ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Com cirurgia marcada, jovem se interna no hospital e lá é informada do cancelamento do procedimento

(Foto: 97NEWS)

Um recente ditado popular da capital do minério que diz “que têm coisas que só acontecem em Brumado” teve mais um episódio na manhã desta terça-feira (29) com o relato da jovem Samara Alves Santos (23) ao apresentador do Jornal da Alternativa Iª Edição, Carlos “Kaká” Silva, onde ela, aos prantos citou que “estava há cerca de 1 ano procurando marcar minha cirurgia de vesícula, já que não estava podendo nem trabalhar. Agora que depois de muita luta tinha conseguido fui surpreendida por um notícia que me abalou e me deixou profundamente chocada, já que eu preciso desse procedimento”. Ela explicou que “ontem, dia 28, fui ao Hospital Magalhães Neto para ser internada e lá fui informada que todas as cirurgias tinham sido canceladas, sendo que a única explicação é que foi uma decisão do prefeito em reunião com o secretário municipal de Saúde”. Samara relatou também que “fui ao Dr. Erickson, que seria o médico que iria fazer a cirurgia e ele me confirmou o cancelamento. Em seguida fui à Central de Marcação, onde fui informada que somente a partir de fevereiro do ano que vem que a cirurgia poderia ser feita, o que me deixou ainda mais revoltada”. E terminou garantindo que “irei procurar o Ministério Público para fazer valer o meu direito que é garantido pelo SUS, porque pelo que estou vendo em Brumado, só irão atender os pacientes quando estes estiveram à beira da morte”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário