ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Homem é preso suspeito de matar enteado de 11 meses com soco na cabeça

Bahia: Preço da carne apresenta leve queda após 16 meses de alta

Pfizer pedirá autorização de uso de vacina em crianças no Brasil em novembro

Desemprego no país cai a 13,2% no trimestre até agosto, aponta IBGE

Brumado: Prefeito Eduardo Vasconcelos é convidado para Conferência da ONU

Casos ativos da Covid-19 voltam a cair após 4 dias na Bahia; estado registra 9 óbitos em 24h

Embasa é acionada por descarte irregular de resíduos em Morro do Chapéu

Brumado: Terminal Rodoviário passa por manutenção e conservação

Conquista: Comerciante é preso vendendo celulares com restrição de roubo

Bahia receberá primeira Copa Indígena de Futebol

Empresa brumadense está entre as classificadas para o Prêmio BBM de Logística 2021

Caminhoneiros acusam ministro de se empenhar para desarticular greve

Itapetinga: Homem é preso suspeito de se passar por funcionário de bancos e aplicar golpes de mais de R$ 50 mil

Brumado: Moradores da rua Bocaiuva reclamam que coleta não está sendo realizada e lixo se acumula pela rua

Novo decreto que vai liberar 50% da capacidade dos estádios na Bahia

Brumado: Moradores da Rua Princesa Leopoldina rompem manilha de esgoto após alagamento de casas

Brumado: Moradores reclamam de criação de porcos perto de residências no bairro São Felix

Brumado: Câmara recua e não vota proposta para volta das máscaras de proteção

Conquista: Acidente entre carro de passeio e carreta deixa quatro mortos

Senhor do Bonfim: Operação prende empresário considerado 'príncipe do tráfico'


'Caso Gleice Helen': Acusado de tentativa de feminicídio é preso novamente em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na tarde desta segunda-feira (19), o acusado de espancar a ex-companheira, Gleice Helen de Oliveira Silva, 22 anos, no último sábado (17), foi preso novamente. Hemerson Matheus Lima Souza, 22 anos, foi solto por volta das 20 horas de domingo (18) através de um Habeas Corpus concedido pelo juiz plantonista, por meio de pedido do Ministério Público Estadual (MPE). No entanto, na tarde de hoje (19), houve mais uma reviravolta no caso, e Matheus foi preso novamente através de um mandado de prisão preventiva. Em entrevista ao 97NEWS, o coordenador da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (20ª Coorpin) de Brumado, o delegado Dr. Arilano Botelho destacou que ainda no sábado ao ser apresentado pela Polícia Militar na delegacia local, o acusado foi preso em flagrante, no entanto, solto no dia seguinte por conta de um Alvará de soltura. Mas junto ao flagrante, houve também o pedido da prisão preventiva. "Essa prisão preventiva foi decretada hoje [19], e nós fomos ao encontro dele, e o conduzimos a delegacia na tarde desta segunda-feira", afirmou Botelho. Conforme o coordenador, com a preventiva, o acusado será encaminhado à um presídio da região. "Após formalizar todos os tramites, ele será conduzido ao presídio e Vitória da Conquista", disse. Conforme o delegado, os próximos procedimentos será as oitivas com a vítima e os parentes. "Assim que a vítima sair do hospital, porque o caso dela foi grave, foram muitos hematomas na cabeça e na face, e só após sua recuperação é que vamos ouvi-la", disse o delegado. A sentença desta segunda-feira foi do juiz da Vara Crime, Genivaldo Alves Guimarães.

 

Foto: Reprodução l Rede Social

Relembre o caso:

Segundo a Polícia Civil, Hemerson Matheus teria ido à casa da sua ex-companheira, com quem tem um filho de 9 meses, e lá encontrou a vítima trabalhando. Ela tinha um açaí e entregava via delivery. Em discussão com a mulher, ele pediu a todos que estavam na casa para que saíssem do local, em seguida, agrediu Helen com socos, levando a vítima ao desmaio. "Ele queria falar em particular com ela, ai nós saímos e ficamos aguardando lá fora. Minutos depois ouvimos gritos de minha filha pedindo socorro, e com a ajuda de vizinhos, invadimos a casa. Quando chegamos na sala, ele estava sentado em cima dela com a criança no colo, que é filho dos dois [...) ele esmurrou muito ela", afirmou a mãe Maria do Olívio Oliveira. Já na Delegacia, o delegado Cláudio Marques formulou pedido de prisão preventiva com lastro em informações de outro inquérito policial instaurado no dia 17 de março deste ano para apurar crimes relacionados à lei Maria da Penha. Nós tentamos falar com a advogada de Hemerson, mas ela não quis falar sobre o assunto. Segundo o laudo médico, Gleice está com acúmulo da sangue no rosto e fraturou os ossos do nariz. "Ela vai ter que ficar alguns dias internada por conta das lesões. A alimentação dela está acontecendo através de soro", conta Gileane Cortes, prima da vítima.

 

Gleice Helen continua internada no Hospital PMN - Foto: Reprodução


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário