ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Homem com mandado de prisão em aberto recebe PM a tiros e fica ferido

Homem é preso por abusar das filhas de 11 e 15 anos em Santo Antônio de Jesus

Clínica Mais Vida amplia quadro de especialista em psiquiatria renovando parceria com Dr. Renato Franco

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Com vaga nas oitavas de final, Juazeirense já garante mais de R$ 5 milhões em premiação

Jaguaquara: Durante discussão, filha joga água fervente em mãe

Vereador Beto Bonelly parabeniza Brumado pelos 144 anos

Brumado: Município registra 20 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h


Cinco pessoas sobrevive em queda de avião da Chapecoense na Colômbia, 76 pessoas morreram

Foto: Reprodução

A queda do avião da Chapecoense nesta terça-feira (29) em Medellin, na Colômbia, deixou 76 pessoas mortas e cinco feridas, de acordo com informações da Agência Reuters. As informações são preliminares e foram repassadas pela polícia colombiana. O comandante da Polícia Nacional da Colômbia na região, Jose Gerardo Acevedo, informou que "seis pessoas foram resgatadas com vida, mas infelizmente uma morreu". A tragédia total é de 76 vítimas. O avião em que embarcou a delegação da Chapecoense com destino à Colômbia fez um pouso forçado na região de Antioquia, naquele país, na madrugada. Segundo controladores de voo colombianos, a causa do acidente seria uma série de problemas elétricos. A delegação da equipe estava a caminho do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín, onde a equipe catarinense enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana deste ano. A aeronave partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, sob o número de identificação CP2933. A equipe fez escala no país depois de ter deixado São Paulo por volta das 15h35, horário local.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário