ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo federal vai cortar R$ 8,2 bi em verbas de ministérios

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Peritos médicos do INSS encerram greve e voltam a atender na próxima segunda (23)

Bahia: IBGE divulga resultado da seleção do Censo 2022

Em visita à Brumado, ACM Neto critica segurança pública da Bahia

Governo do Estado vai autorizar obras de abastecimento de água, estrada e esportes em Brumado

Elon Musk visita o Brasil para discutir conectividade e proteção da Amazônia

Você sabe quando deve consultar o endocrinologista? Especialista da Clínica Mais Vida orienta sobre principais sintomas

Mais de 12 mil raios atingiram Bahia na última quarta-feira, dia 18

Estado da Bahia utilizará mesma tecnologia em segurança usada em Nova Iorque

Garimpo ilegal movimentou mais de R$ 200 milhões no Brasil

Brumado: Superintendente da SMTT acredita que ‘polêmica’ com radares é apenas uma questão de adaptação

Brumado: Em coletiva, pré-candidato ACM Neto critica péssimos índices na segurança da Bahia e defendeu mudança de postura


Governo aumenta IPI para linha branca e móveis

O secretário de política econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, informou nesta sexta-feira (27) que  o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos produtos da linha branca e dos móveis, reduzido no ano passado, voltará a subir a partir de 1º de outubro, porém abaixo do previsto anteriormente. Segundo o secretário de Política Econômica a recomposição foi tomada com base no atual desempenho da economia. “Estamos observando que a economia no segundo semestre está apresentando bom comportamento. Vendas estão indo bem nestes setores, a produção está regular e o nível de utilização da capacidade instalada está regular”, disse. A alíquota para o fogão passará de 3% para 4%; da geladeira, de 8,5% para 10%; do tanquinho, de 4,5% para 5%, da máquina de lavar, permanecerá em 10%; e de móveis e painéis, subirá de 3% para 3,5%. O secretário ressaltou que alíquotas valem até o dia 31 de dezembro. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário