ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vídeo mostra briga generalizada no Show de Gusttavo Lima em Brasília

O outro lado da história: Pai afirma que o parto da filha aconteceu em sua residência

Mãe mata filho de 5 anos em Vitória da Conquista; arma usada no crime pertence ao pai

Após suspender visita à Brumado nesta segunda-feira (23), Rui Costa anuncia para quarta-feira (25) assinatura de obras no município

Brumado: Projovem abre inscrições em Brumado; saiba mais

Brumado: Em coletiva, ACM Neto criticou atualização das alíquotas como fator para elevação do combustível na Bahia

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Brumado: Município tem aumento de 100% em número de crianças com síndromes respiratórias

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Trabalhadores do comércio de Brumado e Região tem direito no Benefício Social e já podem aproveitar

Sem saber que estava grávida, jovem entra em trabalho de parto e é auxiliada por policiais em Brumado

Rui Costa suspende viagem à Brumado nesta segunda-feira (23) que autorizaria obras no município

Governo federal vai cortar R$ 8,2 bi em verbas de ministérios

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Peritos médicos do INSS encerram greve e voltam a atender na próxima segunda (23)

Bahia: IBGE divulga resultado da seleção do Censo 2022

Em visita à Brumado, ACM Neto critica segurança pública da Bahia

Governo do Estado vai autorizar obras de abastecimento de água, estrada e esportes em Brumado


Bahia: Operação da PF cumpre mandados contra fraudes para compra de insumos destinados ao combate à Covid-19

Foto: Divulgação l PF

Uma operação conjunta da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União cumprem seis mandados de busca e apreensão na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, e um em Lauro de Freitas, na manhã desta terça-feira (13), em investigações de fraude em procedimentos de dispensa de licitação para a compra de insumos em combate à Covid-19. Outro mandado é cumprido na cidade pernambucana de Petrolina. Na denominada de “Operação Carga Viral”, os mandados foram expedidos pela Justiça Federal da Subseção Judiciária de Juazeiro depois que as investigações apontaram que antigos servidores das secretarias da Saúde dos municípios fraudaram contratos e elevaram significativamente os preços de máscaras de proteção facial e kits de teste rápido para Covid-19. Segundo a Polícia Federal, as fraudes ocorreram em 2020 e contou com a participação de empresários no esquema, que teria provocado um prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos. Caso sejam confirmadas as suspeitas, os investigados podem responder pelos crimes de fraude à licitação e superfaturamento, com pena de reclusão de quatro a oito anos, e multa.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário