ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Índia autoriza exportação de vacina para o Brasil, diz agência Reuters

Municípios atendidos pela Central de Atendimento Covid em Brumado registram aumento nos casos de coronavírus

Cinco morrem em incêndio em prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

Em suposto áudio gravado no aplicativo de mensagens, presidente da Câmara de Brumado informa primeiro pagamento dos edis e ironiza; 'galera é pra fazer farra viu'

Mutuípe: Médico de 95 anos escolhido para ser primeiro vacinado contra Covid-19 morre horas antes de ser imunizado

Mais de 19 mil baianos já tomaram a primeira dose da vacina contra Covid-19

Vitória da Conquista: Juiz autoriza paciente a plantar maconha para tratar fibromialgia

Bahia: MP aciona prefeito de Candiba por improbidade; prefeito 'furou' fila da vacinação

Brumado: Casal morre e três ficam feridos em grave acidente na rotatória da BA-262 e BR-030

Bahia registra recorde na média móvel de casos de Covid-19

Brumado confirma a 47ª morte por conta do novo coronavírus

Caoa pode substituir Ford na fábrica de Camaçari, afirma coluna

Vacina negociada pelo Governo da Bahia é rejeitada pela Anvisa

Município de Brumado serviu como base de distribuição da Coronavac para microrregião

Brumado: Em nota, vereador denuncia que recebeu gabinete sem móveis e computadores

Mais rápida, grave e letal entre jovens: médicos relatam

Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chega em Brumado; imunização começou na manhã desta terça-feira (19)

Clínica Mais Vida traz para Brumado e região a médica Dra. Pâmela Araújo, que atua na área de Alergologia e Imunologia

Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegam em Salvador


Crise: Empresário brumadense do ramo de construção civil diz que o setor teve uma queda de 30%

O empresário Fabrício Lôbo Oliveira foi realista em suas colocações (Fotos. Divulgação)

Sob a alegação de que não se pode deve ser pessimista nunca, otimista na maioria das situações, mas, sobretudo, realista sempre, o empresário do ramo de construção civil, Fabriciano Lôbo Oliveira (34) falou com a reportagem do 97NEWS sobre o desempenho do setor em 2015. Segundo ele a situação é triste, preocupante e pode se agravar e que essa foi a maior recessão que ele presenciou. “A queda no setor da construção em Brumado pode passar dos 30%, já que as vendas no varejo tiveram uma queda bem maior do que o imaginado. Eu posso garantir que eu mesmo trabalhei para me manter, além do que a carga tributária é altíssima”, explicou. Questionado sobre se ele teve que efetuar demissões, ele respondeu que “tivemos que demitir 5 funcionários, não houve outro jeito. Foi duro anunciar a demissão”. Ele também argumentou que “o ramo da construção civil é uma das referências para a economia, se ele vai mal, tudo vai mal e é justamente isso que está acontecendo. As pessoas estão com medo de construir novos empreendimentos e terminando com muito receio os que foram iniciados. O setor é uniforme, não tem um período onde se vende mais ou menos, é linear, mas, após o segundo semestre as quedas nas vendas foram mais acentuadas”. Ele ainda desabafou dizendo que “os governos que se mantêm muito tempo no poder acabam provocando o que estamos vivenciando nesse momento, temos que ter a alternância do poder, para que situações como esse enorme crise política que afetou de forma severa o nosso país não venham a acontecer mais”. E finalizou destacando que “como eu disse temos que ser otimistas, então vamos acreditar que o ano de 2016 será melhor, mas para isso temos que nos superar e trabalhar ainda mais. Que as chuvas venham e que possamos ter as esperanças renovadas”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário