ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Chuvas abaixo da média na Bahia previstas para junho podem afetar safra de milho, aponta Inmet

Centro Espírita promove feijoada beneficente em Brumado neste domingo (26)

Tudo pronto para o Forró do Sítio Novo 2024 as 17h

PF fecha empresas de segurança que atuavam de forma ilegal em Vitória da Conquista e em mais 16 cidades da Bahia

Prefeitura de Brumado confirma realização de eventos juninos na cidade

Anagé: Policial denunciado pelo MP por estupro de vulnerável é preso no sul baiano

CDL de Brumado solicita instalação de semáforos em vias do centro comercial

Embasa e Bahiagás firmam protocolo de intenção para geração de bioenergia

Policiais de São Paulo poderão parar gravação de nova câmera corporal quando quiserem

Cidade do norte da Bahia registra 88 tremores de terra em um dia

Cem quilos de maconha são apreendidos pela Polícia em Guanambi

Brasil poderá dobrar produção de gás natural em 4 anos

Sextou! Faça seu pedido de frutas e verduras fresquinhas em Bete Fruits


Que mundo é esse?: Bebê de pouco mais de 1 ano morre após engolir 12 pedras de crack da própria mãe

(Foto: Reprodução)

Uma tragédia chocou os moradores do Paraná na última semana. Um bebê de um ano e quatro meses engoliu 12 pedras de crack da mãe e morreu. De acordo com matéria publicada pelo site R7, a criança ficou internada em coma durante onze dias no Hospital Pequeno Príncipe, na capital paranaense. O corpo foi liberado no período da tarde pela avó materna no IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba. A mãe admitiu que a droga ingerida pelo filho pertencia a ela. Ainda segundo a publicação, que a criança pegou a droga do lado da cama. A mãe da criança, que não teve o nome divulgado, tem passagens por receptação e segundo a polícia, há duas semanas vinha traficando crack. Ela foi presa e será indiciada por abandono de incapaz e maus-tratos. O corpo da criança foi velado em Paranaguá, litoral paranaense.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário