ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Morre aos 94 anos, a mãe do presidente Jair Bolsonaro

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Guanambi

Na Bahia, 283 servidores que não comprovaram vacinação serão afastados por 90 dias

Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Brumado: Ambulância atropela e mata cavalo na BA-262

36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente após surto de Covid-19

Ataque hacker ultrapassa 24 horas e sites do governo ainda estão fora do ar

Dr. Igor Malaquias foi o entrevistado do Tema Livre Podcast desta semana

Bahia: Governador anuncia redução de 3 mil para 1,5 mil pessoas em eventos

Brumado: Presidente da Câmara testa positivo para Covid pela 3ª vez

Policiais civis aprovam estado de greve na Bahia

Site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia é hackeado

Prefeitura de Brumado vai iniciar reformas em casas atingidas pelas chuvas

Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Brumado registra 36 novos casos de coronavírus em 24h

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em Rio do Pires

Turismo nacional fechou novembro com faturamento de R$ 14,7 bilhões

Casal com criança de colo é flagrado com 14 kg de maconha e cocaína na Bahia

Matrícula na rede estadual de ensino começa na próxima segunda

Faustão é diagnosticado com Covid-19 e programa é suspenso na Band


SESOC garante suporte a moradores em situação de risco durante chuvas em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Secretária de Ação Social do município de Brumado, Ednéia Ataíde, em entrevista ao site 97NEWS, afirmou que já está assistindo os moradores afetados em decorrência das chuvas intensas que assolam o município (veja aqui). Segundo Ataíde, desde que foi informada sobre as primeiras ocorrências de desabamento na cidade, a Pasta, juntamente com outros órgãos empreende esforços para prestar assistência às famílias que se encontravam em vulnerabilidade social. "Nós fizemos uma reunião com as três secretarias logo no início da semana, para discutirmos medidas de urgência. A primeira delas é claro, a visita imediata da Defesa Civil para avaliar os riscos. Em seguida a nossa equipe da SESOC faz um relatório social das famílias, e assim que o relatório é feito, definimos o que podemos fazer em cada situação", afirma. 

 

Frente da casa que caiu no Bairro São Felix - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Questionada sobre a possibilidade de abrigar essas famílias em residências do Programa Minha Casa, Minha Vida, a secretária afirmou que não tem autonomia para a ação. "Infelizmente não temos autorização para que as famílias entrem nessas casas que estão vazias. Essa parte cabe a Caixa Econômica, nosso vínculo com o programa do Minha Casa, Minha Vida é de apenas fiscalizar e enviar relatórios", disse. As famílias retiradas de áreas de risco pela Prefeitura Municipal, estão sendo abrigadas em casas de parentes ou vizinhos. Os afetados cobram da SESOC o Auxílio Aluguel, o que ainda não foi confirmado pela Pasta. Por fim, destaca-se que as equipes da Secretaria de Ação Social e da Secretaria de Infraestrutura estão à disposição da população e averiguando todas as informações e denúncias a respeito de possíveis existência de pessoas em locais de risco. Os telefones são: 77 3441-8701 / 3441-8790 / 3441-8791.

 



Comentários

  • Juliana

    "Essa casa que caiu na Bocaiuva é da minha tia, estava emprestada pra minha prima. Ficamos muito triste com ocorrido, e espero que a defesa Civil e a prefeitura tenham alguma solução. Graças a Deus que a minha prima tem familiares que podem auxilia-la ai e não ficará desamparada. Fico com coracao apertado em saber que tem famílias que não tem o mesmo amparo. Que Deus venha guardar a todos."

Deixe seu comentário