ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Cresce desinteresse do eleitor brasileiro pelo voto, aponta pesquisa

Psicólogo da Clínica Mais Vida fala sobre o sentido da vida segundo Viktor Frankl

Amado Batista leva multidão em show no São Pedro de Guajeru

Avião cai e assusta moradores na Chapada Diamantina

Sessão ordinária desta segunda-feira (4/07) tem aprovação de textos importantes à comunidade brumadense

Jovem de 16 anos é morto a tiros dentro da rodoviária de Vitória da Conquista

Humorista do SBT faz piada de criança com hidrocefalia e é demitido da emissora

Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

Preço do botijão de cozinha nas refinarias aumentou mais de 600% entre 2002 e 2021

Caminhão desgovernado tomba em frente a rodoviária da região e deixa motorista ferido

Tanhaçu: Homem de 38 anos morre após levar choque em freezer

Casos de Covid sobe e Brumado volta a registrar óbito por conta da doença

Guanambi: Retorno das aulas na rede municipal é adiado por causa de casos de Covid-19

PM mata irmã após discussão e é presa pelo próprio marido no RJ

Casos de varíola dos macacos chegam a 76 em todo o país, diz Ministério da Saúde

Negros são a maioria das vítimas de crimes violentos no Brasil, mostra levantamento

Bahia registra 3.480 novos casos de Covid e mais cinco mortes em 24h

Lutando pelo título do Campeonato Brumadense, Magnesita e Vila Nova se enfrentam neste domingo (3)

Anagé: Motociclista de 27 anos fica ferido após acidente na BA-262

Bahia deve registrar poucas chuvas em julho; volume pode ser abaixo dos 80 mm


Brumado: Chuvas trazem alívio e esperança para o homem do campo

O agricultor Manoel Reis animado com as chuvas trabalhando a terra para o plantio (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Várias já eram as afirmações que a área agrícola em Brumado estava à beira da ruína, já que nos últimos anos as estiagens vêm sendo severas e, quando a temporada das chuvas acontece, as precipitações vêm de forma irregular. Realmente a crise no setor é patente, onde várias propriedades agrícolas vêm amargando prejuízos sucessivos, mas, mesmo diante das adversidades, uma esperança ressurgiu nesta final de ano, pois as chuvas vieram com maior frequência e no tempo certo para o plantio. Essa é a afirmação do experiente produtor rural Manoel Viera dos Reis (66), o qual é proprietário de dez hectares que compreendem a Fazenda Campo Redondo. Segundo ele este ano as expectativas parecem melhores do que nos anos anteriores, já que houve chuvas esparsas nos meses de novembro e dezembro, o que é muito positivo para o plantio. Mas, mesmo diante disso, o agricultor afirmou que utilizou somente 1 hectare até o momento plantando feijão, milho e melancia. “Esse ano a chuva veio nos meses certos, o que mostra que poderemos ter uma colheita muito boa, diferente dos anos anteriores, onde tivemos muitos prejuízos”, explicou. Ele ainda declarou que “diante desta crise que eu nunca vi na minha vida, renasceu uma esperança, já que as chuvas estão caindo no tempo e do jeito certo. Estou realmente muito animado”. Esse é o pensamento de grande parte dos moradores do meio rural que tirar o seu sustento da agricultura familiar, os quais estão fazendo como o produtor Manoel Reis, o que projeta uma melhoria na economia local no início de 2017, pois as previsões é que a colheita será generosa.  



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário