ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Trabalhadores da Endicon são demitidos e temem 'calote' de empresa

Brumado: Preso em flagrante tem ataque de fúria, agride policiais e quebra objetos de delegacia

PM apreende drogas e pássaros silvestres em Rio de Contas

Acesse a TV Templo dos Milagres no Youtube e seja abençoado

Brumado: Mega estrutura está sendo montada para o Verão VIP com ingressos limitados

O Tema Livre Podcast desta semana recebeu o 'MC Naip Bronka'

Brumado: Subnotificação dos casos de Covid esconde números reais da doença

Cinco morrem e mais de 70 são presas em operação da PM na Bahia

Homem mata pastora de 84 anos a pauladas na porta de igreja

Há 41 anos, mulher procura avós que possivelmente moram em Brumado ou Caetité

Operação Força Total intensifica policiamento na Bahia

Dr. Felipe Leão, médico da Clínica Mais Vida, alerta sobre a importância da realização do check-up

Operação da PF prende homem que divulgou vídeo de estupro de criança


Brumado: Município Decreta disciplina para retorno às aulas semipresenciais

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na última quinta-feira (22), o município de Brumado publicou no Diário Oficial (DO) o Decreto (nº 5.540) que dispõe de disciplinas acerca da volta às aulas, de natureza semipresencial, nas escolas públicas e privadas de Brumado. Segundo o decreto, fica autorizado o retorno às salas de aula para a próxima segunda-feira (26), de forma escalonada, com ensino híbrido e facultativo. Todas as escolas deverão seguir os critérios de segurança observados em documento orientador que será publicado pela Secretaria Municipal de Educação. Cada sala de aula será composta por 50% dos alunos da turma, com distanciamento de 1,5 m entre as carteiras. Haverá alternância semanal entre dois grupos de alunos – enquanto um grupo estará presencialmente em sala de aula, o outro será assistido de modo virtual. Fica ainda estabelecido que, no caso da rede pública de ensino, as duas primeiras semanas de retorno às aulas se darão de forma parcial e não integral, de 07h às 11h30, com exceção das creches municipais, que funcionarão em período integral. O decreto leva em consideração estudo técnico emitido pela Sesau/Vigep/Visa, que avaliou todos os científicos publicados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, bem como o protocolo de biossegurança elaborado pelo Município. Além disso, considera que ao menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19 foi disponibilizada para a totalidade dos profissionais da educação e a taxa de ocupação de leitos UTI/Covid adulto, no âmbito estadual, é de 57%.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário