ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Clínica Mais Vida informa que estará de recesso entre 22 e 25 de junho

Homens são 98% dos presos por aborto no Brasil, diz Justiça

'Rei da Seresta' é preso após show no interior da Bahia

Brumado: Paulo Henrique é encontrado morto às margens de linha férrea no bairro Dr. Juracy

Justiça mantém multa de R$ 8,6 mi a Oi por propaganda enganosa em emissora de TV

Prefeita do município de Maetinga é alvo de duas CPIs

Vídeo em que advogada aparece chorando junto aos filhos por ter passado no concurso viraliza

Salário médio dos baianos era sexto menor do Brasil em 2022, aponta IBGE

Mulher é presa ao tentar vender filhos na Bahia; uma das crianças tinha 32 dias

OMS alerta sobre lote falsificado de Ozempic encontrado no Brasil

Inverno na Bahia: Cidades baianas devem ter frio de 10ºC

Super ofertas do mês de junho da Central das Carnes; confiram


Delcídio diz à PF que Dilma o consultou sobre nomeação de Cerveró

Delcídio diz à PF que Dilma o consultou em 2003 sobre nomeação de Cerveró na Petrobrás (Foto: Reprodução)

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) disse à Polícia Federal que em 2003 foi consultado pela então ministra de Minas e Energia Dilma Roussef ‘acerca da possível nomeação’ de Nestor Cerveró para a Diretoria Internacional da Petrobrás, mas ressaltou que a petista já tinha uma relação com o executivo. No depoimento, Delcídio confirmou que tratou com o banqueiro André Esteves sobre a situação de Cerveró, que está preso desde janeiro na Operação Lava Jato, contradizendo o banqueiro que em depoimento afirmou que os dois só conversaram sobre conjuntura macroecnômica. A PF questionou ‘se a conversa narrada no diálogo supostamente havido com Esteves realmente ocorreu’. Delcídio respondeu laconicamente que ‘sim’. O diálogo a que se refere a PF foi gravado por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da área Internacional da Petrobrás Nestor Cerveró.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário