ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Chuvas abaixo da média na Bahia previstas para junho podem afetar safra de milho, aponta Inmet

Centro Espírita promove feijoada beneficente em Brumado neste domingo (26)

Tudo pronto para o Forró do Sítio Novo 2024 as 17h

PF fecha empresas de segurança que atuavam de forma ilegal em Vitória da Conquista e em mais 16 cidades da Bahia

Prefeitura de Brumado confirma realização de eventos juninos na cidade

Anagé: Policial denunciado pelo MP por estupro de vulnerável é preso no sul baiano

CDL de Brumado solicita instalação de semáforos em vias do centro comercial

Embasa e Bahiagás firmam protocolo de intenção para geração de bioenergia

Policiais de São Paulo poderão parar gravação de nova câmera corporal quando quiserem

Cidade do norte da Bahia registra 88 tremores de terra em um dia

Cem quilos de maconha são apreendidos pela Polícia em Guanambi

Brasil poderá dobrar produção de gás natural em 4 anos

Sextou! Faça seu pedido de frutas e verduras fresquinhas em Bete Fruits


Bandidos invadem residência no Bairro São Felix e fazem família de refém

(Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Uma família residente no Bairro São Felix passou momentos de terror na manhã desta segunda-feira, dia 30, na mão de dois bandidos que fizeram os membros de reféns. Segundo relatos passados para a reportagem do 97NEWS, dois meliantes em uma motocicleta, usando capacetes fechados chegaram a casa por volta das 07h e rapidamente renderam as pessoas. No momento estava na casa um senhor de idade, uma mulher e uma criança na casa, os quais foram colocados no chão enquanto os assaltantes exigiam “queremos o malote, onde está o malote”. Ouvidos pela nossa reportagem os moradores relatam que o medo e o pavor tomaram conta deles, pois não existia malote nenhum na casa, o que fez com que os elementos saíssem sem roubar nada do local. A possibilidade é que os bandidos tenham sido informados que o chefe da família, que no momento já tinha saído para trabalhar, atuaria no setor de transportes de valores de uma empresa, o que foi desmentido pela família. Não há pistas sobre os elementos, pois eles ficaram os capacetes fechados o tempo todo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário