ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo federal vai cortar R$ 8,2 bi em verbas de ministérios

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Peritos médicos do INSS encerram greve e voltam a atender na próxima segunda (23)

Bahia: IBGE divulga resultado da seleção do Censo 2022

Em visita à Brumado, ACM Neto critica segurança pública da Bahia

Governo do Estado vai autorizar obras de abastecimento de água, estrada e esportes em Brumado

Elon Musk visita o Brasil para discutir conectividade e proteção da Amazônia

Você sabe quando deve consultar o endocrinologista? Especialista da Clínica Mais Vida orienta sobre principais sintomas

Mais de 12 mil raios atingiram Bahia na última quarta-feira, dia 18

Estado da Bahia utilizará mesma tecnologia em segurança usada em Nova Iorque

Garimpo ilegal movimentou mais de R$ 200 milhões no Brasil

Brumado: Superintendente da SMTT acredita que ‘polêmica’ com radares é apenas uma questão de adaptação

Brumado: Em coletiva, pré-candidato ACM Neto critica péssimos índices na segurança da Bahia e defendeu mudança de postura


Mãe obrigada a assistir estupro da filha pelo padrastro

Um homem foi preso acusado de estuprar a enteada de 12 anos em São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador. Segundo testemunhas, o homem teria usado um facão para ameaçar a vítima. De acordo com a polícia, o acusado estuprou a menina e ainda obrigou a mãe a assistir a toda a violência.

 

A mãe contou que o homem, com quem vive há três anos, bateu nela e na filha com o facão. Depois, a colocou no quarto junto com a adolescente de 12 anos e começou a fazer sexo com a menina na frente dela. A mulher disse que ele tapou a boca da vítima para não poder gritar.

 

 “Ele pegou o facão e disse que se a gente gritasse cortava o meu pescoço e o dela com o facão”. Mãe e filha prestaram queixa na 23ª DT (Delegacia Territorial) de Lauro de Freitas, também na região metropolitana de Salvador. A menina passou por exame de corpo de delito, que comprovou e estupro cometido por Ailton Santos Quirino, 23 anos.

 

A polícia apreendeu o facão usado pelo acusado para agredir mãe e filha. Quirino foi preso em flagrante e disse que estava sob efeito de álcool. A polícia chegou até o local após denúncia de vizinhos. O homem, que diz trabalhar de marisqueiro, já estava se preparando para ir embora quando a Polícia Militar chegou. O homem foi enquadrado pela Lei Maria da Penha e por estupro de vulnerável e vai ficar à disposição da Justiça.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário