ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Fisioterapeuta da Clínica Mais Vida fala sobre a importância da fisioterapia no alívio das dores causadas pela Chikungunya

Bahia ocupa 3° lugar no ranking nacional de habitações precárias, aponta fundação

Sindicato dos Comerciários conquista vários benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Brumado e Região

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Neste domingo (15) haverá o fenômeno 'Lua de Sangue' triplamente especial

Sabadão! Tudo pronto para a festa 'Apaixona Brumado' no espaço Popeye Prime

STF suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel a pedido do Governo Federal

Anvisa e Butantan se reúnem para tratar da CoronaVac para crianças


Preocupada com 'más companhias', mãe amarra filha com corrente

(Reprodução)

Uma mãe prendeu uma corrente em uma das pernas da filha de 14 anos, no município de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, e foi alvo de denúncias anônimas. De acordo com o Conselho Tutelar da cidade, o comunicado chegou à unidade na tarde de quinta-feira (8) e foi confirmada pelos agentes que estiveram na casa da família da jovem, no Conjunto Europa Unida, no bairro Nova Cidade. Conforme a coordenadora do Conselho Tutelar, Cristina Fagundes, a mãe da adolescente contou que tomou a decisão porque estava preocupada com futuro da menina, que estaria andando com pessoas envolvidas com drogas. A mãe ainda disse para a polícia que a jovem costumava sair de casa em um dia e voltar só no outro. Segundo Cristina Fagundes, a corrente com cadeado foi presa em apenas uma das pernas, mas não impedia locomoção da jovem, já que não estava presa a nenhuma estrutura. "A mãe disse que colocou para que ela se sentisse envergonhada e não sair", esclareceu.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário