ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Jovem de 18 anos é presa ao tentar levar cocaína, armas e munições em ônibus

Gabriel, ex-jogador do Flamengo, estará presente no Futebol Solidário 2021

Caminhão baú de Brumado tomba entre o Distrito de Cascavel e Mucugê

Brumado: Mulher encontra quase R$ 2 mil próximo a banco e procura por dono da quantia

Infectologista da Clínica Mais Vida, em entrevista a TV Sudoeste, fala sobre o Dia Internacional da Luta contra a AIDS

Empresário Emanoel Araújo participa do lançamento da pré-candidatura de ACM Neto

Tema Livre Podcast desta semana recebeu o produtor de eventos e artista plástico 'Kezinha'

Municípios relatam atraso em entrega de vacina BCG; cidades sofrem com desabastecimento

Criança morre depois que parede de casa desaba em Itapetinga

Governo da Bahia publica mudanças em mais de 50 comandos da Polícia Militar

Infectologista da Clínica Mais Vida fala sobre o Dia Mundial de Luta contra a AIDS e a importância do diagnóstico precoce

Dom Basílio: Morre o blogueiro Aderson Caires, vítima de doença neurodegenerativa

Política: Jair Bolsonaro assina filiação ao PL

Homem em estado grave aguarda transferência do Hospital Municipal de Brumado para uma unidade de saúde em Vitória da Conquista

PM algema homem a moto em movimento em São Paulo e vídeo viraliza

Menina de 12 anos morre após cair de telhado em Ilhéus

Homem é preso suspeito de tentar subornar policiais na Chapada Diamantina

Dois casos da variante ômicron são confirmados no Brasil

Governo Federal pede que 625 mil devolvam o auxílio emergencial

Seabra: Grupo é preso acusado de usar e repassar R$ 1,3 mil em notas falsas


Crise: Empresário brumadense do ramo de construção civil diz que o setor teve uma queda de 30%

O empresário Fabrício Lôbo Oliveira foi realista em suas colocações (Fotos. Divulgação)

Sob a alegação de que não se pode deve ser pessimista nunca, otimista na maioria das situações, mas, sobretudo, realista sempre, o empresário do ramo de construção civil, Fabriciano Lôbo Oliveira (34) falou com a reportagem do 97NEWS sobre o desempenho do setor em 2015. Segundo ele a situação é triste, preocupante e pode se agravar e que essa foi a maior recessão que ele presenciou. “A queda no setor da construção em Brumado pode passar dos 30%, já que as vendas no varejo tiveram uma queda bem maior do que o imaginado. Eu posso garantir que eu mesmo trabalhei para me manter, além do que a carga tributária é altíssima”, explicou. Questionado sobre se ele teve que efetuar demissões, ele respondeu que “tivemos que demitir 5 funcionários, não houve outro jeito. Foi duro anunciar a demissão”. Ele também argumentou que “o ramo da construção civil é uma das referências para a economia, se ele vai mal, tudo vai mal e é justamente isso que está acontecendo. As pessoas estão com medo de construir novos empreendimentos e terminando com muito receio os que foram iniciados. O setor é uniforme, não tem um período onde se vende mais ou menos, é linear, mas, após o segundo semestre as quedas nas vendas foram mais acentuadas”. Ele ainda desabafou dizendo que “os governos que se mantêm muito tempo no poder acabam provocando o que estamos vivenciando nesse momento, temos que ter a alternância do poder, para que situações como esse enorme crise política que afetou de forma severa o nosso país não venham a acontecer mais”. E finalizou destacando que “como eu disse temos que ser otimistas, então vamos acreditar que o ano de 2016 será melhor, mas para isso temos que nos superar e trabalhar ainda mais. Que as chuvas venham e que possamos ter as esperanças renovadas”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário