ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Petrobras sobe novamente preços da gasolina e do diesel

Brumado: OAB vai acionar prefeito na Justiça após decreto que liberou uso de máscaras

Brumado: Colisão lateral entre veículo de passeio e moto deixa dois feridos na BA-148

Motociclista de 42 anos morre em acidente na BA-148

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Obras da Fiol entre Ilhéus e Caetité vai gerar até 60 mil novos empregos

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Após EUA transplantar rim de porco para paciente com morte cerebral, Brasil deve iniciar testes

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Governo Federal diz que não interferirá em preços de combustíveis

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Governo da Bahia assina contrato de R$ 53 mi para colocar presídio de Brumado em funcionamento

RotSat: Conheça o nosso site com 'Menu' de acesso rápido

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Homem apontado como mandante da morte de médico em Barra se entrega à polícia

Bahia: Chuvas ajudam na redução de incêndios florestais na Chapada Diamantina

Operação constata desmatamento ilegal em cerca de 589 hectares na Bahia

Trem carregado com cimento descarrila em área residencial de Brumado

Brumado: Mulher que tentou matar a filha envenenada com chumbinho foi presa após condenação da Justiça


Brasil: Bolsonaro afirma que extrapolou durante discursos nas manifestações de 7 de Setembro

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, em entrevista à revista Veja, que extrapolou durante discursos golpistas nas manifestações de 7 de Setembro e que muitos de seus apoiadores esperavam que ele "chutasse o pau de barraca". Ao explicar o seu recuo com uma carta escrita com a ajuda do ex-presidente Michel Temer (MDB), porém, disse que preferiu "acalmar tudo". Segundo ele, não há chance de "melar a eleição", como já chegou a ameaçar. "Esperavam que eu fosse chutar o pau da barraca. Você imagina o problema que seria chutar o pau da barraca", disse Bolsonaro, que ainda afirmou na entrevista que não convocou as manifestações. Porém, vale lembrar que o presidente incentivou os atos nas semanas anteriores, adotando um tom golpista. Ao dizer que extrapolou em algumas falas em São Paulo, Bolsonaro não explicou quais. "Eu vinha falando que estamos lutando por liberdade e comecei a falar uns quinze dias antes que estaria na Esplanada e em São Paulo. Mas em São Paulo, quando eu falei em negociar, eu senti um bafo na cara. Extrapolei em algumas coisas que falei, mas tudo bem", disse. Questionado se a crise com o Judiciário estava superada, Bolsonaro disse que não é "Jairzinho paz e amor", mas que a "idade dá certa maturidade". "Depois das manifestações de 7 de Setembro, houve a reação do STF. Teve o telefonema do Temer, ele falou para mim: 'O que a gente pode fazer para dar uma acalmada?'. Respondi que o que eu mais queria era acalmar tudo", disse.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário