ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Professor de 42 anos morre atropelado no município de Caculé

OMS diz que, 'no momento', varíola dos macacos não é uma emergência de saúde

PM morre em acidente envolvendo carro e motocicleta na BR-030, em Brumado

Bahia tem 6,1 mil casos de Covid-19 e 83% das UTIs pediátricas estão ocupadas

Novo presidente da Petrobras teve nome aprovado com ressalvas

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Policial morto em confronto com a PM chefiava organização criminosa em Feira

Segundo o delegado responsável pelo caso, Arlen Vinicius Pena da Cruz também gostava de ostentar riqueza, incompatível com seu salário na corporação.(Fotos: Reprodução)

O soldado da Polícia Militar Arlen Vinicius Pena da Cruz, que morreu após confronto com policiais na noite de terça-feira (31), em Feira de Santana, estava sendo investigado.Segundo a polícia, ele era um dos principais alvos da Operação Bakurim, deflagrada para investigar a associação criminosa que atua no tráfico de drogas na região de Feira de Santana. A informação é da Delegacia (Draco/PC). Durante a operação foram cumpridos mandados de busca e apreensão e mandados de prisão em Feira, Riachão do Jacuípe e no Conjunto Penal de Feira de Santana. Ainda segundo a polícia, Arlen é apontado como líder da associação criminosa e foi morto após reagir a prisão disparando contra a equipe de policiais, que ao revidar o atingiu. O soldado foi socorrido para o hospital Emec, onde morreu. (Acorda Cidade)



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário