulas no Colégio Estadual Lia Públio de Castro, instituição de renome regional que sempre contou com a competência e comprometimento do seu quadro de funcionários. Na avaliação feita por pais e professores, a medida é um retrocesso e pode prejudicar muito a qualidade do ensino oferecido, já que, a instituição supracitada foi contemplada recentemente com a construção de nova sede, com uma estrutura invejável. A decisão teria sido tomada de forma unilateral pelo prefeito José Alves (PDT), o Deca, que estaria trazendo para o âmbito municipal o ônus que pertence ao Estado. A preocupação de pais, alunos e professores já é notória e, com isso, uma mobilização de protesto já está sendo efetiva, pois segundo eles “nesse momento em que os municípios, que são a esfera federativa mais fragilizada financeiramente em decorrência da crise fiscal e do aumento de encargos, toma uma atitude arbitrária como essa, os resultados poderão resultar em dificuldades e ou impossibilidade de atendimento com qualidade para todos”, argumentam. Eles elevam o tom ao declarar que “nos dias atuais, uma ação como essa, sem se consultar a comunidade é realmente muito questionável, pois, a impressão que fica é que a gestão municipal estaria somente preocupada em conquistar novos postos de trabalhos para agraciar seus correligionários políticos”. Em contato com o presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Antônio, André Berkovitz (PEN), ele destacou que “não podemos aceitar uma decisão como essa fora do contexto. Sou totalmente contrário, pois irá prejudicar a qualidade do ensino em Ibitira, então, diante disso, já estamos prestando nosso apoio aos pais, professores e alunos”. O movimento irá buscar um encontro com o prefeito na manhã desta terça-feira (31) para tentar encontrar uma solução consensual para a questão. Caso o prefeito não receba a comissão, um forte manifesto de protesto poderá acontecer em frente à sede da Prefeitura Municipal de Rio do Antônio. Nossa equipe entrou em contato com prepostos da administração municipal para buscar esclarecimentosobre o fato, ficando no aguardo das informações. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário