ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Brumadenses são presos em Goiás por roubo de carga avaliada em R$ 180 mil

Brumado vacina contra a Covid nesta segunda-feira, pessoas de 12 a 17 anos com comorbidades

Bombeiros continuam em combate a incêndios na Bahia

Brumado: Mulher fica ferida após acidente entre carro e moto no bairro Santa Tereza

Vítima de câncer, morre ator Luis Gustavo aos 87 anos

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Motorista compra todas as trufas que menino vendia no sinal com nota de R$ 100 falsa

Foto: Reprodução

Um adolescente de 13 anos vendeu a uma mulher todas as trufas que tinha e depois descobriu que ela fez o pagamento com uma nota falsa de R$ 100 reais. Ele vendia os doces em um semáforo na cidade de Jundiaí, em São Paulo. De acordo com o G1, o caso ocorreu no fim de semana, mas só nesta quinta-feira (27) o garoto percebeu que o dinheiro era falso. Ele foi surpreendido com a notícia ruim quando ia repor a mercadoria. À reportagem, a mãe do menino contou que o filho costuma comprar doces para revender e ter uma renda extra própria. A nota falsa foi identificada por funcionários de um supermercado. "Tenho certeza que meu filho não quis passar nota falsa para ninguém. Ele já pegou algumas outras vezes e rasgamos quando percebemos que tinha algo errado. Também não posso afirmar que a motorista tenha feito isso de maldade, porque ela também pode não ter percebido", disse a mãe.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário