ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

LAB: Vamos cuidar daqueles que amamos

Rui autoriza retomada do transporte coletivo intermunicipal em toda a Bahia

Covid-19: Pandemia não impede campanha 'corpo a corpo' entre candidatos em Brumado

Brumado: Há 14 anos filha procura por mãe que separou do pai quando ela ainda tinha 12 anos

BA-148: Motorista fica ferido após colisão entre carro e caminhão em Livramento de Nossa Senhora

BA-262: Queimada às margens de rodovia chama a atenção de motoristas, veja

1.185 pacientes foram curados da Covid-19 em Brumado

Caetité: Hospital do Câncer será entregue em novembro

Bahia: Há mais de uma semana vegetação do interior sofre com incêndios

Brumado: MP pede anulação da comissão do processo de cassação do prefeito Eduardo Vasconcelos

Brumado: Venha conhecer a loja Império 10

Eleições 2020: Médico Geraldo Azevedo tem candidatura a prefeito registrada no TSE

Mais de 20 animais são envenenados e mortos na região da Feira Livre em Brumado

Ministro da Saúde reedita portaria sobre aborto legal no Brasil

Força-tarefa que investiga desvio de recursos para combate à Covid-19 cumpre mandados na Bahia

Dermatologista da Clínica Mais Vida, Dra. Stéphane Spínola, retorna destacando a importância dos cuidados com a pele

Covid-19: 136 pacientes estão em tratamento em Brumado

Guanambi: Chefe do tráfico morre em confronto com a Cipe/Sudoeste no distrito de Ceraíma

Animais de rua ganham abrigo e comedouro em quatro bairros de Vitória da Conquista

'Não quero ser responsável pela morte de alunos', afirma governador sobre volta às aulas na Bahia


Casal é preso depois de comprar bebê por R$ 5 mil

(Foto: Reprodução)

Um casal foi preso em Feira de Santana acusado de comprar um bebê de oito dias de vida. O menino nasceu em Fortaleza, de onde é sua família. Ailton Cerqueira Chagas, 39 anos, e a mulher, de prenome Ana, foram até a cidade e voltaram com a criança. Os dois responderão por adoção ilegal. Segundo informações da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), a informação chegou depois da denúncia. A avó biológica da criança está em Feira de Santana e será ouvida. A Polícia Federal também se envolveu na operação e a mãe da criança deve ser ouvida em Fortaleza, mas ainda não há informação. Em depoimento, Ailton e Ana disseram que souberam através de conhecidos que havia uma mulher grávida que estava disposta a abrir mão do filho e negociaram para comprar o garoto e criá-lo. Apesar do depoimento, a polícia duvida da versão e acredita que eles fazem parte de uma rede de tráfico humano. A participação dos dois em uma quadrilha está sendo investigada. O valor da negociação teria sido de R$ 5 mil, mas nenhum dos dois quis dizer no depoimento quanto pagou pelo menino.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário