ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CIB recomenda retomada imediata da vacinação de adolescentes na Bahia

Brumado: Denúncia contra vereador 'Nem' pede cassação do seu mandato na Câmara

Bahia: Estado tem mais de 1,5 milhão de títulos eleitorais cancelados

Setembro Amarelo - um simples abraço pode salvar uma vida

Brumado: Cabeceira de ponte que liga Centro ao bairro São Felix, cede e preocupa motoristas

Especialistas consideram remota possibilidade de tsunami atingir a costa da Bahia

Brumado: AUCIB convoca associados para assembléia de eleição da nova diretoria

Com ajuda de cão farejador, PRF apreende quase 3 toneladas de maconha em Vitória da Conquista

Anvisa mantém orientação sobre vacinação de adolescentes e contraria determinação do MS

Brumado já registrou 400 furtos de placas de sinalização de trânsito, diz SMTT

Ministério da Saúde suspende por cautela vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos

Bahia: Caetité, Jacobina e Itagibá reuniram 51% da produção mineral em agosto

Em audiência pública, Prefeitura apresenta proposta do Orçamento 2022

Brumado: Horta comunitária vira exemplo de inclusão social e produtiva em Pedra Preta

Itapetinga: Polícia recupera animais furtados avaliados em mais de R$ 100 mil

Coruja branca aparece no centro de Brumado e é resgatada por populares

Relatório mostra efeito da pandemia no mercado de shows no Brasil

Vacinação contra Covid segue para pessoas com 17 anos ou mais em Brumado

Dia 'D' da Campanha Antirrábica será no próximo sábado (18)

Brumado: Casos ativos de Covid-19 continuam caindo no município


Presidente do Sindsemb é muito criticado por falta de pulso firme nas negociações salariais

O presidente do Sindsemb, Edilson Costa, vem sendo muito criticado pela categoria por não obter até o momento um resultado positivo nas negociações com a prefeitura (Foto: Reprodução Facebook)

As negociações salariais entre o Sindsemb e a Prefeitura Municipal já se arrastam por vários meses e, com isso, muitos servidores municipais já estão perdendo a paciência e começam a desferir severas críticas contra o presidente do Sindsemb, Edilson Costa, que está sendo avaliado como incapaz de representar a categoria à altura, pois não vem, segundo eles, mostrando uma vitalidade necessária para obter um resultado positivo neste processo de renegociação salarial. “Ele tinha que nos defender com unhas e dentes, mas não é isso que temos observado infelizmente”, citou um servidor ao 97NEWS, o qual acompanhou do lado de fora a reunião na manhã desta sexta-feira, dia 28, que aconteceu na prefeitura municipal, a qual acabou novamente sem uma definição. A insatisfação dos servidores públicos municipais aumenta cada vez mais e, caso não haja um desfecho positivo, com o pagamento de um reajuste de no mínimo de 8% retroativo a maio, a categoria poderá cruzar os braços e deflagrar uma greve, que não é vista ainda com bons olhos pelo presidente do Sindsemb, que tem o foco nesse momento na luta para que o turnão seja efetivado, no reajuste de 6% e na criação do vale-alimentação, o que já foi totalmente descartado pela atual gestão que garantiu que não há dinheiro no cofre para isso. Na semana que vem irá ser realizada uma assembleia da categoria que acontecerá em forte clima de tensão, onde poderá se confirmar a deflagração de uma greve. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário