ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Justiça cassa mandato de vereador por denúncia de fraude em eleição

UniFG comemora 20 anos com expansão e objetivo de transformar mais vidas pela educação

Detran da Bahia implementa cartões de exames eletrônicos durante avaliações para CNH

Brumado: IMEP realizará Cruzada de Cura, Libertação e Milagres no Bairro São Felix

Brumado registra aumento de casos de chikungunya na zona rural

Dr. Felipe Leão, médico da Clínica Mais Vida, alerta sobre a importância da realização do check-up

Após dez meses de trabalho missionário, Jocum pretende construir sede própria em Brumado

412 mil baianos ainda não declararam imposto de renda; prazo acaba em uma semana

PM apreende homem por importunação sexual contra jovem em Aracatu

Presidente da Petrobras é demitido; Caio Mário Paes assume cargo

Varíola dos macacos já está presente em 12 países e já existe quarentena obrigatória para infectados

Vídeo mostra briga generalizada no Show de Gusttavo Lima em Brasília

O outro lado da história: Pai afirma que o parto da filha aconteceu em sua residência

Mãe mata filho de 5 anos em Vitória da Conquista; arma usada no crime pertence ao pai

Após suspender visita à Brumado nesta segunda-feira (23), Rui Costa anuncia para quarta-feira (25) assinatura de obras no município

Brumado: Projovem abre inscrições em Brumado; saiba mais

Brumado: Em coletiva, ACM Neto criticou atualização das alíquotas como fator para elevação do combustível na Bahia

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Brumado: Município tem aumento de 100% em número de crianças com síndromes respiratórias

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações


Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A investigação feita pelo Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo concluiu que não há relação entre a parada cardíaca sofrida por uma criança de 10 anos e a vacina contra a Covid-19. O caso aconteceu na última terça-feira (18), na cidade de Lençóis Paulista, quando uma menina recebeu a primeira dose da vacina pediátrica da Pfizer e cerca de 12 horas depois teve uma parada cardíaca. A análise é de que o episódio foi causado por uma doença congênita rara, condição que ainda não era conhecida pela família. Outro fator relevante foi o curto intervalo entre a aplicação e a parada cardíaca. Segundo especialistas ouvidos pela Folha de S. Paulo, esse intervalo descaracteriza a hipótese de uma miocardite causada pela vacina. A campanha de vacinação de crianças segue suspensa na cidade de Lençóis Paulista.  A menina apresenta quadro de saúde estável e está em observação em um hospital de Botucatu, para onde foi transferida. As demais crianças vacinadas no mesmo dia estão sendo monitorada pelo Centro de Vigilância Epidemiológica e nenhuma apresentou reação até o momento.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário