ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Guanambi

Na Bahia, 283 servidores que não comprovaram vacinação serão afastados por 90 dias

Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Brumado: Ambulância atropela e mata cavalo na BA-262

36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente após surto de Covid-19

Ataque hacker ultrapassa 24 horas e sites do governo ainda estão fora do ar

Dr. Igor Malaquias foi o entrevistado do Tema Livre Podcast desta semana

Bahia: Governador anuncia redução de 3 mil para 1,5 mil pessoas em eventos

Brumado: Presidente da Câmara testa positivo para Covid pela 3ª vez

Policiais civis aprovam estado de greve na Bahia

Site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia é hackeado

Prefeitura de Brumado vai iniciar reformas em casas atingidas pelas chuvas

Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Brumado registra 36 novos casos de coronavírus em 24h

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em Rio do Pires

Turismo nacional fechou novembro com faturamento de R$ 14,7 bilhões

Casal com criança de colo é flagrado com 14 kg de maconha e cocaína na Bahia

Matrícula na rede estadual de ensino começa na próxima segunda

Faustão é diagnosticado com Covid-19 e programa é suspenso na Band

Você sente muita fome a noite? Nutricionista da Clínica Mais Vida explica os motivos e o que fazer para diminuir


Decreto obriga bares e restaurantes a exigirem comprovante de vacina na Bahia

Foto: Luciano Santos l 97News

Bares e restaurantes de toda Bahia serão obrigados a exigir comprovante de vacinação aos clientes. A medida foi divulgada no Diário Oficial do Estado na terça-feira (11), após ser anunciada pelo governador Rui Costa na segunda (10). "No caso dos bares e restaurantes nós não limitamos a quantidade de pessoas, mas será obrigatório a exigência do passaporte da vacina. Isso vale para todos os ambientes onde as pessoas precisam tirar as máscaras. A entrada (nesses espaços) será permitida apenas para pessoas vacinadas", afirmou. O texto diz que "Os bares, restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos similares funcionarão com acesso condicionado" à comprovação da vacina. A vacinação deverá ser comprovada mediante apresentação do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid obtido através do aplicativo "Conect SUS" do Ministério da Saúde. A pessoa deverá ter tomado as duas doses, ou a dose única (no caso da Janssen), ou ao menos uma dose no caso de crianças e adolescentes. As crianças que ainda não foram incluídas no plano de imunização não precisarão do comprovante.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário