ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Quase 400 indicações foram feitas no primeiro semestre deste ano na Câmara de Vereadores

Brumado: Ônibus bate em poste e deixa moradores sem energia elétrica na Av. João Paulo

Morro do Chapéu: Praça com disco voador de 40 toneladas é inaugurada nesta sexta-feira

Presidente sanciona lei que amplia pena para violência contra crianças

Atirador mata 14 estudantes e um professor em escola primária no Texas

Conquista: Justiça cassa mandato de vereador por denúncia de fraude em eleição

UniFG comemora 20 anos com expansão e objetivo de transformar mais vidas pela educação

Câmara de Brumado aprova projetos de lei, requerimentos e indicações

Detran da Bahia implementa cartões de exames eletrônicos durante avaliações para CNH

Brumado: IMEP realizará Cruzada de Cura, Libertação e Milagres no Bairro São Felix

Brumado registra aumento de casos de chikungunya na zona rural

Dr. Felipe Leão, médico da Clínica Mais Vida, alerta sobre a importância da realização do check-up

Após dez meses de trabalho missionário, Jocum pretende construir sede própria em Brumado

412 mil baianos ainda não declararam imposto de renda; prazo acaba em uma semana

PM apreende homem por importunação sexual contra jovem em Aracatu

Presidente da Petrobras é demitido; Caio Mário Paes assume cargo

Varíola dos macacos já está presente em 12 países e já existe quarentena obrigatória para infectados

Vídeo mostra briga generalizada no Show de Gusttavo Lima em Brasília

O outro lado da história: Pai afirma que o parto da filha aconteceu em sua residência

Mãe mata filho de 5 anos em Vitória da Conquista; arma usada no crime pertence ao pai


Idosa e familiares mostram indignação com atendimento no Hospital Magalhães Neto

A senhora Ivone (centro) com seus filhos estão muito indignadas com os diagnósticos contraditórios que foram dados pelos médicos do hospital (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Mais um caso de reclamação contra o Hospital Magalhães Neto chegou à redação do 97NEWS. A aposentada Ivone Ferreira Silva, 75 anos e seus familiares relataram que a idosa foi a primeira vez buscar o hospital e o médico disse que era problema de coluna e passou a medicação, que ela tomou toda. Passados alguns dias ela voltou a ter muitas dores e passou novamente pelo médico, o qual passou o diagnóstico de que era pneumonia. Ela voltou a tomar os medicamentos que eram caros, mas o problema não foi resolvido. Eles ainda disseram que depois dos dois atendimentos com diagnósticos diferentes, eles procuraram um médico particular que deu o diagnóstico de forte inflamação nos nervos e músculos e passou umas injeções que resolveram o problema. Eles ficaram revoltados e até queriam prestar queixa na delegacia, acusando forte contradição nos diagnósticos, que acabaram fazendo uma aposentada de poucos recursos gastar com remédios que não eram para o problema de saúde que ela estava, mas acabaram desistindo. Hoje Dona Ivone está curada e faz um apelo para que se reveja essa questão dos diagnósticos no hospital, pois no caso dela não houve algo grave por ter tomado o medicamento errado, mas podem acontecer outros casos que podem ter agravamentos bem mais sérios, colocando em risco a vida dos pacientes. 



Comentários

  • Alessandro

    "Esse caso, infelizmente não é unico, mas o dia a dia do hospital"

Deixe seu comentário