ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Morre João Souza, aos 80 anos, pai do editor do Achei Sudoeste

Aracatu: Vereadores denunciam prática de nepotismo na prefeitura

Caminhão é recuperado após identificação de roubo pelo sistema da RotSat

Em busca de votos, candidatos ao governo visitam mais de 20 municípios durante São João

Reconhecimento facial ajuda na captura de 12 foragidos nos festejos de São João na Bahia

Professor de 42 anos morre atropelado no município de Caculé

OMS diz que, 'no momento', varíola dos macacos não é uma emergência de saúde

PM morre em acidente envolvendo carro e motocicleta na BR-030, em Brumado

Bahia tem 6,1 mil casos de Covid-19 e 83% das UTIs pediátricas estão ocupadas

Novo presidente da Petrobras teve nome aprovado com ressalvas

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Brumado: 'Retorno às aulas deverá ser gradual e em meio período', diz secretário de Educação

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Com cerca de 9.500 alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino, a Secretaria Municipal de Educação de Brumado espera o retorno gradual dos alunos a partir da próxima segunda-feira (26). Com aulas paralisadas desde março de 2020, escolas públicas e particulares ainda não têm clareza sobre o que fazer para garantir que o ano letivo seja completado. Parecer preliminar do Conselho Nacional de Educação (CNE), órgão normativo ligado ao Ministério da Educação (MEC), recomenda que a volta à normalidade, quando ocorrer, seja gradativa. Além disso, a sugestão é que os professores avaliem o quanto a aprendizagem dos alunos ficou atrasada neste período. Em entrevista ao site 97NEWS, o secretário municipal de educação de Brumado, João Nolasco, disse que nas duas primeiras semanas as aulas serão em meio período. "Nós vamos avaliar a confiança da comunidade. Não vai ser obrigatório mandar os filhos para as escolas a partir de segunda-feira, se assim o pai entender. Mas se vier, vai ser bem recebido", diz Nolasco. De acordo com o secretário, a partir da terceira semana, as aulas serão em Tempo Integral com todos os protocolos já apresentados. "Nós teremos protocolos rígidos. As escolas terão tapetes sanitizantes. Todas as escolas possuem secadores de mão, refil de sabonete. Vamos ser rigorosos no distanciamento social, então tudo aquilo que traz segurança aos nossos alunos nós vamos cobrar", afirma. Conforme João Nolasco, a expectativa é de um retorno de até 50% da classe municipal. "Se chegar a 50% nós vamos escalonar, uma turma vai ter aula presencial de segunda à sexta, e na outra semana, eles ficam em casa, fazendo um rodízio das turmas", destacou o secretário. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário