ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Sindicato dos Comerciários conquista vários benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Brumado e Região

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Neste domingo (15) haverá o fenômeno 'Lua de Sangue' triplamente especial

Sabadão! Tudo pronto para a festa 'Apaixona Brumado' no espaço Popeye Prime

STF suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel a pedido do Governo Federal

Anvisa e Butantan se reúnem para tratar da CoronaVac para crianças


Postos de Brumado, Caetité e Guanambi vendem a gasolina mais cara da Bahia

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Os municípios de Brumado, Caetité e Guanambi estão entre as cidades que vendem a gasolina mais cara da Bahia. Das seis cidades com o produto mais caro, quatro são destas regiões. Os dados são da última pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgada na última segunda-feira (24). Segundo o site Agência Sertão, o município de Caetité lidera a lista de cidades onde os postos vendem a gasolina mais cara da Região. Nos sete estabelecimento pesquisados na cidade, o preço varia de R$ 7,397 e R$ 7,418, média de R$ 7,405. As exceções das primeiras colocadas são Juazeiro, no Vale São-Franciscano, e Eunápolis, no Extremo-Sul. As duas cidades ocupam respectivamente a segunda e terceira colocação, com o litro da gasolina custando em média R$ 7,375 e R$ 7,356. Na quarta colocação aparece o município de Brumado, onde a gasolina foi comercializada na última semana a preço médio de R$ 7,254. Na sequencia aparece Vitória da Conquista, com média de R$ 7,206 e Guanambi, com R$ 7,097. Por outro lado, colocando a média geral para baixo, Feira de Santana ainda tem gasolina sendo vendida entre R$ 6,38 e R$ 6,93. A média dos 23 postos pesquisados é de R$ 6,515. 

 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Lauro de Freitas tem o segundo combustível mais barato, com preço médio de R$ 6,55. De acordo com a pesquisa da ANP, o preço médio da gasolina na Bahia saltou de R$ 6,68 para R$ 6,83 nas primeiras semanas de 2022, alta de 2,23%. Por conta da coleta ter sido iniciada no começo da semana, a pesquisa ainda não captou os dois últimos aumentos anunciados pela Acelen, empresa que assumiu a Refinaria de Mategipe, privatizada pela Petrobras e responsável por cerca de 90% do combustível comercializado no Estado. Desde 1º de janeiro, o preço da gasolina subiu três vezes na refinaria. O acumulado é de R$ 0,25 por litro. Também houve reajustes no óleo diesel. Além dos reajustes da Acelen, nos próximos dias deve ser divulgado o novo preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) para incidência do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Governos estaduais de todo o país decidiram congelar o valor de referência por três meses e este prazo termina no próximo dia 31. Na Bahia, o PMPF para gasolina foi congelado em R$ 6,044, que corresponde a R$ 1,69 de imposto por litro de gasolina, levando em consideração a alíquota de 28%.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário