ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: MP instaura inquérito para apurar supostas irregularidades em concurso público da Prefeitura

Produção industrial baiana cresceu 11,9% em junho

Leilão de quase R$ 143 milhões ofertará esgotamento sanitário para Brumado

Manutenção emergencial interrompe abastecimento em Brumado e Malhada de Pedras

ADAB identifica praga cochonilha do carmim em plantação de palma de Dom Basílio

Vitória da Conquista: Mulher é morta a tiros na frente da filha

Incra notifica assentados em situação irregular em Vitória da Conquista e mais 6 cidades

Bahia tem 20 casos confirmados da varíola dos macacos

Brumado: Agentes de saúde vão a Câmara e pedem correção de insalubridade e representação sindical

Motorista e passageira ficam feridos após picape capotar na rodovia que liga o Distrito de Sussuarana à Anagé

Votação que prevê aumento no piso salarial de agentes comunitários de Salvador gera confusão e bate boca na Câmara de Salvador

Morre aos 45 anos em Brumado, Jaqueline Santos, auxiliar de saúde bucal

Vitória da Conquista registra aumento no número de picadas de escorpiões

Maxxnet lança promoção para o Dia dos Pais

WhatsApp já permite sair de grupo sem alarde e escolher quem pode ver você online

Parque Tecnológico da Bahia irá receber mais de R$ 9 milhões de investimento

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação


Sesab alerta para circulação de oito variantes da Covid na Bahia

Foto: Divulgação

O secretário de Saúde da Bahia Fábio Vilas-Boas demonstrou preocupação com o feriado de São João após a constatação de há oito variantes circulando no estado, sendo que a P1, originária de Manaus (AM), mais transmissível, é responsável por 80% dos casos ativos da Covid-19. Ele também alertou para a impossibilidade de lidar com um novo crescimento de casos, assim como aconteceu no ano passado logo após o período junino. O resultado do índice de infecções pela cepa foi obtido pelo Lacen-BA a partir do sequenciamento de 257 amostras provenientes de pacientes de 98 municípios dos nove Núcleos Regionais de Saúde da Bahia, de setembro de 2020 até 21 de maio de 2021. Até o momento não foi identificada nenhuma amostra com a variante indiana. “A variante P1 se tornou predominante, sendo a responsável pela aceleração do número de internações e elevação do número de óbitos em todo o Brasil, inclusive, na Bahia”, afirmou o secretário. “Precisamos manter os cuidados contra a Covid-19! E ele precisa ser reforçado, já que no comparativo mês a mês vemos o crescimento da diversidade de cepas detectadas no estado, sendo oito agora”, acrescentou. Em vídeo divulgado nas redes sociais, Vilas-Boas citou o grande aumento de casos registrado ano passado, 15 dias após o São João, nas cidades do interior baiano. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário