ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Homem é preso por tentativa de feminicídio contra a companheira no residencial Brisas II

Brumado: Major PM Leila Silva realiza sua primeira visita institucional à 20ª Coorpin

Brumado: Com redução de casos, Sesau encerra atividades de UTIs Covid

Mãe e filho morrem após casa onde moravam pegar fogo em Vitória da Conquista

Governo da Bahia aumenta público de eventos para 1,1 mil pessoas

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Vereadora Verimar solicita instalação de equipamentos adaptados em praça pública para crianças com deficiência física

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)


Morre aos 82 anos o jornalista e ex-deputado Prisco Viana

Prisco Viana foi sete vezes deputado pela Bahia (Luciano da Matta | Ag. A TARDE)

Morreu na madrugada desta quinta-feira, 26, em Brasília, o jornalista e ex-deputado federal Luiz Humberto Prisco Viana, que estava com 82 anos. Nascido na cidade baiana de Caetité, Prisco Viana foi sete vezes deputado federal pelo estado, duas vezes ministro e candidato ao governo da Bahia em 2002. Na área de comunicação, foi diretor da Imprensa Oficial de Ilhéus e redator da Assembleia Legislativa da Bahia, sendo nomeado Secretário de Comunicação durante o governo Luís Viana Filho em 1967, cargo que deixou para ingressar na política. Os colegas de profissão lembram do jornalista como um homem honesto e de bom caráter, que exerceu a política de uma forma transparente e ética.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário