ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Homem com mandado de prisão em aberto recebe PM a tiros e fica ferido

Homem é preso por abusar das filhas de 11 e 15 anos em Santo Antônio de Jesus

Clínica Mais Vida amplia quadro de especialista em psiquiatria renovando parceria com Dr. Renato Franco

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Com vaga nas oitavas de final, Juazeirense já garante mais de R$ 5 milhões em premiação

Jaguaquara: Durante discussão, filha joga água fervente em mãe

Vereador Beto Bonelly parabeniza Brumado pelos 144 anos

Brumado: Município registra 20 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h


Ao invés de buscar soluções junto ao governo do Estado, Prefeitura gasta dinheiro público com placas sinalizando responsabilidade de esgoto

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na última sexta-feira (7), em uma ação conjunta entre o setor de Infraestrutura e a Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) chamou a atenção da população brumadense. Nossa equipe flagrou placas sendo usadas para sinalizar trechos de esgotamento sanitário da cidade na qual em sua escrita informava a seguinte informação: "Povo de Brumado! O esgotamento sanitário de nossa cidade é de responsabilidade da Embasa, conforme Lei nº 475 de 26/10/1971 e concessão de 01/10/97. Há meio século que ela fatura contra o povo e deixa as despesas para o contribuinte de Brumado. Portanto, cobrem a reparação deste esgoto à mesma, através dos telefones 3441-3991 e/ou 0800 0555 195", assina a administração municipal. No entanto, a ação que teve como cunho alertar a população sobre de quem seria a responsabilidade da manutenção do esgotamento sanitário de Brumado, também gerou discussões sobre os valores pagos para confeccionar as placas. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O site 97NEWS verificou que foram usados na confecção das placas: tonéis, concreto, cimento, areia, vergalhões, acrílico e adesivos com as impressões. Cerca de dez placas foram fixadas nas ruas da cidade. "Chama a atenção a atitude da prefeitura, sabemos que a responsabilidade é da Embasa. Mas porque o gestor não vai buscar a solução junto ao governador Rui Costa? Essas placas custaram dinheiro, o nosso dinheiro, então ele tá dando um [tiro no pé]", disse o motorista Victor Luan. Em recente entrevista à imprensa brumadense, o governador Rui Costa (PT) chegou a afirmar que já dispõe de R$ 60 milhões no caixa da Embasa para a realização do projeto de esgotamento sanitário de Brumado, mas que precisaria se reunir mais uma vez o com o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) para colocar o projeto em prática. "Já que o governo sinalizou que possui o valor em caixa, tá na hora do prefeito buscar a solução. Agora se ficar daqui só colocando placas na cidade e apontando o dedo para quem é o culpado, nunca teremos o esgotamento sanitário", afirmou o lojista Cleiton Nunes.

 



Comentários

  • Genilson Pereira

    "Á todos os envolvidos e a quem merece ouvir; Isso é o que podemos chamar de: falta de responsabilidade e o mínimo de querência no trabalho que faz (ou no que não faz) podemos assim dizer também. Se fizessem um trabalho bem feito e de qualidade, não deixariam rastros de serviço inacabados e sem credibilidade. Depois os senhores vem com conversas fiadas, papo-furado e cheios de gabola querendo os seus respectivos votos para se candidatar. Deveriam ser mais responsáveis no executar do trabalho de vocês, bem como em trabalhos na nossa cidade. Aproveitam-se daquelas pessoas que veem uma equipe fazendo algo e já pensam que estão fazendo muita coisa, isso é para os leigos, que não buscam se informar... Façam por merecer os votos que vocês tanto enchem o saco em suas candidaturas para consegui-los, façam por merecem o salário que pagamos a vocês. Se realmente existissem transparência e qualquer tipo de sinceridade no que vocês fazem tudo estaria diferente e muito bem feito. "

Deixe seu comentário