ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vitória da Conquista registra aumento no número de picadas de escorpiões

Maxxnet lança promoção para o Dia dos Pais

WhatsApp já permite sair de grupo sem alarde e escolher quem pode ver você online

Parque Tecnológico da Bahia irá receber mais de R$ 9 milhões de investimento

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Brumado: Adolescente de 14 anos é encontrada na casa de uma amiga

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Brumado: Família pede ajuda para localizar adolescente de 14 anos

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Brumado: Polícia apreende homem após colocar fogo em residência no bairro Olhos D'água

Seleção de advogados de Brumado vence Serrinha e avança para semifinal da Copa CAAB

Empresa Gel Sol de Brumado recebe prêmio nacional da Intelbras

Brumado: Município investiga primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

MP da Bahia lança novo número para atendimento ao cidadão

Inflação muda comportamento dos brasileiros, diz pesquisa

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

TSE divulga patrimônio de sete presidenciáveis; o maior valor ultrapassa 24 milhões

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vem aí o 13º Agosto Gospel


Que mundo é esse?: Bebê de pouco mais de 1 ano morre após engolir 12 pedras de crack da própria mãe

(Foto: Reprodução)

Uma tragédia chocou os moradores do Paraná na última semana. Um bebê de um ano e quatro meses engoliu 12 pedras de crack da mãe e morreu. De acordo com matéria publicada pelo site R7, a criança ficou internada em coma durante onze dias no Hospital Pequeno Príncipe, na capital paranaense. O corpo foi liberado no período da tarde pela avó materna no IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba. A mãe admitiu que a droga ingerida pelo filho pertencia a ela. Ainda segundo a publicação, que a criança pegou a droga do lado da cama. A mãe da criança, que não teve o nome divulgado, tem passagens por receptação e segundo a polícia, há duas semanas vinha traficando crack. Ela foi presa e será indiciada por abandono de incapaz e maus-tratos. O corpo da criança foi velado em Paranaguá, litoral paranaense.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário