ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Nova doença pode gerar pandemia mais letal que Covid-19, alerta especialista

Bahia: Pelo menos dez cidades devem receber vacinas contra Covid-19 nesta segunda

Vacinação contra Covid-19 na Bahia deve durar 16 meses, estima Fábio Vilas-Boas

Profissionais de saúde compõem grupo da 1ª fase de vacinação contra Covid-19 em Brumado, diz secretário

Cidemar vence Covid-19 e tem reencontro emocionante com a família; vídeo

Após veículo capotar duas vezes, família sobrevive a acidente na BR-030 entre Brumado e Ibitira

Sede do Graer abrigará vacinas na Bahia; distribuição será feita com aeronaves

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Enfermeira de São Paulo é 1ª vacinada contra Covid-19 no Brasil

Pax Nacional sempre ao seu lado

Mais da metade dos inscritos falta ao 1º dia do Enem em meio à pandemia

Super promoção da Loja Império 10: duas peças por somente R$ 15

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Bahia: Roças com 120 mil pés de maconha são descobertas em Curaçá

Empresa brumadense vai investir R$ 8 milhões na cidade e gerar novos empregos

Embasa descobre novas ligações clandestinas no distrito de Lagoa Funda, em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Sesab afirma que está preparada para vacinar 5,08 milhões de pessoas na Bahia


Brumado: Major Jocevã comenta operação que desarticulou mini laboratório de entorpecentes

O major Jocevã valorizou muito a desarticulação do mini laboratório de entorpecentes (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Ação realizada com muito sucesso por uma equipe da PETO de Brumado que conseguiu desarticular um mini laboratório clandestino de entorpecentes pode ser apenas a “ponta do iceberg” de um problema grave que é o fato de inúmeros destes artifícios criminosos possam existir pela cidade. Falando à reportagem do 97NEWS o comandante da 34ª CIPM de Brumado, major Jocevã Oliveira relatou que “primeiramente quero parabenizar a equipe de policiais pela ação exitosa, que poderá nos levar a uma ação muito mais complexa e benéfica para a sociedade, já que o problema das drogas é cada vez mais sério”. O major ainda fez questão de explicar que “esse era apenas uma mini laboratório, que funcionava, ainda por cima, de forma itinerante, mas, os indícios são fortes que ele era apenas uma ramificação de uma rede muito maior, que pode revelar vários laboratórios mais bem equipados na cidade”. Ele finalizou destacando que “já acionamos o nosso setor de inteligência e, juntamente com a Polícia Civil, deveremos chegar em breve no laboratório central, que devia ser o destino dos dois elementos que, após terem sido flagrados em atitude suspeita, conseguiram escapar”



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário