ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas

Novas regras da Tarifa Social devem beneficiar mais de 11 milhões de pessoas

Polícia extermina plantação com mais de 18 mil pés de maconha em Curaçá

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Divulgado o calendário de funcionamento do comércio no mês de dezembro

Mês de novembro apresentou menor número de mortes violentas na Bahia

Região Nordeste concentra quase metade das pessoas em situação de miséria, aponta IBGE

Nordeste: Comitê Científico do Consórcio recomenda cancelamento de Réveillon e Carnaval

Brumado: Após passar pela Secretaria Municipal de Esportes, Paulo Sérgio volta a presidência da LBF

Agência é explodida em Iguaí, Sudoeste do Estado

Bahia recebe 150 mil doses de vacina BCG após municípios enfrentarem desabastecimento


Com quase 3 milhões de faltosos, Bahia pode perder doses de vacina contra a Covid

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Bahia pode perder, em breve, doses de vacina contra a Covid-19 por falta de procura da população. Os números atualizados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) na quarta-feira (24) apontam que 2,9 milhões de baianos estão com o esquema vacinal atrasado, levando em conta a segunda dose e a dose de reforço. Ainda de acordo com a Sesab, dos faltosos da segunda dose, 341.494 tomaram a vacina Coronavac; 358.796 Oxford/AstraZeneca; e 1.219.490 Pfizer/BioNTech. Já com relação à terceira dose, 1.013.074 de pessoas já poderiam ter recebido o imunizante. O alerta que fica é para a possibilidade de perda de doses, caso as pessoas não compareçam aos postos de saúde. Segundo epidemiologista ouvida pelo jornal Correio, as doses da Pfizer, por exemplo, devem ser administradas até 31 dias após recebidas, por conta de especificidades no armazenamento. Só em Salvador são mais de 70 mil pessoas que ainda não foram tomar a primeira dose da vacina. Outras 283 mil não buscaram a segunda dose e mais 156 mil não tomaram a dose de reforço.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário