ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Trabalhadores da Endicon são demitidos e temem 'calote' de empresa

Brumado: Preso em flagrante tem ataque de fúria, agride policiais e quebra objetos de delegacia

PM apreende drogas e pássaros silvestres em Rio de Contas

Acesse a TV Templo dos Milagres no Youtube e seja abençoado

Brumado: Mega estrutura está sendo montada para o Verão VIP com ingressos limitados

O Tema Livre Podcast desta semana recebeu o 'MC Naip Bronka'

Brumado: Subnotificação dos casos de Covid esconde números reais da doença

Cinco morrem e mais de 70 são presas em operação da PM na Bahia

Homem mata pastora de 84 anos a pauladas na porta de igreja

Há 41 anos, mulher procura avós que possivelmente moram em Brumado ou Caetité

Operação Força Total intensifica policiamento na Bahia

Dr. Felipe Leão, médico da Clínica Mais Vida, alerta sobre a importância da realização do check-up

Operação da PF prende homem que divulgou vídeo de estupro de criança

Bradesco fecha sua agência em Brumado após funcionário testar positivo para Covid-19


Jânio Quadros: Mulher tem corpo marcado com faca após se recusar a fazer sexo

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Uma jovem de 26 anos foi vítima de mais uma tentativa de feminicídio na madrugada do último sábado (6) no município de Presidente Jânio Quadros, a 93 km de Brumado. Em entrevista ao site 97NEWS, a jovem que preferiu não se identificar, por questões de segurança, afirma que teria se recusado a manter relações sexuais com um homem, que então a atacou, desferindo golpes de faca em seu pescoço e tórax. Segundo a vítima, na noite do crime, ela e alguns amigos saíram para uma festa na cidade. No entanto, ao retornar para a sua residência, pegou carona com um desconhecido. "Na volta pra casa, o carro em que estávamos quebrou. Nesse intervalo, eu fui pra minha casa, porque eu moro só. E ai ele veio comigo pra não ficar na estrada a noite, e dentro da minha casa ele tentou tirar minha roupa, forçando uma relação sexual. Como eu me recusei, ele foi na cozinha e pegou uma faca", afirma a vítima. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

De acordo com ela, a sessão de tortura não parou, ainda insistindo no ato sexual, o homem desferiu alguns golpes em seu pescoço, tórax e inseriu o dedo em sua garganta. "Ele me puxou a força, mas eu não queria porque ele é casado, com isso ele me agrediu", diz. O episódio só não teve um desfecho ainda mais trágico porque por volta de 02h ela conseguiu gritar por socorro e o acusado fugiu do local. "Conseguir gritar por socorro e falei que iria chamar a Polícia, a partir dai, ele fugiu", conta. Nesta quinta-feira (11), a vítima veio até a sede da 20ª Coorpin de Brumado para registrar o Boletim de Ocorrência. Ela foi ouvida pela autoridade policial e aguarda a abertura do inquérito. O acusado também foi intimado para ser ouvido.

A vítima teve ferimentos após o acusado inserir o dedo na garganta - Foto: Arquivo Pessoal


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário