ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Forró da CDL promete movimentar economia local com dois dias de festa em Brumado

MP-BA aciona Clube de Campo Guanambi e governo municipal por poluição sonora

Atendendo a pedido de Bizuga Ramos, Guilherme Bonfim promove recuperação de trecho entre Av. Centenário e BR-030

Crianças se escondem em areia para não serem mortas pelo próprio pai

Super ofertas do mês de junho da Central das Carnes; confiram

Governo do Estado abre 287 vagas de concurso para a Polícia Penal; salário varia entre R$ 2.601,04 e R$ 4.478,31

Mulher é estuprada quando voltava para casa no município de Tanque Novo

PF vai investigar se houve irregularidades em leilão do governo para compra de arroz

Brumado: Produção do Forró da CDL se reúne com ambulantes para definir o que pode ou não pode ser comercializado dentro do evento

MP recomenda que Município de Anagé rescinda contratos com escritórios de advocacia

Cerimônia do Jaleco de Medicina reuniu estudantes, professores, diretores e autoridades municipais em Guanambi

Brumado: Jovem que atropelou técnica de enfermagem passa por audiência de custódia

Familiares e amigos se despedem de técnica de enfermagem que morreu atropelada em Brumado

Em ação conjunta, MPT-BA age para combater comércio e produção de fogos de artifício clandestinos

Brumado: Vereador Rey de Domingão é condenado por ofensas à ex-secretário do município

Bahia: Jovem é presa suspeita de utilizar dados de vítimas em situação de vulnerabilidade social para solicitar empréstimos

Deputado que associou nordestinos a galinhas que recebem 'migalhas' se torna alvo do conselho de ética

Homem é preso com celular roubado durante aniversário de Brumado

Brumado: PM prende homem com mandado em aberto em festa da cidade

Brumado: PM é denunciado por intolerância religiosa e furto contra monumento do candomblé


E agora José?: Dilma vai bloquear R$ 10 bi do orçamento federal, diz Planalto

(Foto: Reprodução)

A presidente Dilma Rousseff (PT) vai editar um decreto para contingenciar mais de R$ 10 bilhões do Orçamento da União na próxima segunda-feira (30). De acordo com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência, a medida acontece em razão do Congresso Nacional não ter votado ainda a alteração da meta fiscal para este ano. Os gastos afetados pelos cortes ainda não foram divulgados, mas um relatório de receitas e despesas do Orçamento, enviado no último dia 20 pelo governo ao Congresso, alertava para o risco de "graves consequências para a sociedade", como a interrupção de serviços públicos em caso de um novo contingenciamento de despesas, de acordo com o G1. A situação pode ser revertida se o Congresso aprovar a mudança da meta fiscal para um déficit de até R$ 119,9 bilhões. A expectativa do governo era que isso acontecesse na quarta-feira (25), mas a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) e do banqueiro André Esteves impediu a votação da matéria. De acordo com um posicionamento do Tribunal de Contas da União (TCU), se o Congresso Nacional não aprovar a revisão da meta fiscal, o Executivo fica a obrigado a bloquear as verbas discricionárias - não obrigatórias. O governo espera que o Legislativo analise a revisão na próxima semana. O Planalto informou que uma nota técnica será divulgada pelo governo na próxima segunda com as explicações e detalhes do novo contingenciamento no Orçamento. Segundo o Ministério do Planejamento, o corte consiste em retardar ou inexecutar parte da programação de despesas previstas na Lei Orçamentária.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário