ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Brumado: Adolescente de 14 anos é encontrada na casa de uma amiga

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Brumado: Família pede ajuda para localizar adolescente de 14 anos

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Brumado: Polícia apreende homem após colocar fogo em residência no bairro Olhos D'água

Seleção de advogados de Brumado vence Serrinha e avança para semifinal da Copa CAAB

Empresa Gel Sol de Brumado recebe prêmio nacional da Intelbras

Brumado: Município investiga primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

MP da Bahia lança novo número para atendimento ao cidadão

Inflação muda comportamento dos brasileiros, diz pesquisa

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

TSE divulga patrimônio de sete presidenciáveis; o maior valor ultrapassa 24 milhões

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vem aí o 13º Agosto Gospel

Agosto Dourado - a importância do aleitamento materno

Lapa: Romaria do Bom Jesus recebe título de patrimônio imaterial


Procon-BA autua loja da Subway por falsa promoção do 'sanduíche gratuito'

Rede ofertava um lanche grátis na compra de outro. Na verdade, foi constatado que o cliente paga pelos dois sanduíches, sem ser informado (Foto: Reprodução)

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) autuou nesta sexta-feira a lanchonete Subway por publicidade enganosa. O ato fiscalizatório foi deflagrado após denúncia de consumidor durante uma promoção na qual era ofertado um sanduíche grátis na compra de outro.De acordo com o Procon-BA, foi verificado, por meio de cupom fiscal, que o estabelecimento cobrava pelo segundo sanduíche, induzindo o consumidorao erro. “Toda informação passada para o consumidor de caráter publicitário, deve ser inteiramente verdadeira. não induzindo o consumidor em erro sobre quaisquer dados em relação aos produtos”, ressaltou o diretor de fiscalização do órgão, Iratan Vilas Boas. Pela infração encontrada, o fornecedor foi autuado e responderá a processo administrativo, que tramitará no Procon-BA, com prazo de dez dias para apresentar defesa formal, após a notificação válida, podendo ao final sofrer a aplicação da sanção administrativa cabível, tal como a aplicação de multa.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário