ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Comprovante de vacinação passa a ser exigido em delegacias da Bahia

Piloto morre após queda de avião em Luís Eduardo Magalhães

Vitória da Conquista: Terreiros de religiões de matriz africana ganham imunidade tributária

Brumado registrou 178 casos ativos de Covid-19 na sexta-feira

Família é feita refém e torturada durante assalto na zona rural de Brumado

Morre aos 94 anos, a mãe do presidente Jair Bolsonaro

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Guanambi

Na Bahia, 283 servidores que não comprovaram vacinação serão afastados por 90 dias

Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Brumado: Ambulância atropela e mata cavalo na BA-262

36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente após surto de Covid-19

Ataque hacker ultrapassa 24 horas e sites do governo ainda estão fora do ar

Dr. Igor Malaquias foi o entrevistado do Tema Livre Podcast desta semana

Bahia: Governador anuncia redução de 3 mil para 1,5 mil pessoas em eventos

Brumado: Presidente da Câmara testa positivo para Covid pela 3ª vez

Policiais civis aprovam estado de greve na Bahia

Site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia é hackeado

Prefeitura de Brumado vai iniciar reformas em casas atingidas pelas chuvas

Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Brumado registra 36 novos casos de coronavírus em 24h


Dono de lava-jato esclarece que veículo envolvido em ação policial não era roubado

O proprietário do lava-jato fez questão de esclarecer os fatos (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Uma operação realizada pelo TOR – Tático Operacional Rodoviário na última segunda-feira, dia 21, na BA-148 nas proximidades de Livramento (clique), acabou resultando na prisão de três suspeitos de estarem com um carro roubado, sendo que um dos ocupantes do veículo estava portando um revólver. Diante do fato, dois dos envolvidos procuraram a redação do 97NEWS para buscar esclarecimentos sobre o que eles denominaram “um equívoco e um desencontro de informações”. O dono do veículo envolvido no assalto, que preferiu ter a sua identidade preservada, garantiu que “em momento algum houve roubo ou furto do veículo, pois sou cliente do lava-jato em que deixou o carro há muito tempo e nunca houve nada de errado, tanto que vou continuar sendo cliente, pois sempre confiei e continuou confiando nos serviços prestados”. O proprietário do lava-jato onde o veículo foi deixado, Maxuel Resende dos Santos, também fez questão de se pronunciar citando que “foi um erro grosseiro, pois o veículo não foi roubado não, eu estava utilizando, pois estava sob a minha responsabilidade, tanto que o próprio dono do carro comprova isso”. Ele também comentou que “a questão da arma está errada, mas já foi esclarecida na delegacia, pois não era minha e nem do meu colega e sim de pessoa que pegou carona com a gente que assumiu a culpa”. O caso ainda continua sendo investigado pela Polícia. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário