ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Neste domingo (15) haverá o fenômeno 'Lua de Sangue' triplamente especial

Sabadão! Tudo pronto para a festa 'Apaixona Brumado' no espaço Popeye Prime

STF suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel a pedido do Governo Federal

Anvisa e Butantan se reúnem para tratar da CoronaVac para crianças

Idosa que passou 72 anos em situação análoga à escravidão é resgatada no rio no Rio

TSE conclui etapa de testes nas urnas eletrônicas sem encontrar falhas

PC desmonta quadrilha que roubou R$ 820 mil em joias e celulares no Oeste da Bahia

Veja os mais de 40 episódios do Tema Livre Podcast no nosso canal no Youtube

Cliente é indenizado em R$ 40 mil após ser chamado de 'Gaylileu' em cadastro de farmácia

Ex-frentista baiano assina quadros que se espalham pela América e Europa


Brumadenses desempregados há mais de um ano dizem estar sendo vítimas de injustiça nas obras do Parque Eólico

Os brumadenses se dizem injustiçados pela empresa que está construindo o Parque Eólico de Brumado (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Mesmo alguns setores querendo “tapar o sol com a peneira” e admitir que Brumado foi uma das cidades que não foi afetada pela crise econômica, a realidade se mostra diferente, com vários casos que evidenciam uma queda em várias áreas. Duas situações que foram vistas como “tábua de salvação” tiveram uma grande reversão de expectativa. A primeira que foi a construção do Presídio, que já está em fase final, foi positiva, onde cerca de 200 trabalhadores brumadenses conseguiram emprego, mas, agora parte deles já engrossam a lista dos desempregados, pois vários serviços estão finalizados. A segunda e mais significativa, a construção do Parque Eólico de Brumado, que poderia gerar um grande número de postos de trabalho, também vem recebendo severas críticas de brumadenses. A reportagem do 97NEWS registrou um grupo de desempregados que não escondeu a indignação e ainda afirmou estar sendo vítimas de uma grande injustiça. Eles que estavam em frente ao SAC, numa espécie de protesto velado, garantiram que estão esperando as promessas de que serão contratados há mais de 5 meses, mas que, agora, eles perderam a paciência, já que estão há mais de um ano desempregados. Segundo eles o motivo da injustiça é que pessoas de outros municípios vêm sendo contratados, enquanto para eles, que são de Brumado, estão ainda na fila de espera. Eles ainda alegam que houve fraqueza por parte dos governantes locais em permitir que a empresa viesse para Brumado e agisse da forma que quisesse, fazendo as contratações sem os critérios de beneficiar os brumadenses. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário