ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Sindicato dos Comerciários de Brumado e Região lança benefícios que melhoram o relacionamento entre empresa e trabalhadores

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Neste domingo (15) haverá o fenômeno 'Lua de Sangue' triplamente especial

Sabadão! Tudo pronto para a festa 'Apaixona Brumado' no espaço Popeye Prime

STF suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel a pedido do Governo Federal

Anvisa e Butantan se reúnem para tratar da CoronaVac para crianças

Idosa que passou 72 anos em situação análoga à escravidão é resgatada no rio no Rio


Lava Jato: Itaquerão sob suspeita; procurador aponta que propinas foram pagas

Segundo investigadores da Operação Lava Jato, a diretoria de Infraestrutura da Odebrecht responsável pela obra do estádio, em São Paulo, foi uma das que autorizou ou requisitou pagamento de propina no

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Lava Jato, disse em coletiva de imprensa nesta terça-feira 22 que foram identificados pagamentos relacionados a uma diretoria da Odebrecht que cuida dos contratos relacionados à obra do Itaquerão, estádio do Corinthians. Segundo ele, a diretoria de Infraestrutura responsável pela obra da arena dentro da construtora está na lista dos "autorizadores ou requisitadores de pagamentos [de propina]". Os investigadores da Operação Lava Jato afirmaram ter identificado uma "estrutura profissional de pagamento de propinas dentro da Odebrecht". A empresa foi alvo da fase 26 da Lava Jato nesta terça. O procurador Santos Lima afirmou ainda que houve "supressão de provas" por parte da empreiteira. Os esquemas de controle foram "extintos e destruídos", o que mostra a intenção da empresa de prejudicar as investigações, declarou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário