ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: Roças com 120 mil pés de maconha são descobertas em Curaçá

Empresa brumadense vai investir R$ 8 milhões na cidade e gerar novos empregos

Embasa descobre novas ligações clandestinas no distrito de Lagoa Funda, em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Sesab afirma que está preparada para vacinar 5,08 milhões de pessoas na Bahia

Passa valer a partir desta sexta-feira (15), o aumento no número de vagas e novos preços na Área Azul

Queima de pneus usados contamina residencial Brisas com fumaça tóxica

Exames Laboratoriais na Clínica Mais Vida - excelência de qualidade com maior comodidade

Brumado registra a 46ª morte por conta do Coronavírus


LF: Decreto proibindo uso de arma pessoal para a Guarda Municipal causa polêmica

(Foto: Reprodução)

A prefeita do municipio de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), assinou um decreto na útlima sexta-feira (27), proibindo o uso de arma pessoal pelos agentes da Guarda Municipal da cidade. Em suas declarações à imprensa, a prefeita afirma que não está desarmando a Guarda, mas atuando para a proteção dos próprios agentes, já que o decreto diz respeito apenas ao porte de armas particulares. “Nós não desarmamos a guarda municipal. O que nós fizemos, já em uma iniciativa nossa de prevenção para a defesa dos próprios guardas municipais, é que o s guardas municipais que tinham armas pessoais e que estariam utilizando armas pessoais na rua, achamos que apesar de eles estarem fazendo isso para proteger a população, achamos que era um risco para a própria vida deles, e, portanto, a gente pediu para que eles não fizessem isso”, explica. Ela argumenta que a função da GM não pode concorrer com a da polícia. “Nós não estamos tirando as armas da guarda municipal, requalificando e discutindo o papel da guarda tanto em relação à defesa do patrimônio, mas também a defesa da segurança, não competindo com o papel que é da Polícia Militar, que é ela que deve prestar a segurança pública do ponto de vista do policiamento. A nossa guarda pode ajudar, pode colaborar, mas não pode substituir o papel de um PM”, afirma. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário