ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Abril, maio e junho devem ser de chuvas abaixo do normal no Sudoeste da Bahia, prevê Inmet

Por engano, 46 pessoas recebem vacina contra Covid no lugar de dose contra a gripe no interior de SP

Vacinação de professores é aprovada e deve iniciar na próxima semana na Bahia

'Embasa investirá R$ 60 milhões no esgotamento sanitário de Brumado', diz Rui Costa

Brumado: PM recupera veículo com restrição de furto na zona rural

Brumado: Motoristas reclamam dos buracos no cruzamento com a linha do trem no bairro Dr. Juracy

Bahia atinge 17 mil mortes e recebe menos doses do que o previsto

Adab apreende quase 1 tonelada de carne clandestina na cidade de Caetité

Sem aumento acima da inflação, governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 para 2022

Brumado confirma duas mortes de Covid-19 em 24h

Brumado: Embasa suspende fornecimento de água nesta sexta-feira (16) no Bairro Baraúnas

Governador Rui Costa chama atenção para os casos da Covid-19 no Sudoeste: 'o maior número relativo da Bahia é o de Brumado'

Brumado: Empresário Gileno Paixão morre por complicações da Covid-19

Após atraso, Ministério da Saúde promete novas doses a partir de sexta para a Bahia

Em live com a imprensa de Brumado, Rui Costa diz que vai buscar legalidade no contrato entre Embasa e Município

Aracatu: Homem é preso com arma de fogo e mais de R$ 8 mil

Na contramão do Brasil, setor de serviços na Bahia registra queda em fevereiro

Geriatra Potira Lima passa a atender na Clínica Mais Vida ampliando quadro de especialistas

Preço do litro da gasolina cai R$ 0,70 em Brumado; queda começou no início de abril

Brumado: Moradores cobram da prefeitura o conserto de bueiro no bairro do Tanque


Exemplo de Superação: Jovem que há um ano pediu para ser preso para ficar livre do crack, hoje vende geladinho para sobreviver

O jovem Wallas voltando à delegacia, mas desta feita de forma honrada e mostrando que dá para vencer o vício das drogas (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Existem alguns que acreditam que as drogas é um caminho sem volta, mas, essa tese, apesar de ter sua lógica, não é total, porque existem alguns casos emblemáticos de pessoas que conseguem “dar a volta por cima” e se livrar do vício. Esse é o caso do jovem Wallas Pereira, de 24 anos, que há um ano foi à delegacia pedir para ser preso para se livrar do vício do crack. Após receber a ajuda de algumas pessoas e passar 3 meses no centro de recuperação Metanoia, passado um ano, ele se diz livre do vício e vende geladinho nas ruas de Brumado para sobreviver. Falando ao 97NEWS ele descreveu que “realmente eu fui para a vida errada, cometi coisas que jamais pensaria que iria cometer, perdi a confiança da minha família, ao se misturar com amizades que me levaram para o fundo do poço” e continuou citando que “quando eu vi que estava indo para o abismo, fui até a delegacia para pedir para ser preso, pois o crack estava consumindo a minha vida. Hoje passado um ano disso, estou liberto e vendo geladinho para sobreviver. Estou feliz, pois Cristo me tirou do fundo do poço e me deu uma nova chance de vida”. Ele ainda fez questão de dizer que “eu aconselho aos jovens a, primeiramente, nunca deixarem de ouvir os conselhos dos pais, pois eles só querem o bem. Valorizem a sua família que é o bem maior que temos nessa terra e se desviem daqueles que não tem nada de bom para oferecer. É possível sair do vício, mas tem que ter força de vontade, fé em Deus e ajuda dos amigos e parentes. Eu graças a Deus tive essa oportunidade e hoje me sinto honrado novamente em poder estar no convívio social”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário