ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Garimpo ilegal movimentou mais de R$ 200 milhões no Brasil

Brumado: Superintendente da SMTT acredita que ‘polêmica’ com radares é apenas uma questão de adaptação

Brumado: Em coletiva, pré-candidato ACM Neto critica péssimos índices na segurança da Bahia e defendeu mudança de postura

Brumado: PM impede que morador em situação de rua seja espancado até a morte por homens; veja vídeo

Loja da Eletrozema é consumida por incêndio em Livramento de Nossa Senhora

Secretário de Administração Penitenciária da Bahia realiza visita técnica ao presidio de Brumado

Brumado: Polícia Civil concluiu investigação do homicídio ocorrido no bairro do Mercado

Brumado: Secretário de Administração Penitenciária é recebido pelo prefeito Eduardo Vasconcelos

Sala do Empreendedor promove workshop para estudantes do CEEP de Brumado

Idoso de 67 anos fica ferido em acidente com picape próximo a 'Serra do Marçal'

Médico é preso em flagrante suspeito de estuprar adolescente de 13 anos

Você já ouviu falar no Rap Geek? O Tema Livre Podcast bateu um papo com Dock Elo, criador desta arte em Brumado

Trabalhadores do comércio de Brumado e Região tem direito no Benefício Social e já podem aproveitar

Chuva de granizo atinge cidade de Mucuri, no extremo sul baiano

TCM adverte Prefeitura de Brumado por irregularidades em licitação da limpeza pública

Grupo operativo da Ouvidoria Cidadã de Brumado toma posse na Defensoria Pública Estadual

Termômetros podem marcar 10 graus nos próximos dias no Sudoeste da Bahia

Bahia: Secretário da Segurança Pública defende descriminalização da maconha

TSE e Telegram formalizam acordo para combate às fake news

Criança é encontrada viva depois de passar dois dias dentro de buraco na Bahia


Cunha nega renúncia e diz que estranha operação da PF: 'Não investigam ninguém do PT'

Presidente da Câmara afirmou ainda que foi escolhido para ser investigado: “Sou desafeto do governo, e me tornei mais ainda porque dei curso ao impeachment" (Foto: reprodução)

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirmou nesta terça-feira (15), após a operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão em suas casas em Brasília e no Rio, e em seu escritório, que viu com “estranheza” a ação policial, justamente no dia em que o Conselho de Ética se reuniria para avaliar parecer contra ele. “É estranho que tenha acontecido justamente neste dia, e na véspera da análise do Supremo sobre a comissão do impeachment. O PT é que é responsável pelo assalto à Petrobras, todo dia tem roubalheira do PT e, de repente, a operação é contra o PMDB? Tem alguma coisa estranha no ar.” Cunha também reforçou que não vai renunciar à Presidência da Câmara. “Não tem a menor hipótese de eu renunciar. Sou absolutamente inocente”, destacou, partindo para o ataque ao ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. “O que foi fazer o Cardozo em Curitiba, em reunião durante a madrugada? Isso é que deveria ser alvo de apuração.” O presidente do Conselho de Ética também foi atacado por Cunha: “Todos sabem da dependência do presidente do conselho com [o ministro] Jaques Wagner.”



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário