ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Morre João Souza, aos 80 anos, pai do editor do Achei Sudoeste

Aracatu: Vereadores denunciam prática de nepotismo na prefeitura

Caminhão é recuperado após identificação de roubo pelo sistema da RotSat

Em busca de votos, candidatos ao governo visitam mais de 20 municípios durante São João

Reconhecimento facial ajuda na captura de 12 foragidos nos festejos de São João na Bahia

Professor de 42 anos morre atropelado no município de Caculé

OMS diz que, 'no momento', varíola dos macacos não é uma emergência de saúde

PM morre em acidente envolvendo carro e motocicleta na BR-030, em Brumado

Bahia tem 6,1 mil casos de Covid-19 e 83% das UTIs pediátricas estão ocupadas

Novo presidente da Petrobras teve nome aprovado com ressalvas

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Barcelona vence o River por 3 a 0 e fatura o Mundial pela terceira vez

(Foto: Reprodução)

O Barcelona é, de novo, o melhor time de futebol do mundo. Com uma atuação incontestável, os catalães bateram o River Plate por 3 a 0 na manhã deste domingo, em Yokohama, no Japão, e conquistaram o Mundial de Clubes pela terceira vez na história do clube. O River Plate começou com uma atitude ousada e marcava a saída de bola do Barcelona. Quando o time espanhol conseguia passar do meio-campo, levava perigo. A primeira grande chance foi aos 10 minutos, quando Iniesta achou Messi na área. O camisa 10 finalizou, mas Barovero fez uma grande defesa. Apesar do equilíbrio, o Barça era melhor e foi premiado aos 35 minutos. Daniel Alves cruzou, Neymar escorou de cabeça e Messi ajeitou com o braço antes de empurrar para as redes. A arbitragem não viu o toque e validou o lance. 1 a 0. Ainda no primeiro tempo, o time espanhol chegou outra vez. Suárez recebeu na área, mas chutou à direita do gol. No início do segundo tempo, o Barcelona matou o jogo logo de cara. O time aproveitou uma saída de bola errada do River, Busquets lançou Suárez no contra-ataque, e o uruguaio bateu na saída de Barovero para ampliar. Já sem chances reais de empatar, o River cedeu espaços. Neymar passou a se destacar na criação de jogadas e levou perigo em alguns lances — seja finalizando ou dando passes para Messi chutar de dentro da área. O terceiro golpe catalão chegou aos 24 minutos da etapa final. Neymar encontrou Suárez sozinho na área e o camisa 9 cabeceou para o gol. Com o resultado estabelecido, os dois times diminuíram o ritmo nos minutos finais, ainda que o River seguisse buscando, sem sucesso, o gol de honra. O Barcelona, que já havia sido campeão mundial em 2009 e 2011, chega ao seu terceiro título em um espaço de sete temporadas. Com quatro títulos, a Espanha iguala o Brasil com em número de conquistas desde que o Mundial passou a ser organizado pela Fifa.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário